[JUVENIL] Capão Raso goleia Santa Quitéria e segue vivo em busca da classificação

Abrir o placar aos 2 minutos foi fundamental para a estratégia dos mandantes funcionar (Foto: Dudu Nobre)
Na tarde chuvosa deste sábado (07), o União Capão Raso Futebol Clube recebeu o União Recreativa Esportiva Santa Quitéria no estádio José Carlos Oliveira Sobrinho pela 9ª rodada da Série A da Suburbana – Categoria Juvenil. O Tricolor de Aço conseguiu uma importante vitória por 4 a 1, ganhou uma posição e vai encaminhando sua classificação. Já os visitantes veem a distância para o líder Trieste aumentar cada vez mais.

#JUVENIL2017
Por Adson Lima

PRÉ-JOGO: O Capão Raso lutava para manter sua posição na tabela, visto que ocupava a oitava posição, mas não podia vacilar pois o Fanny vinha logo atrás com um ponto a menos. Já o Quitéria garantiu a classificação na última rodada e queria alcançar o líder Trieste, missão difícil já que eram nove pontos em disputa para oito de distância entre os dois.

PRIMEIRO TEMPO - Desde os primeiros toques na bola, já era possível notar qual seria a postura das duas equipes no jogo. O Capão Raso precisava da vitória para se manter na zona de classificação do campeonato, por isso foi logo para cima. Por outro lado, o Santa Quitéria já estava nas quartas e adotou uma postura mais conservadora, buscando se defender bem e utilizar os contra ataques para poder vencer e se aproximar do líder Trieste.

A pressão inicial dos mandantes deu certo. Logo aos 2 minutos o centroavante tricolor Richard abriu o placar, em uma bola enfiada pelo meio ele chegou batendo e tirou do goleiro Gabriel. Mesmo com a vantagem no marcador, o Capão não se acomodou, se manteve perto da área do adversário, fazendo com que os visitantes não tivessem muitas chances de atacar.

Quando o relógio marcava 25 minutos jogados, o Capão Raso ampliou o placar com Cabral, que recebeu um lançamento pelo meio, esperou o goleiro sair e deu um tapa por cobertura, belo gol. Depois do 2 a 0 o primeiro tempo caiu de ritmo, não havendo lances de grande perigo até o apito que encerrou a etapa inicial.

Toque por cobertura aplicado por Cabral, o segundo gol do Tricolor de Aço (Foto:  Dudu Nobre)
SEGUNDO TEMPO – Na volta do intervalo a dinâmica de jogo foi surpreendente: ao invés do Santa Quitéria começar em cima por conta do resultado adverso, era o Capão raso que ditava o ritmo. Logo no primeiro minuto Luiz cabeceou uma bola na trave; logo em seguida, aos 3', Richard chutou e o arqueiro do Quitéria fez boa defesa.

Depois disso, os visitantes começaram a sair mais para tentar diminuir o placar, mas não eram muito efetivos e cediam espaços para os contra-ataques do time da casa. Em um desses lances, Ângelo, que havia acabado de entrar, aparou de cabeça um cruzamento que veio da direita, mas a bola foi para fora.

A partir daí o jogo ficou mais pegado e o árbitro Anabi de Araujo Lopes teve trabalho, expulsando o zagueiro Auriverde João Victor - em lance na direita da defesa visitante – e o volante tricolor Thiago.

Quando o jogo já se encaminhava para o seu fim, não faltou emoção. O time da casa começou a explorar os espaços deixados pelos visitantes e chegou ao terceiro gol com Caetano, que recebeu uma bola da esquerda e bateu na saída do goleiro.

Mas o Quitéria era valente, e dois minutos depois diminuiu o marcador com Wellington, que recebeu um cruzamento da direita e chegou chapando a bola de primeira. E no finalzinho, aos 41 minutos, a zaga Auriverde deu bobeira, Lucas do Capão roubou a bola, arrancou livre do meio campo e bateu na saída do goleiro Gabriel, dando números finais a partida: Capão Raso 4, Santa Quitéria 1.

No último lance do jogo, houve um desentendimento na esquerda de ataque do time mandante, o que originou uma “muvuca” envolvendo atletas das duas equipes. O árbitro acabou expulsando um atleta de cada lado e os ânimos se acalmaram.


O empate entre Novo Mundo e Nova Orleans manteve o Quitéria na segunda colocação (Foto: Dudu Nobre)
Com os resultados o Quitéria segue na vice-liderança, mas não tem mais chances matemáticas de alcançar o Trieste, são 11 pontos de diferença e seis em disputa. O Capão ultrapassou o Imperial e agora é o sétimo colocado com 12 pontos.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

CAPÃO RASO: 1 Bruno; 2 Paulo (17 Gustavo); 3 Luciano; 4 Luiz; 5 Rodrigo; 6 Samuel; 7 Guilherme; 8 Thiago; 9 Richard (14 Ângelo); 10 Caetano (15 Jhonathan); 18 Luiz Cabral. Técnico: Leonardo dos Santos.

SANTA QUITÉRIA: 1 Gabriel; 2 Lucas (17 Guilherme), 3 Maia (18 Wellington); 4 João Victor; 5 Erick (11 Adilson); 6 Erick Faria; 7 Everton; 8 Rafael; 9 Vinicius; 10 Gabrielzinho; 16 Pedrinho. Técnico: Mauro Delazzari.

FICHA TÉCNICA – CAPÃO RASO 4 X 1 SANTA QUITÉRIA XXXXXXXXXXXXXXXXXX

GOLS: Richard aos 2' e Cabral aos 25 do 1º tempo; Caetano aos 34' e Lucas aos 41' do 2º tempo (Capão Raso); Wellington aos 36 do 2º tempo (Santa Quitéria).

ÁRBITRO: Anabi de Araujo Lopes.
ASSISTENTES: Alexandro Euzébio da Silva (1) e Jonathan Evers Dias (2).
__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO