A três rodadas do final da primeira fase, briga pela classificação está acirrada na Série B do Amador


Na Série B da Suburbana, tanto no grupo a quanto no grupo B, poucos pontos separam os líderes dos últimos colocados. Com nove pontos em disputa para definir os classificados para as quartas-de-final, nenhum time conseguiu confirmar a classificação até o momento e a próxima rodada se mostra decisiva para os postulantes ao acesso. 

#Números
Por Yuri Casari

No grupo A, apenas quatro pontos separam o líder Bangú, do penúltimo colocado, o Urano. O equilíbrio da classificação aparece também no número de gols marcados, já que o melhor ataque, que é o Fortaleza, tem nove gols em 4 jogos, média de 2,25 por jogo. Para efeitos de comparação, o melhor ataque da série A (o Capão Raso) possui média de 2,8 gols por jogo. 

Nos jogos deste sábado (15), muita coisa pode ser definida. Em confronto direto, no Maurício Fruet, casa do Santa Quitéria, o São Bráz manda sua partida diante do invicto Bangú. A equipe mandante, além de segurar o bom ataque banguense, ainda precisa conseguir furar a defesa, que sofreu até agora apenas dois gols, e é a melhor defesa de toda a competição ao lado do Nacional do Boqueirão. O vice-líder Fortaleza, que também ainda não perdeu, tem tudo para assumir a liderança, recebendo o Shabureya no estádio Antônio Monteiro Sobrinho. O Shabureya é o lanterna da competição e ainda sequer marcou gols. Apesar disso, a equipe ainda tem chances de classificação, caso vença as três partidas restantes. 

No donato Gulin, na Vila Hauer, o time da casa enfrenta o Caxias em duelo muito importante para a classificação. As equipes se encontram na terceira e quarta posição, respectivamente. A Equipe DRAP estará presente neste duelo. Fechando a rodada, o Urano, sétimo colocado, enfrenta o Olímpico, sexto, no Manecão. Quem vencer pode até entrar na zona de classificação, e uma derrota pode significar o fim do sonho do acesso.

No grupo B, a briga também está acirrada. Apenas três pontos separam os cinco primeiros colocados. O líder Grêmio Ipiranga recebe o lanterna Renovicente no Elba de Pádua Lima. A vitória praticamente garante a equipe na próxima fase. No Erondi Silvério, o Vasco enfrenta o Tanguá em luta direta. Em caso de vitória vascaína, a classificação fica ainda mais embolada para as últimas duas rodadas. Em compensação, uma vitória do Tanguá, que ainda não perdeu na competição, pode deixar o Vasco em situação delicada. 

Outro confronto que promete ser quente acontece no XV de Agosto, no Boqueirão. O Nacional recebe o Santíssima Trindade. O time azulino está invicto e possui uma defesa consolidada. Já o Santíssima busca se recuperar das duas derrotas consecutivas no certame. Fechando a rodada, um duelo de equipes que se encontram no final da tabela. Mas que a partir deste jogo, podem entrar de vez na briga pela classificação. No Pedro de Almeida, o Bairro Alto recebe o União Ahú.