Joãozinho, o destaque do confronto entre Bangú e Tanguá


No último sábado (7), o escrete do Bangú venceu, depois de duas rodadas sem ganhar, o time do Tanguá no Estádio Octávio Silvio Nicco, em confronto válido pelo jogo de ida da fase de quartas de final da Divisão de Acesso do futebol amador de Curitiba. Em uma partida equilibrada no sistema de jogo, a bola parada e assistência do camisa 10 do Bangú foram determinantes para o triunfo na primeira partida do mata-mata diante a equipe do Tanguá.

#FIGURINHA DO JOGO
Por @rafaelbuiar

O embate entre Bangú e Tanguá foi bastante movimentado, tanto que as jogadas ficaram presas no setor de meio de campo. Ou seja, as defesas de ambos os times estavam levando a melhor em relação ao ataque. Foi então, que as principais alternativas saíram de bola parada. A primeira oportunidade de gol aconteceu do lado visitante, em que Daymon cruzou e o zagueiro Santana subiu mais alto que a zaga do Bangú e Ricardo fez ótima defesa, segurando o placar em 0 a 0.

O susto foi positivo para o time da casa, pois a partir daquele lance passou a frequentar mais o sistema defensivo do Tanguá. Não deu outra, o camisa 10 do Bangú entrou na cena no Estádio Octávio Silvio Nicco aos 34’ da etapa inicial com o gol de falta no flanco direito. A falta aconteceu após toque de mão na bola de Santana. Joãozinho cobrou direto para o gol e a bola passou por todo mudo e morreu no fundo do barbante.

Com o placar na frente, a equipe do Bangú ficou mais solta e o time do Tanguá foi para cima, em busca do empate. Mas novamente o setor defensivo de ambas as equipes prevaleceram e o placar persistiu em 1 a 0 até o final do primeiro tempo. No retorno para a segunda etapa, a equipe do Bangú, mais experiente, voltou mais ativa com a mudança. Ou seja, matou o jogo nos primeiros minutos da segunda etapa. Joãozinho recebeu de Leonardo, que entrou no intervalo, e cruzou na medida para o artilheiro do certame. Luzinho, o camisa 9 do Bangú, só teve o trabalho de empurrar para o gol.

Devido a isso, com a participação direta dos dois gols, que ajudaram a equipe do Bangú a vencer o escrete do Tanguá na partida de ida da fase de quartas de final da Divisão de Acesso da Suburbana 2017, Joãozinho foi o destaque da partida entre Bangú e Tanguá. Sendo ele, a quinquagésima terceira figurinha DRAP de 2017.

__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO