[JUVENIL] Em disputa acirrada, Imperial vence o Operário por 2x0

Foto: Plínio Lopes

Neste sábado (23), o Estádio Bortolo Gava foi palco da disputa entre Operário Pilarzinho e Imperial, válida pela 7ª rodada da categoria juvenil do Campeonato Amador da Capital 2017. Apesar de a equipe anfitriã ter conseguido dominar a partida no segundo tempo, os escretes visitantes foram mais incisivos nas jogadas ensaiadas e acabaram saindo com a vitória por 2x0.

#JUVENIL
Por @bialimac

PRIMEIRO TEMPO - Antes de o relógio marcar 1 minuto de bola rolando, a equipe do Imperial já fez sua primeira subida com perigo. Paulinho recebeu passe no meio de campo e disparou para a grande área, onde fez o cruzamento para o companheiro tentar de cabeça, mas a bola foi parada pelas mãos do goleiro Daniel. Aos 3', Paulinho logo apareceu de novo para dar mais um susto na equipe da casa, de cabeça.

O Operário teve sua primeira grande chance após falta na linha da intermediária, aos 4'. Leandro cobrou, mas a bola explodiu na zaga e foi para longe do gol adversário. Pouco depois, Luan pegou uma bola alta que sobrou na grande área e tirou tinta da trave direita do goleiro Leandro.

Em bela troca de passes, aos 8', João Antônio, Paulo e Leandro, do Pilarzinho, abriram espaço na boca da área e o camisa 7 assustou o goleiro, mas só conseguiu escanteio. Depois disso, a bola passou alguns bons minutos presa no meio de campo. Somente aos 16' ela voltou a mirar o gol, com os pés do capitão do Imperial, Moro, mas foi isolada.

Com 17', Lucas, do Imperial, atravessou meio campo carregando a bola sozinho, quando entrou na área limpa para finalizar, acertou a lateral externa da rede direita, deixando só a sensação de gol para a torcida. Um minuto depois, o time visitante ganhou falta entre a intermediária e a entrada da área. Quem cobrou foi Moro, que chutou de direita a bola que foi tirada para longe, de cabeça, pela barreira.

Na mesma jogada ensaiada realizada anteriormente, aos 19', Lucas, número 7 do Imperial, subiu desde o meio de campo e cruzou na área para Paulinho. O camisa 11 pegou de cabeça e fez o goleiro se esticar para finalizar com boa defesa. A insistência da equipe visitante foi paga aos 22'. Depois de cobrança de escanteio, Eduardo, camisa 9, marcou o primeiro gol da partida, de cabeça, fazendo jus aos conselhos que vinham da arquibancada.

Passados 31', o Pilarzinho voltou a reagir, quando Caio cobrou falta da intermediária direto para o gol. O goleiro Leandro espalmou a bola que entraria no canto superior direito e mandou de volta para o jogo. Pouco depois, Brian repetiu a tentativa do capitão e também ficou no quase.

Em lance interessantíssimo aos 36', Eduardo, do Imperial, driblou o zagueiro e ficou de frente para o goleiro adversário, que, apesar de já estar no chão, conseguiu fazer a defesa, depois da tentativa ansiosa do camisa 9.

Foto: Plínio Lopes

SEGUNDO TEMPO - O cronômetro só tinha rodado cinco minutos quando Jalison, do Pilarzinho, cobrou falta pouco depois do meio de campo direto para João Antônio, que, por pouco, não fez o gol de empate. Nesses primeiros minutos da segunda etapa, a equipe do Imperial fazia cera na esperança de garantir o placar vitorioso. Não demorou muito para que a equipe visitante pagasse por impedir a continuidade da partida com o cartão amarelo que foi entregue ao goleiro Leandro.

Aos 10' Lucas, do Imperial, encontrou a bola alta bem na marca do pênalti e arriscou com bom chute, que foi tirado pela mais bela ainda defesa do goleiro Daniel. Brayan, do Operário, também teve sua oportunidade para brilhar aos 14', quando cobrou falta na boca da área, que ofereceu ótima chance para o time da casa. No entanto, o goleiro foi mais rápido e impediu novamente o empate.

Com 16', Léo Gasparin, do Pilarzinho, tomou posse da bola e entrou em um duelo mano a mano com o goleiro adversário, porém, acabou perdendo a brecha para o gol. No segundo tempo, a equipe anfitriã atacava mais do que na primeira etapa e dificultava a passagem do adversário. Apesar do sufoco, o Imperial conseguiu comemorar novamente. Aos 28', Alisson fez belíssimo passe para Allan, que driblou o goleiro e foi tranquilamente em direção ao gol para aumentar a diferença.

Depois de tomar o segundo gol, o time da casa ficou visivelmente abalado e passou a desperdiçar chances de mudar o placar. Pouco antes do fim da partida, o Imperial aproveitou o desânimo do adversário e foi de novo para o ataque: eles só não contavam que o goleiro, Daniel, teria uma postura muito diferente do restante da equipe. Allan pegou a bola espalmada e tentou a chance. Daniel espalmou novamente e, no rebote, João tentou também, mas, mais uma vez, o goleiro se saiu muito bem e defendeu de novo.

Apesar do incrível desempenho do goleiro do Operário, dessa vez, não deu para o time da casa. A partida resultou em Imperial 2 x 0 Pilarzinho. Com esse resultado, as duas equipes se encontram com o mesmo número de pontos (6), porém, em posições diferentes, por conta do saldo de gols, estando o Imperial em 9º e o Pilarzinho em 10º.

Foto: Plínio Lopes

ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

PILARZINHO: 1 Daniel, 2 Brian (22 Jalison), 3 Caio (c), 4 Lucas (5 Leonardo), 15 João Antônio, 6 Paulo, 7 Leandro (14 Niti), 8 Geovane (19 Julio), 9 Léo Gasparin (20 Luan Rafael), 10 Brayan, 11 Luan (21 Jonas). Técnico: Alexsandro.

IMPERIAL: 1 Leandro, 2 Mateus Augusto, 3 Jean, 4 João, 5 Mateus, 6 Serginho (16 Alisson), 7 Lucas (17 Adriam), 8 Moro (c), 9 Eduardo (20 Allan), 10 Kairo, 11 Paulinho (18 Anderson). Técnico: Léo Ducci.


FICHA TÉCNICA OPERÁRIO X IMPERIAL XXXXXXXXXXXXXXXXX

GOLS: 9 Eduardo, 20 Allan (Imperial)

C.A.: 2 Mateus Augusto, 10 Kairo, 11 Paulinho, 1 Leandro, 16 Alisson (Imperial)

ÁRBITRO: Evandro Oliveira

ASSISTENTES: Weber Silva e Heitor Eurich