[JUVENIL] Trieste marca no início, administra vantagem e goleia Vila Sandra

O gol de Morais aos 5' do primeiro tempo mudou o panorama do jogo (Foto: Gabriela Jahn)
Em partida realizada no estádio Francisco Muraro neste sábado (26), Trieste e Vila Sandra se enfrentaram pela 4ª rodada da Série A da Suburbana - categoria juvenil. O jogo começou parelho, mas os mandantes abriram o placar com pouco tempo de jogo e souberam controlar a partida para  conquistarem uma grande vitória por 4 a 1.


#JUVENIL2017

PRIMEIRO TEMPO - O Vila Sandra começou melhor na partida, exercendo mais pressão no ataque e obrigando o goleiro Lucas Lima a sair do gol e jogar como líbero em alguns lances. A defesa do Trieste não estava se achando no jogo e o Vila crescia.

Mas o futebol é baseado em gols e não em criação de jogo. Na primeira chegada do time de Santa Felicidade - com apenas cinco minutos de jogo - o atacante Morais recebeu em boas condições na entrada da área e obrigou o goleiro Alex a fazer uma bela defesa; no rebote o zagueiro Juninho salvou, mas em um terceiro chute Morais não perdoou e estufou as redes.

O Vila Sandra buscava igualar as ações e seguia com um intenso volume de jogo. O volante Leandro era destaque, com dribles curtos e bons passes, mas faltava o chamado último toque para o empate alvinegro. Enquanto isso o Tricolor seguia cirúrgico. Aos 12’ um belíssimo lançamento de Lucas Mattoso para Aramis, que com uma casquinha de cabeça tirou a bola do alcance do goleiro e colocou no fundo gol. Mais um banho de água fria para o Vila Sandra.

Após o 2 a 0 a equipe alvinegra sentiu o baque e deixou o Trieste crescer no jogo e aumentar a presença no campo de ataque. Aramis conseguia produzir boas jogadas de perigo na área do Vila.

A tônica do jogo era a surpresa, quando um time estava melhor na partida o adversário fazia o gol. Isso aconteceu novamente aos 32’, quando o Vila subiu ao ataque e Vinicius  arriscou de fora da área, o goleiro do Trieste bateu roupa e Luquinhas aproveitou  o rebote para descontar.

A última chance dos 40’ iniciais foi aos 38’, quando o goleiro alvinegro Alex fez uma grande defesa de mão trocada, impedindo que o Trieste ampliasse o placar. A etapa final prometia ser eletrizante.

O gol de Luquinhas chegou a dar esperanças à torcida alvinegra (Foto: Gabriela Jahn)
SEGUNDO TEMPO – Mas não foi isso que aconteceu. A segunda etapa começou mais travada, com faltas de ambos os lados. As duas equipes não tinham o mesmo ritmo que apresentaram no primeiro tempo, seja pela falta de criação de jogadas ou pela queda de velocidade, justificada pelo forte calor que fazia em pleno sol de meio dia.

O jogo se manteve parado, com pouquíssimas chances de gol e em certos momentos sonolento. A primeira grande chance da etapa final veio somente aos 30’, mas foi certeira: Aramis recebeu na área e bateu com segurança para o gol, sem chances para o goleiro Alex. O Trieste ampliava e decretava a vitória. Já no apagar das luzes, contra-ataque armado e Erick fechou o caixão: Trieste 4, Vila Sandra 1.

O Tricolor teve boas chances, soube fazer os gols e administrar o placar, mesmo quando o Vila tinha força e volume. Grande vitória da equipe de Santa Felicidade, que chega forte na briga pelo título.

Com dois gols marcados, o volante tricolor Aramis foi o destaque do jogo (Foto: Gabriela Jahn)
OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

TRIESTE: 1 Lucas; 2 William; 3 Allan (14 Júlio César); 4 Lucas Mattoso; 6 Vinicius Mendes; 5 Nicolas; 7 Ramon (16 William Santos); 8 Aramis; 10 Alexandre (17 Erick); 9 Morais (18 Pedro Henrique); 11 Luiz Felipe. Técnico: Danilo Candelore.

VILA SANDRA: 1 Alex; 2 William (18 Alexsandro); 30 Juninho; 4 João; 5 Douglas; 6 Geada; 20 Vinicius; 8 Leandro; 9 Luquinhas; 10 Patrick; 11 Jamaica (7 Marega). Técnico: Marquinhos.

FICHA TÉCNICA – TRIESTE 4 X 1 VILA SANDRA XXXXXXXXXXXX

ÁRBITRO: João Eduardo Dotto Ramos.
ASSISTENTES: Ivan Carlos Bohn (1) e Alisson Alceu Bernardi (2).
GOLS: Morais aos 5’ do 1° T; Aramis aos 12’ do 1° e aos 30’ do 2°T e; Erick aos 38’ do 2°T (Trieste). Luquinhas aos 32’ do 1°T (Vila Sandra).

__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO