Tricolor bate o Vozão com placar magro na Vila e segue na busca pelo acesso

Foto: Assessoria do clube (Paraná Clube)
Na tarde do último sábado (01), Paraná clube e Ceará duelaram em jogo válido pela 11º rodada do Campeonato Brasileirão da Série B. A vitória para ambos os escretes deixaria mais perto do G-4. Sabendo disso as duas equipes buscaram o resultado até o fim, mas foi o Tricolor que levou a melhor, com gol de Renatinho de pênalti no começo do segundo tempo. Com o triunfo, o escrete paranista volta a vencer na competição após duas rodadas.

#SÉRIE B
Por Adson Lima

Primeiro Tempo: Os primeiros minutos do embate foi bem amarrado, com o Tricolor tentando atacar. Mas sempre parou na forte marcação do Ceará, que só chegou aos 3' e aos 8' e com duas faltas laterais que Renatinho cobrou e a zaga tirou sem perigo nenhum. Com o passar do tempo, as duas equipes continuaram estudando muito. Ou seja, ninguém quis deixar brechas. Aos 21', em uma boa troca de passes do Vozão, o interminável Magno Alves chutou da entrada da área a bola desviou na zaga e passou à direita assustando o goleiro Richard.

Lance que deu um gás para o time do nordeste, que a partir dos 23' começou a gostar do jogo e a encontrar espaços. Em uma escapada pela esquerda, Romário cruzou na área e Roberto chegou chutando. O arqueiro paranista fez boa defesa, mas soltou a bola nos pés de Roberto, que novamente chutou a queima roupa e obrigou Richard a fazer um milagre debaixo do pau. O lance fez com que a torcida Tricolor aplaudiu-se a defesa em pé. Não deu outra, com o Ceará chegando mais ao ataque, o Paraná Clube não atacou mais, só foi ter um lance que levantou a torcida aos 34' quando Felipe Alves conduziu bem a bola pelo meio, cortou o zagueiro e quando abriu dois companheiros pelos lados em boas condições ele resolveu chutar e acabou sendo travado pela zaga, irritando a torcida.

Com o final da primeira etapa se aproximando, cada equipe teve mais uma chance de inaugurar o marcador. A equipe nordestina aos 37', quando Roberto apareceu livre pela direita na cara de Richard e chutou em cima do goleiro, que saiu bem, fechando o ângulo.  Já a equipe do Tricolor, nos acréscimos, em uma troca de passes, Renatinho chutou da intermediária e fez com que o goleiro Everson do Ceará trabalhasse pela primeira vez no jogo mandando a bola para escanteio.

Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo
Segundo Tempo: A segunda etapa começou movimentada, diferente do primeiro tempo. Ou seja, os donos da casa que já nos primeiros minutos partiram pra cima com apoio da torcida e conseguiram um escanteio com 6', o destaque do certame estadual, Renatinho cobrou rasteiro na área, Gabriel Dias recebeu e quando foi girar em cima do marcador recebeu tranco de Pedro Ken. Lance que o árbitro marcou pênalti e advertiu o volante do Vozão com o amarelo. Renatinho cobrou a penalidade com perfeição, deslocando o arqueiro Everson, e inaugurou o marcador na Vila.

Com o gol, o tricolor seguiu atacando no embalo da torcida e aos 11' a bola sobrou na área limpa para Felipe Alves fazer o gol. Mas o atacante bateu pra fora. Mesmo desperdiçando, o escrete Ceará não conseguiu atacar para buscar o empate, e pior para os visitantes, quase levaram o segundo. Desta vez, em uma falta na intermediária, Renatinho cruzou na área e a zaga acabou afastando mal e a bola sobrou para Igor, que dominou e chutou, assustando o arqueiro Cearense.

A partir desse momento, o escrete do nordeste começou a ter mais a bola só que sem efetividade, apenas um lance de perigo até o final do jogo e foi com o Ricardinho aos 34'. O meia teve a oportunidade de empatar em uma falta frontal, que bateu forte e a bola passou à esquerda de Richard, assustando a galera Paranista.

Foto: Assessoria do clube (Paraná Clube)
Enquanto isso, o tricolor teve mais duas chances de ampliar o placar e ficar mais tranquilo no jogo. A primeira oportunidade foi aos 37' com um belo cruzamento de Júnior pela direita, mas Gabriel Dias cabeceou mal pra fora. A segunda foi aos 44', com Robson em um bom chute de fora da área, que parou com uma defesa difícil do arqueiro do Vozão. Depois disso, o Paraná se defendeu bem e garantiu a vitória somando mais três pontos na tábua de classificação.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Paraná Clube: Richard, Júnior, Wallace, Rayan, Igor, Leandro Vilela, Gabriel Dias, Renatinho (Jhony), Minho (Nathan), Robsone Felipe Alves (Rafhael Lucas). Técnico: Cristian de Souza.

Ceará: Éverson, Tiago cametá, Rafael Pereira, Valdo, Romário, Raul (Wallace Pernanbucano), Richardson, Pedro Ken (Rafael Carioca), Ricardinho, Roberto (Cafu) e Magno Alves. Técnico: Marcelo Chamusca.

Ficha Técnica: Paraná Clube 1 x 0 Ceará XXXXXXXXXXXXXXXXXX

Local: Vila Capanema.
Data: 01 de Julho de 2017.
Horário: 16h:30.
Árbitro: Marcos Mateus Pereira (MS).
Assistentes: Leandro dos Santos Ruberdo (MS) e Cicero Alessandro de Souza (MS).
Público e Renda: 4.130 pagantes | 4.170 total | R$ 79.260,00
Gol: Renatinho (PRC) aos 6' segundo tempo.
Cartões Amarelos: Richard, Leandro Vilele e Felipe Alves (PRC); Pedro Ken e Raul (CEA)

Cartões Vermelhos: Nathan (PRC) e Romário (CEA).



_________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO