Flamarion, o destaque da partida entre Iguaçu e Imperial



A fortaleza montada pelo Imperial diante do atual campeão Iguaçu, teve como pilar principal o zagueiro Flamarion. O defensor de 1,89m não perdeu nenhuma bola por baixo ou pelo alto, e ainda contou com a atuação sólida de seus demais companheiros de zaga. Logo na estreia da Suburbana, Flamarion aparece como destaque em seu retorno ao Tricolor do Mossunguê.

#FIGURINHA DO JOGO
Por @YuriCasari

Durante a maior parte dos mais de 90 minutos de jogo, o Imperial teve como missão impedir o Iguaçu de chegar na grande área. E nesse duelo de ataque contra defesa, melhor para os defensores, que foram vencidos em raras oportunidades. O Iguaçu manteve a posse de bola, tentou encontrar brechas, e mesmo com um a mais durante mais de 30 minutos, o alvinegro não furou o bloqueio formado pelo goleiro Julio, pelos zagueiros Flamarion e Biro, pelos laterais Galo e Adson, e pelos volantes Arroz e Barezi. 

Destes, quem mais se destacou foi Flamarion, que realizou uma partida impecável, anulando quase que por completo os atacantes Tamandaré e Brayan, que pouco puderam fazer. Ainda sem todos os atletas disponíveis, o técnico Juninho foi econômico nas substituições e demorou a mexer. Os volantes Helton e Herick bem que tentaram ajudar Hideo a armar as jogadas ofensivas, mas o time comandado por Pastor Serafim estava em um dia inspirado. 

Apesar da postura defensiva, ainda assim foi o Imperial quem ficou mais perto de marcar o gol da vitória, especialmente com o atacante Fernandinho, e depois, com Pelézinho, que entrou bem e contribuiu também com a recomposição. Mas se em um primeiro momento o Iguaçu passasse dos marcadores, logo encontrava Flamarion, e dali não passava. O gigante tricolor foi uma prova e tanto para o Iguaçu, que para buscar o bicampeonato, terá pela frente um campeonato muito equilibrado, e de alto nível. 


__________________________________________

DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO