Operário empata em casa e mesmo assim consegue a classificação para a próxima fase da Taça FPF

A equipe do Operário abriu dois gols na primeira etapa, mas não conseguiu evitar o empate na etapa complementar. - Foto: João Guilherme Castro
Na manhã deste domingo (24), o Operário sub 23 encarou a equipe do Andraus no Estádio Germano Krüguer para encerrar os jogos da primeira fase da Taça FPF de 2017. O Fantasma chegou a abrir 2 a 0 ainda no primeiro tempo, mas não manteve a mesma postura e a partida terminou com um empate de 2 a 2. O resultado deixa os dois times na mesma posição que a rodada anterior. Ou seja, o Operário conseguiu a classificação mesmo sem a vitória. O adversário da próxima fase será o FC Cascavel, que terminou a primeira fase na primeira colocação.


#TAÇA FPF
Por @raylanemartins

PRÉ JOGO: Os dois times que se enfrentaram na decisão da taça FPF de 2016 entraram em campo, dessa vez, na 9ª rodada do campeonato de 2017 para definir os últimos resultados da primeira fase e com um momento bem diferente do ano passado. Após três derrotas seguidas dentro de casa, o Fantasma chegou ao confronto apreensivo. O escrete alvinegro não precisava de muito para classificar. Enquanto isso, o Andraus vinha ocupando a última posição da tabela, com apenas um ponto. A aposta do Operário para essa partida foi Robson, jogador do sub 19 que chega como titular para complementar a escalação. Por outro lado, Thalles, peça importante no escrete, fica de fora por conta de lesão causada no jogo anterior.

PRIMEIRO TEMPO: O jogo começou aberto e com muito trabalho de bola. O Operário tentou conquistar espaço para as jogadas e pressionou nas saídas de bola do adversário.  Do outro lado, a marcação da equipe do Andraus também teve um bom desempenho. Logo no início, os atacantes do Operário desenvolveram bem a jogada, mas o árbitro deu impedimento e os jogadores não chegaram ao arremate. Aos 9’, uma falta foi marcada para o time de Campo Largo, mas a bola nem chegou a ameaçar. No contra ataque, o time da casa entrou firme com Vandinho, mas o adversário conseguiu tirar a bola. Durante o andamento desse lance, o camisa 3 do Andraus, Andres, acabou lesionando o joelho e saiu para a entrada de Natanael.

Logo após uma cobrança de falta pelo Fantasma, o primeiro chute do escrete alvinegro no gol foi de Fred Saraiva, mas a bola acabou sendo defendida tranquilamente pelo goleiro Rafael. Na sequência, Vandinho chutou rasteiro minutos depois e determinou outra chance importante que a defesa do Andraus conseguiu afastar. Não demorou muito para que o mesmo jogador desse uma assistência decisiva para Fred, que marcou o primeiro gol aos 22’ do primeiro tempo. A jogada que abriu o placar começou com Juninho, que lançou a bola direto para Vandinho e, instantes depois, Fred Saraiva recebeu na área para consagrar. 

Foto: João Guilherme Castro
Aos 26’, uma falta favorável ao Operário foi cobrada por Cristian, mas a bola passou por cima do gol, desperdiçando a oportunidade de aumentar o placar no Germano kruger. Pouco tempo depois, a arbitragem deu o primeiro cartão da partida para Randrick, do Andraus. Na sequência, destaque para Juninho, que saiu sozinho e, chegou próximo à meta com cruzamento, mas Vandinho não alcançou a bola.

O confronto foi ficando cada vez mais truncado. Somente aos 40’, a equipe do Andraus conseguiu chutar no gol. Randrick, camisa 9, foi autor do arremate de pé esquerdo que teve força demais, ultrapassando o alvo. Minutos depois, Alex, do OFEC, toca para Wembley e o segundo gol surge com Vandinho, em bate rebate na área. A última chance de gol nessa etapa da partida foi do Operário, quando Juninho fez um cruzamento, Fred Saraiva arrumou e bateu cruzado. Mas ninguém chegou a tempo e a bola saiu para tiro de meta.

SEGUNDO TEMPO: Os times retornam sem alterações nos escretes. Já no primeiro minuto, Cristian, do Operário, carregou determinado mas bateu do lado de fora da rede e por pouco não aumento ou placar. Com melhor preparo físico, o time de Vila Oficinas conseguiu correr mais e, dessa forma, ter mais posse de bola no começo do segundo tempo. Mas aos poucos, o time de Campo Largo foi gostando do jogo e Natanael apareceu em jogada perigosa na frente do gol alvinegro aos 5’, e em falha da defesa a bola ficou para que Ravel segurasse.

O susto foi positivo para a equipe visitante, pois o Andraus marcou minutos depois, quando a bola sobrou para Alberto na grande área, e com mais uma falha da zaga do Operário, a bola atingiu o canto direito do gol. Depois disso, os times perderam o ritmo de jogo e atuaram sem muita movimentação. Ou seja, passes e jogadas simples ilustravam a partida a partir daí.

Em contra ataque, Vandinho, do Fantasma, chegou mas foi marcado impedimento. Logo em seguida, falta marcada e uma boa chance para o time da casa. Murilo foi quem fez a cobrança com jogada ensaiada mas a bola não conseguiu furar o bloqueio para balançar as redes. Cristian e Erick quase marcaram o terceiro gol do OFEC quando, na entrada da área, Erick se atrapalhou e a bola passou.  Aos 35’, Glenisson tocou bonito para Vandinho que bateu sozinho no gol mas a arbitragem marcou mais um impedimento. 

Foto: João Guilherme Castro
Diferente dos primeiros minutos, o Andraus começou a recuperar o compasso. Depois da falta em cima de Alberto, a cobrança com jogada entre Kleber e Victor termina em gol de Victor. Assim, a equipe visitante igualou o confronto. Dando continuidade ao jogo, uma falta forte em cima de Glenisson, do OFEC, acaba em cartão para o camisa 8, Park. Sem opção, o técnico do visitante precisou colocar na linha Ari, goleiro reserva da equipe. As faltas e as bolas aéreas beneficiaram o Andraus nessa etapa. Aproximando-se da reta final, o último lance relevante foi a cobrança de falta de Cristian que os jogadores não alcançam para finalizar. Nenhum lado consegue ampliar e o jogo termina com o empate.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

OFEC: Ravel, Robson (Alexandre), Alex, Wembley, Erick, Pedrão, Juninho (João Vitor), Murilo, Vandinho, Fred Saraiva (Glenisson), Técnico: Joel Preisner.

ANDRAUS: Rafael, Leandro, Andres (Natanael), Matheus, Victor, Cleber, William (Ari), Park, Randrick, Flavio, Alberto. Tècnico: Norberto Lemos.

FICHA TÉCNICA – OFEC 2 X 2 ANDRAUS  XXXXXXXXXXXXXX

ÁRBITRO: João Queiroz.
GOL: Fred Saraiva e Vandrinho (OFEC), Alberto e Victor (Andraus).
AMARELOS: Alex (OFEC), Randrick e Parke (Andraus)

PÚBLICO: 126 (pagantes) // 153 (total) // 1330 reais (renda)


__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO