Foz do Iguaçu vence fora de casa e elimina definitivamente o Andraus

Foto: Gabriel Sawaf/Do Rico ao Pobre
O Foz venceu por 2x1 a equipe do Andraus no Estádio Atílio Gionédis, na cidade de Campo Largo, Na manhã de hoje (10). O azulão da fronteira controlou o jogo e teve chances de aumentar o placar. A partida foi válida pela 8ª rodada da Taça FPF Sub-23.         

#TAÇA FPF 2017

PRÉ-JOGO - O Andraus vinha com uma situação curiosa. Apenas na penúltima rodada o Gigante da Pedreira atuou em Campo Largo, devido a atraso nos laudos. Os donos da casa precisavam da vitória, já que era o último colocado com apenas um ponto conquistado, sem vencer no campeonato. Já o Foz está invicto na competição, quatro vitórias e três empates, sendo o então vice-líder. Os dois escretes que se encontraram tem campanhas totalmente distintas no campeonato. O Azulão da Fronteira trouxe como novidade a estreia do volante Claudevan, apelidado de Maceió, que rescindiu recentemente contrato com a equipe do Paraná.    

PRIMEIRO TEMPO – A primeira etapa foi controlada pelo Foz, que teve paciência para trocar passes e colocar a bola para o fundo das redes em duas oportunidades. O Azulão da Fronteira arriscou um chute rasteiro de fora da área, aos 11 minutos com João Guilherme, e o goleiro Rafael do Andraus fez a defesa, espalmando para escanteio. O Foz continuava no ataque e também chegou com uma bola que sobrou na área para Gian Luca, o atacante finalizou prensando com a defesa adversária, e mandou por cima do gol.   

Dois minutos se passaram e o Gigante da Pedreira chegou de surpresa. Após cobrança de falta na retaguarda do Andraus, em um lançamento longo Victor, apareceu em condições de marcar, entretanto Glauber saiu corajosamente nós pés do seu adversário e impediu o gol da equipe da casa.  

O time visitante pressionava, tocava a bola procurando espaços na defesa do Andraus. Aos 15 minutos, o lateral do azulão da fronteira, Wesley saiu livre na cara do gol, mas não obteve sucesso na finalização da jogada.   Um minuto depois, a equipe Foz com o atacante João Guilherme teve uma oportunidade clara de gol, só ele e o goleiro Rafael, mas desperdiçou. O treinador Norberto chamava atenção da sua equipe em campo, pois a equipe do Andraus não conseguia acompanhar as jogadas da equipe adversária.

O Foz fez o seu primeiro gol aos 26 minutos, após cruzamento pelo lado direito ofensivo de ataque, a bola foi desviada pelo zagueiro do Andraus e bateu no travessão, a bola sobrou e Renan estava na área e colocou para os fundo das redes, abrindo o placar para o Azulão. Foi o primeiro gol do zagueiro na competição. 

A rede não demorou para balançar novamente. João Guilherme tabelou com o lateral Wesley, fez um cruzamento que encontrou na área Gian Luca, o centroavante deu uma casquinha de cabeça  e a bola foi parar nos fundo da baliza. O time visitante anotava o seu segundo gol no jogo aos 35 minutos da primeira etapa.

O Azulão depende só de si para se garantir como segundo colocado nessa primeira fase (Foto: Gabriel Sawaf/Do Rico ao Pobre).
SEGUNDO TEMPO – O Andraus foi obrigado a sair para o jogo no segundo tempo, e conseguiu diminuir, após aproveitar oportunidade em cobrança de falta. Porém, o volume de jogo foi maior do Foz na etapa complementar. O Azulão teve diversas oportunidades para ampliar o marcador, mas parou por muito capricho de seus atacantes.

O arqueiro Gláuber levou um susto aos sete minutos. O meia Kady, do Foz, recuou uma bola alta e perigosa, e o goleiro foi obrigado a utilizar as mãos para impedir que a bola entrasse no gol. O árbitro assinalou tiro livre indireto. Na cobrança, Flávio parou em um pé salvador da zaga próximo a pequena linha.

O Andraus fez seu gol aos 34 minutos, em uma falta no círculo da área, em cobrança de falta Flávio, que bateu de chapa no contrapé do goleiro, a bola entrou com perfeição no ângulo direito de Rafael.

Apesar da expectativa de uma pressão do time da casa, o Foz conseguiu controlar bem nos minutos finais e segurou bem o marcador, se msofrer maiores sustos.

Com a vitória, o Foz fica bem próximo de se manter no grupo dos quatro primeiros colocados da competição, o que garante o jogo de volta na próxima fase em casa. O Andraus segue sem vencer no certame e agora não tem mais chances matemáticas de classificação.

Agora as equipes terão duas semanas de folga para trabalhar para a última rodada. O Foz recebe o Toledo, já o Andraus visita o Operário (Foto: Gabriel Sawaf/Do Rico ao Pobre).
OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

ANDRAUS BRASIL: 1-Rafael; 2-Alex Issa (14-Leandro), 3-Foguim (13-Natanael), 4-Andres e 6-Cleber; 5-Matheus; 7-Park; 8-Victor e 11-Carlos (15-Alberto); 9-Randrick e 10-Flávio.
Técnico: Norberto

FOZ DO IGUAÇU: 1-Glauber; 2-Wesley, 3-Erwin, 4-Renan (13-Bruno Van Dal) e 6-Luis Felipe (15-Coppetti); 5-Claudevan ”Maceió”; 7-Judson (17 Allan James); 8-Matheus Olavo e 10-Kady; 9-Gian Luca 11-João Guilherme Técnico: Allan Aal

 FICHA TÉCNICA - ANDRAUS 1x2 FOZ DO IGUAÇU XXXXXXXXXXXXXXXXXX

GOLS: Renan, aos 26’ do 1º tempo, e Gian Luca, aos 35’ do 1º tempo para o Foz; Flavio, aos 33’ do 2º tempo, para o Andraus.
CA: Glaúber (Foz) Matheus Olavo (Foz) Luis Felipe (Foz) Bruno Van Dal, Kadi,
Matheus (Andraus), 7-Park (Andraus)
Árbitro: Selmo Pedro dos Anjos Neto
Assistente 1: Alessandro Antonio Gonçalves
Assistente 2: Giovani Marlus de Oliveira Massoquetto
Público Pagante: 47 pessoas

Renda: R$ 470,00