Uber vence o Novo Mundo fora de casa e larga com o pé direito na estreia


Novo Mundo e Uberlândia realizaram na tarde deste sábado (5) o confronto da primeira rodada da Divisão Especial da Suburbana de 2017, na Arena Vermelha. Em um jogo travado e com poucas oportunidades de gol na primeira etapa, o segundo tempo foi diferente e com três gols. Destaque para o Uberlândia, que conseguiu marcar duas vezes e com isso ficar à frente diante o seu rival.


#SUBURBANA 2017

PRÉ-JOGO: Depois de retornar a elite do futebol amador no ano passado, a equipe do Uberlândia quer se consolidar dentre os principais escretes desta temporada. Por isso, alguns nomes de grande impacto chegaram na equipe do Joãozinho. Enquanto que do outro lado, um time totalmente diferente em relação ao ano passado, já que o comandante é outro. Altevir Sales renovou o Novo Mundo e o time é composto por alguns jogadores da base campeã da categoria juvenil do ano passado.

PRIMEIRO TEMPO: Os primeiros minutos do embate foram de um jogo estudado por ambas as equipes. Ou seja, muita marcação e pouca oportunidades de criação de arremate. Por isso, os dois arqueiros pouco trabalharam nos primeiros 15’ de jogo. Destaque para a equipe do Uberlândia, que teve mais posse de bola. Julianinho, um dos mais acionados na equipe do Uber, enquanto que o Novo Mundo, optou por jogar nas bolas longas. Mas sem sucesso, já que o sistema defensivo do Uber é alto.

Aos 24’, em ótima descida do atacante Rodolfo do Novo Mundo pelo lado direito e próximo da linha de fundo tocou para área, Rogério concluiu forte no gol. Para azar do Novo Mundo e sorte do Uberlândia, Giraia esteve lá para defender e aliviar o perigo. Com 32’, em jogada iniciada por Julianinho e depois de várias trocas de passes no meio de campo, Quintino recebeu ainda na frente da área e foi entrando até concluir. Mas goleiro André conseguiu afastar para escanteio. Na sequência, Dinda subiu mais que a zaga do Novo Mundo e novamente o goleiro André esteve na meta para evitar o gol.

Nos minutos finais do primeiro tempo, o time do Uber ficou mais agressivo, com as jogadas de Julianinho, Quintino e Rafinha, que tiveram mais posse de bola e conseguiram manter o ritmo da equipe da casa. Porém, sem oportunidade clara de abrir o marcador. Mas algumas vezes o time da casa conseguiu chegar no gol do Uber. Dentre elas, com 43’, o lateral Alex recebeu de Evandro e do meio da rua arriscou um tirambaço. Mas Giraia conseguiu afastar o perigo para escanteio. Não deu outra, com poucas chances criadas de ambas as equipes e as que foram criadas, não aproveitadas, o placar da primeira etapa não poderia terminar diferente. Placar fechado.


SEGUNDO TEMPO: As duas equipes retornaram para a segunda etapa sem mudanças. Mas nos minutos iniciais, Altevir Sales colocou mais um atacante, com o intuito de dar mais mobilidade ao ataque do Novo Mundo. Diego entrou no lugar de Bruno. De imediato, a equipe da casa conseguiu ficar com mais posse de bola. Porém, não conseguiu concluir no gol de Giraia. Sorte do Uber, que aos 12’, em lance de bola parada, Dinda subiu sozinho e carimbou a testa na bola para abrir o placar após cruzamento na medida de Julianinho.

Com passados dos 20’, muitas discussões devido as faltas assinaladas pelo árbitro. Mas em lance esporádico da equipe do Novo Mundo, Caíque do meio da rua pegou o rebote, depois da cobrança de escanteio, e empatou a partida. Sem chances para o goleiro Giraia, que pulou, mas não alcançou. Após o gol de empate, o time do Novo Mundo fez algumas alterações para continuar e aumentar a mobilidade no meio de campo, já que teve mais posse de bola neste período de jogo. 

Mas não por muito tempo, pois o escrete do Uber foi quem conseguiu segurar mais a bola e chegar mais vezes a meta do arqueiro André. Não deu outra, Julianinho, em outra cobrança de falta, colocou a bola certeira na cabeça de Quintino, que só teve o trabalho de cabecear em direção ao gol, desempatando a partida aos 30’ da etapa complementar.

Nos minutos finais, o jogo voltou a ter muitas faltas. Por isso, o jogo não conseguiu evoluir muito e pouco ataques aconteceram, em ambas as equipes. Não deu outra, a equipe do Uber soube administrar e segurar até o momento do apito final do árbitro, que terminou com o placar em 2 a 1 para os visitantes.



OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Novo Mundo: 1. André; 2. Gui, 3. Roberto (14. Jhonatan Laia), 4. Hudson e 6. Alex; 5. Jean 8. Kaíque, 10. Bruno e 7. Evandro (16. Guiga); 11. Rodolfo e 9. Rogério. Tec. Altevir Sales
                                    
Uberlândia: 1. Giraia; 2. Denis, 3. Cabeça e 4. Alex Paiva; 7. Matheus, 5. Nepo e 8. Juliano. 6. Kiki (14. Luizinho) e 10. Rafinha (15. Radamés); 9, Quintino e 11. Dinda. Tec. João Ribeiro

FICHA TÉCNICA – NOVO MUNDO 1 X  2 UBERLÂNDIA XXXXXXX

GOL: Caíque aos 20’ do 2º tempo (Novo Mundo) | Dinda aos 12’ do 2º tempo e Quintino aos 30’ do 2º tempo. (Uber)

CA: Cabeça, Alex Paiva, Quintino e Julianinho (Uberlândia) Roberto (Novo Mundo)

__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO