GRECAL sofre a virada e perde para o Cambé na estreia em casa


Foto: Dudu Nobre/ Do Rico ao Pobre
Nesta quarta (18) o GRECAL recebeu o Cambé no Estádio Atilio Gionedis, em Campo Largo, pela terceira rodada do Campeonato Paranaense da Terceira Divisão. Ambos os escretes buscavam a primeira vitória no torneio. A primeira etapa foi muito nervosa e sem gols. No segundo tempo o Azulão marcou logo no início, mas a casa campo-larguense começou a cair com um pênalti e expulsão de Gean. Com três de gols de Patrick, sendo dois da marca da cal, o Galo virou o marcador para 3 a 1 e leva os primeiros três pontos para o norte do estado.

#TERCEIRONAPR
Por Gabriel Sawaf

PRÉ-JOGO – Grecal e Cambé chegaram ao Atílio Gionedis com o mesmo anseio: buscar a primeira vitória. O Azulão fazia sua estreia em casa e sua segunda partida no torneio, vindo de uma derrota para por 3 a 0 para o Arapongas. Já o Galo chegava ao seu terceiro embate na competição, computando um empate fora de casa por 1 a 1 contra o Verê e uma derrota por 3 a 1 como mandante, em Paranavaí, para o Batel.

PRIMEIRO TEMPO – Ambas as equipes começaram o jogo pra cima, buscando chegar ao ataque. Os donos da casa assustaram primeiro, aos quatro minutos, com cobrança de falta fechada de Juninho, que obrigou Jeferson a espalmar por cima do gol. Apesar dos escretes virem com posturas ofensivas, o jogo não teve grande chances no primeiro terço da etapa inicial, que foi marcado por muitas faltas e divididas. O Cambé até chegou a balançar as redes com Douglas após cobrança de escanteio, mas a bola fez a curva por trás do gol e o bandeira anulou a jogada.

Quem ficava mais com a bola era o escrete alvinegro, mas quem chegava mais próximo da área era o GRECAL, mesmo não ficando muito com a bola. Aos poucos, o Galo foi transformando o domínio em oportunidades. Aos 26 minutos Formiga cobrou escanteio na cabeça de Gatti, que obrigou Lilo Willian a fazer grande defesa. Dois minutos depois foi a vez de Lucas receber de Patrick, invadir a área e chutar por cima do gol.

Buscando fazer com que o domínio da partida mudasse o marcador do embate, o técnico Vavilson Santos colocou Giovani no lugar de Higor, que já estava amarelado. O Azulão se postava mais atrás e tentava atacar no contra golpe. O Cambé teve a chance de ouro da primeira etapa aos 37 minutos. Patrick recebeu passe da zaga, saiu cara a cara com Lilo Willian e chutou fraco no pé do arqueiro. Na sobra, o camisa 10 puxou a bola para o meio e chutou ao lado do gol. Aos 42 minutos ainda o técnico Valdevir Santos fez sua segunda alteração. Formiga saiu machucado e deu lugar à Olavo Piauí. Antes do término da primeira etapa o Alvinegro assustou novamente. Thomas cruzou da esquerda, a bola pegou uma curva e balançou as redes por cima do gol. Sem gols, a primeira etapa se encerrou.

Primeira etapa foi muito nervosa, com muitas faltas (Foto: Dudu Nobre/Do Rico ao Pobre).

SEGUNDO TEMPO – O GRECAL voltou do intervalo promovendo a entrada de Marconi no lugar João Picoli. O time de Campo Largo foi melhor e, ao contrário do Cambé, soube aproveitar seu domínio. Aos quatro minutos Jaílson Junior colocou falta na cabeça de Pavelski e abriu o marcador. Com o gol sofrido o Galo ficou nervoso e não conseguia chegar. Só que aos 15 minutos a zaga mandante saiu errado, Lucas aproveitou e saiu cara a cara com Lilo Nicolau, que defendeu a primeira, mas o rebote caiu nos pés do volante, que foi empurrado por Gean. Pênalti, o jogador campo-larguense foi expulso e Patrick converteu, empatando o jogo.

Com um jogador a mais, o Cambé foi para cima em busca da virada. E chegou da mesma forma que o primeiro gol. Aos 22 minutos Alan recebeu na área e foi derrubado por Gustavo Kieulnas. Pênalti, que Patrick bateu novamente e fez. Dois minutos depois Alan arrancou novamente pela direita e tocou para Patrick, que girou e marcou o terceiro dele na partida. Com um a menos e desvantagem no marcador, o Azulão foi obrigado a partir para cima e deixou muitos espaços, dando oportunidade de contra ataque para o Galo.

Com a vantagem no marcador e em campo, o Cambé só segurou a bola e manteve o resultado. Lucas ainda balançou as redes aos 35 minutos, mas o bandeira marcou impedimento. O time da casa ainda tentava chegar, mas se precipitava muito e as oportunidades não desencadeavam em nada. Ainda deu tempo de Pavelski fazer falta dura e receber o cartão vermelho. Gatti cobrou e Lilo Willian fez boa defesa. Sem alterações no marcador, o placar fechou em 3 a 1. Agora o GRECAL recebe o Rolândia no próximo sábado (21), as 15h30, no Atílio Gionedis. Já o Galo enfrenta o Sport Campo Mourão, como mandante, em lugar a ser definido, no próximo domingo (22), no mesmo horário).
.

Patrick foi o artilheiro do jogo com três gols. (Foto Dudu Nobre/Do Rico ao Pobre) 
OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

GRECAL: 1 Lilo Willian; 13 João Picoli (4 Marconi), 2 Gustavo Kieulnas, 5 Pavelski e 3 Wende; 6 Douglas Lima, 7 Gean, 8 Jailson Junior e 10 Juninho (22 Renan Mineiro); 17 Cristhiano Cabelo (20 Alisson) e 25 Marquinho. Técnico: Plinio Carioca.

CAMBÉ 1 Jeferson; 2 Vidal, 3 Douglas, 4 Gatti e 6 Thomas; 5 Lucas, 7 Higor (16 Giovani), 8 Careca e 10 Patrick; 9 Alan e 11 Formiga (14 Olavo Piauí). Técnico: Vavilson Santos.

FICHA TÉCNICA: GRECAL 1 X 3 CAMBÉ XXXXXXXXXXXXXXX

ARBITRAGEM: Felipe Kirchnner Bello
ASSISTENTES: Reube Dobrychlop dos Reis (1) e Remy Neves Moro (2).
GOLS: Pavelski, aos 4’ do 2º T (GRECAL); Patrick, aos 16’, 23´e 24´ do 2º T (Cambé).
AMARELOS: João Picoli, Cristhiano Cabelo, Marquinho e Gustavo Kieulnas (GRECAL); Higor. Patrick e Thomas (Cambé).
VERMELHO: Gean e Pavelski (GRECAL).


__________________________________________

DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO