[JUVENIL] Urano e Vila Hauer tem dificuldades, param no jogo travado e ficam no empate sem gols


No último sábado, no estádio Manecão, casa do Urano, o que se viu foi uma partida sem muita criatividade dos dois lados. Tanto Urano quanto Vila Hauer sofriam com o gramado que fazia a bola quicar bastante e não conseguiam ter uma sequência de passes para realizar jogadas de ataque, apostando nas ligações diretas. Apesar de lances esporádicos de perigo, o placar se manteve no zero a zero.

#JUVENIL
Por @JoaoHeim

PRIMEIRO TEMPO - Antes da bola rolar, o início de jogo foi atrasado, pois o goleiro do Vila Hauer estava com uniforme azul, mesma cor do Urano. Após a troca da camisa do goleiro, o início jogo foi truncado e com os dois times sem conseguir realizar trocas de passes mais longas. A primeira chance do jogo foi com o Vila Hauer, em chute de fora de Cabelinho, aos 7'. No minuto seguinte, Gabriel Jorge tentou cruzamento da direita e a bola bateu caprichosamente no travessão. 

Com a bola quicando bastante no gramado, o jogo das duas equipes era muito pelos lançamentos no alto. Aos 15', em falha da defesa do Vila Hauer, Jean recebeu livre na entrada da área e chutou para defesa do goleiro. O Urano começou a gostar do jogo e buscar criar mais chances, mas os times jogavam muito na bola rifada e evitavam que mais oportunidades acontecessem. Aos 21', Patrick cobrou falta da intermediária e obrigou o arqueiro do Vila Hauer a fazer boa defesa. Dois minutos depois, Bill cobrou falta quase do meio campo e o goleiro precisou aparecer para defender pelo alto. 

No escanteio, Gabriel Jorge apareceu na segunda trave aos 26' e quase marcou. O tricolor voltou a ter mais atitude e tentava jogar nos lançamentos para Gustavo. Aos 32', falta na entrada da área e PH cobrou rasteira para grande defesa de Marquinho. Aos 37', Bill cobrou falta da direita e Ferraz subiu para cabecear para fora. Com 39', o Vila Hauer voltou a finalizar, com Cabelinho cobrando falta que foi por cima do gol. 




SEGUNDO TEMPOO início de etapa foi equilibrado como os primeiros quarenta minutos de jogo. O Vila Hauer reforçou o lado esquerdo da defesa para evitar que o Urano seguisse realizando as jogadas por ali. Aos 6', o Vila chegou com Ivan Patrite, que pegou a sobra de bola na área e quase fez. Com 10', Jean quase conseguiu um desvio para enganar o goleiro Marquinho e fazer o primeiro gol da partida. 

Aos 18', chegada perigosa do tricolor, com Patrick chutando e obrigando o arqueiro do Urano a defender no cantinho. Na sobra de bola, Patrick, do Urano, arriscou e a bola passou do lado do gol. Poucos eram os momentos da partida em que haviam maiores trocas de passes. As jogadas morriam rápido em passes errados e tentativas de lançamento erradas dos escretes. 

Com 23', Patrick tentou de longe com a bola quicando e mandou para defesa de Marquinho. Aos 28', falta cobrada por Patrick, mas a bola foi por cima do gol sem perigo para Marquinho. Aos 30', o gol saiu, mas foi anulado. Nathan tabelou na área mas recebeu impedido quando marcou o gol. 

Aos 35', Nathan tentou de novo e de cabeça fez Marquinho realizar ótima defesa para salvar o gol dos donos da casa. Dois minutos depois, Marquinho se esticou de novo para salvar a falta cruzada. Final de jogo zero a zero, placar fechado mesmo com algumas chances no final que fizeram o goleiro Marquinho trabalhar. 



OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

URANO: 1 Matheus, 2 Gabriel Jorge, 3 Lucas, 4 PH, 5 Bill, 6 Ferraz, 7 Jean, 8 Lara, 9 Nathan, 10 Patrick, 11 Batata. Técnico: Cristiano Bassoli



VILA HAUER1 Marquinho, 2 Branco, 3 Henrique, 4 Heryck, 5 Andrezinho, 6 Fontelli, 7 Lucas Augusto, 8 Cabelinho, 9 Gustavo, 10 Patryck, 11 Ivan Patrite Técnico: Christiano Kuboyama



__________________________________________

DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO