[JUVENIL] Bairro Alto aplica 2 a 0 no Grêmio Ipiranga e conquista a primeira vitória na competição

Elenco do Bairro Alto comemora a primeira vitória no Juvenil da Suburbana (Foto: Cleiton da Cruz).

Bem diferente da primeira etapa, o segundo tempo de Bairro Alto e Grêmio Ipiranga foi bastante movimentado. A equipe da casa se saiu melhor e buscou mais o ataque, sendo premiado com dois gols em sequência que valeram a primeira vitória do clube na série B da Suburbana, na categoria juvenil.

#Juvenil
Por Rafa Ferreira

Pré-jogo: As duas equipes não tiveram um início bom na competição. Enquanto o Grêmio Ipiranga só havia vencido uma partida, o Bairro Alto, atual vice-campeão da categoria, não havia sequer pontuado, e precisava mostrar serviço diante do torcedor.

Primeiro tempo: A partida iniciou com poucas jogadas trabalhadas pelo chão. A bola batia de um lado para o outro pelo alto, sem que os times colocassem a bola no chão. Tanto que a primeira chance foi na bola parada. Aos treze minutos, Éder, do CABA, cobrou falta com perigo. O jogo seguiu sem grandes emoções, até que o Bairro Alto perdeu a chance de abrir o placar aos 34 minutos, quando o camisa 7, Gabriel, cruzou na área, mas mas ninguém acreditou na jogada e a bola passou pela pequena área. Outra chance clara de gol foi aos 39. Willian finaliza, mas o goleiro defende firme. 

Na primeira etapa, Bairro Alto e Grêmio Ipiranga não saíram do zero (Foto: Cleiton da Cruz).
Segundo tempo: Com quase um minuto de jogo, Fenando, do Bairro Alto, faz uma bela jogada, aplicando dois chapéus, mas na sequência do lance, após tabelar com um companheiro, acabou sendo flagrado em impedimento. Esse lance foi um recorte do que seria o restante da partida, com grande domínio para os donos da casa. Apesar disso, o Grêmio Ipiranga teve uma boa chance aos 17 minutos, em cobrança de falta, em que o goleiro Michel se atrapalhou, mas conseguiu mandar para escanteio.

O Bairro Alto seguiu no comando do ataque e foi premiado com um pênalti. Aos 28 minutos, Éder converteu a penalidade e abriu o placar. Apenas três minutos depois, Fernando cobrou escanteio, a bola passou por todo mundo e Becker completou para as redes ampliando o marcador. Com os dois a zero, o jogo diminuiu de intensidade. O Grêmio Ipiranga não conseguiu demonstrar reação e o placar seguiu inalterado até o apito final do árbitro.

No segundo tempo, o Bairro Alto melhorou e abriu o placar com Éder, em penalidade máxima, e ampliou com Léo Becker. O goleiro do Ipiranga tentou, mas pouco pôde fazer. (Foto: Cleiton da Cruz).
OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Bairro Alto: 1. Michel, 2. Diogo, 3. Luciano, 4. Bocão e 6. Léo; 5. Juliano (8. Léo Becker), 16. Lucas, 10. Fernando (14. Alan) e 7. Gabriel; 9. Éder e 11. willian (15. Thiago). T: Marcos.

Grêmio Ipiranga: 1. Pedro, 2. Thiago, 3. Careca, 4. Bahia e 6. Luan; 5. Luan Victor, 8. Rafinha, 7. Guilherme e 10. Rian; 19. Felipe e 11. Moraes (16.Matheus). T: Cristiano.