Paraná Clube ganha de goleada do CRB e se aproxima do G4


Paraná Clube e CRB duelaram na noite desta terça-feira (1), em confronto válido pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, no Estádio Durival Brito e Silva. Com um primeiro tempo equilibrado e que terminou com o placar empatado, a segunda etapa foi bem diferente e o escrete do Paraná Clube conseguiu a mais uma vitória em seus domínios e de goleada. Com o resultado, o Tricolor paranaense fica próximo ao G4 e mantém vivo o sonho do acesso

#SÉRIE B
Por @rafaelbuiar

PRÉ-JOGO: Com a vitória de goleada no último jogo diante o escrete do Santa Cruz, o Paraná Clube foi a campo para manter a boa sequência com o novo treinador e entrar de vez na briga pelo acesso a elite do futebol nacional. Já o time do CRB, que está um ponto na frente do tricolor chegou nesta rodada com o intuito de pontuar para também manter o sonho do acesso, com um velho conhecido no comando. Dado Calvacanti, ex-treinador do Paraná Clube.

PRIMEIRO TEMPO: A equipe paranaense deu o ponta pé inicial no embate e já procurou furar o sistema defensivo da equipe alagoana, que já nos primeiros minutos demonstrou bem postada defensivamente. Enquanto que o time do CRB conseguiu atacar em velocidade com jogadas em contra-ataque, com 5’ de jogo.  Minutos depois, o time do Paraná Clube conseguiu tranquilizar as jogadas no meio de campo e passar a jogar em profundidade. Principalmente com o camisa 11 do tricolor, Minho, que passou a receber várias vezes pelo lado esquerdo. Mas sem efetividade, já que a forte marcação do CRB dificultou.

Aos 14’, Leandro Vilela no meio de campo viu o camisa 9 do Paraná livre e de frente para o gol deu assistência na medida. Alemão diminuiu a passada e o lateral Diego afoito derrubou o atacante dentro da área e o árbitro anotou penalidade máxima. Renatinho cobrou e converteu, abrindo o placar na Vila Capanema aos 18’ da etapa inicial. O gol de ânimo para o escrete do Paraná Clube, já que Robson, Junior e Alemão tiveram boa oportunidade de aumentar o placar. Aos 23’, o CRB chegou a meta do arqueiro Richard. O time alagoano em cobrança de falta ensaiada, Neto Baiano de longa distância arrematou forte e o goleiro paranista aceitou e o placar ficou empatado na Vila Capanema. Após o gol de empate, o confronto ficou movimentado, mas ambas as defesas prevaleceram nas jogadas. Período do embate em que muitas faltas aconteceram, para os dois lados.

Nos minutos finais, o escrete do Paraná Clube se propôs em busca do gol. Mas o time do CRB travou as jogadas antes mesmo de entrar na área. Com isso, várias faltas a favor da equipe paranista, que não aproveitou e ainda deixou espaço para os contra-ataque. Da mesma maneira, o sistema defensivo só conseguiu para os ataques com falta na intermediária. Com os mesmos critérios, o árbitro aplicou cartão amarelo para o lado paranista também. Por isso, o embate não mudou muito até o apito final do primeiro tempo.


SEGUNDO TEMPO: No retorno para a segunda etapa, ambas as equipes retornaram com os mesmos jogadores. Mas a postura do escrete paranista foi diferente, já que o entrou bastante ofensivo e logo nos minutos inicias pressão do Tricolor. Não deu outra, Renatinho recebeu de Brock e fuzilou na meta do arqueiro Edson que pouco pode fazer para evitar o segundo gol de Renatinho e do Paraná Clube. O gol deu ânimo para a equipe da casa, que com o barulho da arquibancada, passou a pressionar o sistema defensivo e o goleiro Edson trabalhou.

Passados dos 15’ da etapa complementar, ambos os treinadores realizaram alterações nas equipes. No lado do time da casa, Zezinho entrou no lugar de Jhonny. No lado do time alagoano, saiu Erick para a entrada de Ítalo. Após o troca-troca das equipes, o embate ficou mais preso no setor de meio de campo. Mesmo assim, o time do Paraná Clube foi quem teve mais posse de bola na metade etapa complementar.  Próximo dos 25’, Leandro Vilela sentiu e o zagueiro Rayan entrou no seu lugar e passou jogar pela lateral.

Não deu outra, três minutos depois, o meio campo do Paraná fez ótima trama com Minho, Renatinho e que acabou com a conclusão de Alemão, que de longa distância carimbou e acertou a meta do goleiro Edson, que pouco pode fazer para evitar o terceiro gol do Tricolor. Depois de ampliar o placar, o time do Paraná Clube pressionou constantemente o gol do CRB.

Nos minutos finais, o time alagoano pouco fez e conseguiu, já que o time do Paraná Clube passou a administrar mais a bola no meio de campo e ainda teve alguns contra-ataques e por pouco não aumentou o placar na Vila Capanema. Com isso, o placar ainda teve mais alteração. Alemão marcou mais um no apagar das luzes, o segundo dele na partida, fechando a conta em 4 a 1 para o Paraná Clube.



OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

PARANÁ: 1. Richard; 2. Junior, 3 Maidana, 4. Brock e 6. Igor; 5. Leandro Vilela (13. Rayan), 8. Jhony (16. Zézinho) e 10. Renatinho (17 Lucas Otávio); 7. Robson, 11 Minho e 9 Alemão.  Tec. Lisca

CRB: 1. Edson; 2 Marcos Martins, 3. Audalio, 4. Adalberto e 6. Diego; 5. Yuri, 8. Danilo Pires (20. Tony), 7. Ratinho (17. Elvis) e 10. Chico; 9. Neto Baiano e 11. Erick (18. Ítalo). Tec. Dado Calvacanti

FICHA TÉCNICA – PARANÁ 4 X 1 CRB XXXXXXXXXXXXXXXXXXX

GOLS: Renatinho aos 18’ do 1ª tempo e 3’ do 2º tempo e Alemão aos 28’ e 46’ do 2º tempo (Paraná Clube) e Neto Baiano aos 24’ do 1ºtempo (CRB)
CA: Diego, Yuri, Ratinho, Chico e Adalberto (CRB) e Minho e Robson (Paraná Clube)


__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO