Trieste cede empate para o Nova Orleans no fim do jogo, mas segue invicto na Suburbana

Em partida conturbada e bastante movimentada, Nova Orleans e Trieste empataram em 2 a 2 (Foto: João Heim).
Com objetivos distintos no campeonato, o União Nova Orleans recebeu o Trieste no José Drulla Sobrinho em jogo válido pela sexta rodada da Suburbana, e ficaram no empate por 2 a 2. Resultado ruim para a equipe da casa que tenta se recuperar para subir na tabela. Para os visitantes, lamento pelo gol de empate tomado no fim, resultado que ao menos garantiu a manutenção da invencibilidade

#SUBURBANA
Por Adson Lima

Primeiro tempo: O jogo começou com um ritmo eletrizante, cada dividida era uma guerra. A equipe da casa necessitando do resultado começou indo com tudo pra cima. Com 10 minutos de jogo o Orleans  já tinha criado 4 chances claras de abrir o placar. A primeira foi aos 4 minutos quando Nathan Moura, bem posicionado na área, recebe um cruzamento da direita e cabeceia no travessão. Quatro minutos depois, Ander bate da intermediária e a bola passa à direita do goleiro. Aos 9 minutos, Nathan Moura invade a área pela direita e bate cruzado com perigo mas a bola não entra. Aos 10, novamente Nathan Moura recebe uma bola por cima, na entrada da área, mata no peito e bate de primeira pra fora.

Tentando sair da pressão, o Trieste deu primeira investida no campo de ataque e Matheus Cambalhota sofreu um pênalti, muito questionado pelos donos da casa. Bruno Batata, aos 13 minutos, converteu a cobrança e abriu o placar para os visitantes. A partir daí, o jogo ficou tenso. As duas equipes começaram a chegar mais forte resultando na expulsão de um jogador para cada lado. Nathan Moura pelo lado do Orleans e Neto pelo lado do Trieste. 

Após confusão, o Orleans foi tentar buscar o empate e aos 34 minutos criou uma boa chance. Ander bateu uma falta da intermediária e o goleiro Samuel foi buscar mandando a bola para escanteio. Já nos acréscimos, Ander, batendo outra falta, agora da meia lua da grande área, manda a bola no travessão.

Na cobrança de pênalti, Bruno Batata abriu o placar chutando sem chances de defesa para João Carlos (Foto: João Heim).
Segundo tempo: A segunda etapa começa com o Orleans tendo mais a posse de bola, mas não tinha efetividade e permitia alguns contra-ataques perigosos para o Trieste. Em uma dessas jogadas, o Trieste conseguiu uma falta. Na cobrança ensaiada, Marabá recebeu na área pela esquerda e fuzilou para o fundo das redes, ampliando o marcador para os visitantes aos 7 minutos. 

Perdendo por dois gols de diferença, a equipe da casa se lançou toda ao ataque. De tanto rondar a área adversária, conseguiu seu gol aos 22 minutos com Dennis, que recebeu livre a bola pela esquerda e bateu cruzado no canto.

Mesmo com o placar favorável, o Trieste buscava jogar. Com 25 minutos, Bruno Batata recebeu boa bola na entrada da área e bateu de primeira mandando por cima da meta do goleiro João Carlos. O Orleans respondeu logo em seguida com Dennis, que fez boa jogada pelo meio e bateu forte de fora da área, mas a bola passou por cima. Quando o jogo já se encaminhava para o fim, a equipe do Orleans perdeu mais um jogador por expulsão, o zagueiro Leandro. Mesmo com um a menos, o UNO deu sua cartada final aos 44 minutos. Em uma falta de longe, a bola é levantada na área e o zagueiro Du sobe mais que todo mundo e manda a bola pro fundo das redes empatando o jogo e dando números finais ao confronto.

Já no fim do jogo, o Orleans mostrou poder de reação e buscou o empate (Foto: João Heim).
OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Orleans: 1. João Carlos, 2. Robinho, 3. Du, 4. Marcio, 5. Erick, 6. Natan, 7. Ander, 8. Molão, 9. Nathan Moura, 10. Thiago Oliveira, 11. Leandrinho (Dennis). Técnico: Oliveira.

Trieste: 1. Samuel, 2. Neto, 3. Igor, 4. Romero, 5. Aroldo, 6. Maraba, 7. Roberto, 8. Joãozinho, 9. Bruno Batata, 10. Lima, 11. Cambalhota. Técnico: Ivo Petry.

FICHA TÉCNICA – NOVA ORLEANS 2x2 TRIESTE XXXXXXXXXXXXXXXXXX

Gols: Bruno Batata, aos 13 do primeiro tempo; Marabá, aos 7, Dennis, aos 22 e Du, aos 44 do segundo tempo. 
CA: Molão (Orleans) e Romero (Trieste).
CV: Nathan Moura e Leandro (Orleans); Neto (Trieste).
Árbitro: Murilo Ugolini Klein.
Assistente 1: Daniel Cotrin Carvalho.

Assistente 2: Fernando César Tobias.