Independente Sãojoseense aplica 6 a 0 no Nova Fátima e começa a Terceirona com o pé direito


Na primeira rodada da Terceirona, o Independente São Joseense construiu o placar elástico de 6 X 0 contra o União Nova Fátima, no renovado Estádio Municipal do Pinhão.  O atacante Robinho marcou quatro gols na partida e foi o grande destaque da estreia.

# TERCEIRONA PARANAENSE


PRÉ-JOGO – O Independente é um clube novo com apenas dois anos de existência. Mas realizou a contratação de 13 jogadores nesta temporada e conta com a experiência do ex-zagueiro do Paraná, Ageu, treinador da equipe. Já o União Nova Fátima não entra como favorito a conquistar o acesso. O elenco da cidade de Nova Fátima conta com 16 jogadores, que tem média de idade de 18 a 24 anos. A equipe viajou aproximadamente 370 km para chegar na terra dos Pinhais. O time é comandado por Roberto Tim. 

PRIMEIRO TEMPO – O Independente controlou a primeira etapa e com 31 minutos de jogo, já havia conquistado a vantagem de 3 a 0. A iniciativa era do time da casa. O colorado não fazia uma boa partida, jogava recuado, mal conseguia passar do meio de campo

O São Joseense emplacou um ritmo intenso nos primeiros minutos de jogo. Era uma pressão insuportável, tanto que não demorou sair o primeiro gol na partida. Em jogada pelo lado esquerdo de ataque, aos 10 minutos, ocorreu um cruzamento, que encontrou Robinho no centro da área. Ele chutou dividindo com o zagueiro da Águia, e a bola encobriu o goleiro. 

Aos 18, o zagueiro Andrei derrubou o jogador da equipe da casa dentro da área. O juiz Thiago Mendes Moreira assinalou o pênalti. Robinho foi para a cobrança e bateu rasteiro para o fundo das redes. Sãojoseense 2x0. A pressão seguia,  e Sotto finalizou após cruzamento rasteiro, e Célio defendeu evitando o que seria o terceiro gol do time da casa, aos 25 minutos. Dois minutos depois, Lucy apareceu pela direita, entrou na grande área livre de marcação e tocou para Robinho, que chutou mal, perdendo um gol improvável.

O ponto forte do São Joseense era o lado esquerdo ofensivo, é por lá que saiam as melhores jogadas. Aos 31, após cruzamento alto, Robinho subiu no segundo andar e cabeceou firme no ângulo direito de Célio, marcando o terceiro gol na partida. 


SEGUNDO TEMPO – O Independente manteve o mesmo ritmo de jogo na segunda etapa, não ficou satisfeito com a vantagem aplicada no primeiro tempo. O placar aumentou. Enquanto o time visitante pouco ofereceu risco para o escrete de São José.

Evertinho recebeu livre na grande área, o goleiro saiu para abafar, mas o meia foi rápido e deixou Lucy, só ele e a baliza. Lucy tocou levemente para marcar 4 a 0, em sete minutos disputados na segunda etapa. O São Joseense sufocava o Nova Fátima. Aos 12, após chute cruzado, Célio bateu roupa, a bola sobrou para Robinho, que dividiu com o goleiro, e a bola foi para dentro do gol. 5 a 0 no placar e o quarto gol do camisa 9 na partida.

Aos 19, em levantamento na área do Nova Fátima, Lucy aparece no segundo poste, cabeceia e faz o sexto para o Independente. O Nova Fátima não tinha força de reação, mesmos com as substituições realizadas. Logo depois, Robinho subiu de cabeça e Célio fez uma grande defesa, evitando o sétimo gol a favor do São Joseense. A única oportunidade do Nova Fátima foi um chute alto de longa distância de Márcio, aos 35. A bola iria no ângulo esquerdo do goleiro do time da casa, porém Juninho se esticou e mandou pra escanteio. Aos 38, Willian acerta uma bomba da intermediária, e Célio se estica, operando um milagre, evitando tragédia ainda pior.


OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

INDEPENDENTE SÃO JOSEENSE: 1 Juninho, 2 Marques, 3 Caio, 4 João e 6 Wesley (16 Stefan); 5 Camargo, 7 Evertinho (18 Ardley); 8 Sotto e 10 Lucy (15 Jader); 9 Robinho e 11 Willian.
Técnico: Ageu Gonçalves

UNIÃO NOVA FÁTIMA: 1 Celso; 13 Alan, 5 Ícaro, 4 Andrei, 14 Sousa e 6 Leonardo; 8 Philip (20 Ednelio), 7 Renato (15 Dhemison), 10 Rodrigues (19 Marcio); 11 Eduardo e 9 Wilham.
Técnico: Roberto Tim

FICHA TÉCNICA – SÃO JOSEENSE 6 X 0 UNIÃO NOVA FÁTIMA XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
GOLS: Robinho aos 10”, 18”, e 31” do 1º tempo;
Lucy aos 7” e 19”, Robinho aos 12” do 2º tempo.
ARBITRAGEM:.Thiago Mendes Moreira
ASSISTENTES: Marco Aurélio dos Santos (1), Tom Gomes Rocha (2) e Thiago Coltre Nogueira (4º arbitro).
DELEGADO: Edivanio Lopes de Souza Kirchner.
AMARELOS: Alan (UNF)


                                                       DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO