Uber sai na frente, mas cede empate diante o Palmeirinha nos minutos finais


Palmeirinha e Uberlândia jogaram na tarde deste sábado (3) no Estádio Elba de Pádua Lima, em confronto válido pela 7ª rodada da Copa de Futebol Amador da Capital. A equipe do Uber saiu na frente nos primeiros minutos, mas não conseguiu segurar a pressão do Palmeirinha após expulsão do goleiro Giraia e levou gol nos minutos finais.

#COPINHA 2017

PRÉ-JOGO: Na rodada anterior, a equipe do Uberlândia venceu em  casa no último minuto o escrete do Imperial, adversário direto na ponta da tabela. Uma semana depois, o time do Uber enfrenta o Palmeirinha, outro adversário que está na briga, mesmo com a derrota no meio de semana para o escrete do Grêmio Ipiranga, em partida adiada. Por isso, o time do Tatuquara entra em campo para ainda ter gás na competição, já que irá folgar na rodada seguinte.

PRIMEIRO TEMPO: O embate iniciou com os donos da casa com mais volume de jogo e já nos primeiros minutos Dolinha enchouriçou a vida dos zagueiros em pelo menos três tentativas. Aos 3’, Giraia cobrou tiro de meta errado e Dolinha esperto dominou e chutou, quase abrindo o placar com 4’ de jogo. Mas aos 5’, o time do Uber acordou, após ter sofrido falta na intermediária, com jogada de Paulinho e Dinda. Julianinho cobrou falta direta e carimbou, com categoria no ângulo direito do arqueiro Anderson, que não alcançou e a bola dormiu no fundo do barbante com 6’.

Mesmo com o gol sofrido, o time do Tatuquara, com jogadas de Nico e Dolinha, preocupou a vida goleiro Giraia mais uma vez. Mas aos poucos o Uber desceu com perigo. Dentre os ataques, jogada de Kiki e Dinda pelo lado esquerdo, o camisa 9 carimbou a trave do arqueiro Anderson, com 17’ da etapa inicial. Por outro lado, a equipe do Palmeirinha não se acanhou e contra-atacou também em velocidade. Aos 20’, Dolinha foi parado com falta próxima da área. Mas na cobrança, sem sucesso.

Aos 27’, o time do Uber chegou com perigo. Kiki ficou de frente com o arqueiro Anderson, mas o camisa 7 do Uber optou por driblar o camisa 18 e no último momento o goleiro do Palmeirinha conseguiu desviar. Na sequência, Dinda e Paulinho desperdiçaram o rebote para a insatisfação do treinador Joãozinho. Minutos depois, em jogada rápida pela direita, Kiki chegou perto de aumentar. Mas foi travado pelo goleiro Anderson, que minutos depois trocou de posição, com a entrada de Alexandre, goleiro titular. Mas quem saiu de campo foi o atacante Guilherme, lesionado. 

Nos minutos finais, o time do Uber cresceu e passou a ficar mais no campo do Palmeirinha. Aos 38’, Alexandre, que entrou havia entrado a pouco, mais uma vez fez ótima defesa e conseguiu segurar o placar de 1 a 0. Enquanto que o Palmeirinha conseguiu pressionar, mas sem sucesso, mesmo com três minutos de acréscimo.


SEGUNDO TEMPO: No retorno para a segunda etapa, as duas equipes voltaram com os mesmo jogadores que terminaram o primeiro tempo. E logo no primeiro minuto, Nico acertou um forte chute no lado direito e quase surpreendeu o arqueiro Giraia, que esteve com a visão atrapalhada pelo sol. Mesmo assim, o camisa 1 fez ótima defesa. Enquanto que em uma ligação direta do sistema defensivo, Dinda recebeu a bola no lado direito e com o chute acertou carinhosamente o pé da trave, pela segunda vez. Mas a pressão do Uber não parou por aí. 

Aos 8’, Julianinho quase ampliou o marcador no Elba de Pádua Lima em mais uma bola parada. Desta vez, Alexandre só olhou a bola passar perto no ângulo direito. Fato que deu para perceber que o embate esteve aberto na segunda etapa, já que os dois ataques chegaram à meta de ambos os goleiros.  Mas com o passar do tempo, o jogo passou a ficar chato, preso no meio de campo e com muitas faltas.

Aos 23’, Giraia reclamou com o árbitro Luciano e levou o segundo amarelo e depois o vermelho. Aproveitando o homem a mais em campo, o treinador Wagner Primo colocou mais gás na equipe. Entrou Cafú e saiu Alexandre. Também devido a expulsão, o time do Uber realizou o troca-troca. Paulinho saiu e deu lugar para o goleiro Gaúcho. Em pouco tempo, o arqueiro do Uber fez pelo menos duas grandes defesas, evitando o gol de empate do Palmeirinha, que após a expulsão do goleiro Giraia cresceu.


Nos minutos finais, o embate pouco teve em lances de emoção, para as duas equipes até os 40'. Já que o time do Uber recuou devido a expulsão e o Palmeirinha, mesmo com dificuldades de furar o bloqueio da equipe visitante, conseguiu. Aos 42’, depois de tanto pressionar, o Palmeirinha empatou em lance de bate e rebate de dentro da área e sobrou para o zagueiro Mucilon marcar o primeiro do Palmeirinha. 

Após o gol de empate, o time do Palmeirinha ficou gigante no campo do do Uber, que só pensou em se defender. Mas aos 47’, Julianinho recebeu de Alex Paiva e deixou Dinda na cara do gol. Mas o arqueiro Alexandre fez ótima defesa e manteve o placar empatado no Estádio Elba de Pádua Lima, mesmo com 7' de acréscimo.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

PALMEIRINHA: 18 Anderson (1 Alexandre/ 19 Cafú); 2 Rafael, 3 Mucilon, 4 Tiagão e 6 Polaco; 15 Celo, 13 Valdecir, 10 Nico e 7 Cesinha; 20 Guilherme e 11 Dolinha. Tec Wagner Primo.

UBERLÂNDIA: 1 Giraia; 2 Luizinho, 3 Luan Santos, 4 Alex Paiva e Alan; 5 Caique, 8 Matheus, 7 Kiki e 10 Paulinho (12 Gaúcho); 18 Juliano e 9 Dinda. Tec. Joãozinho

GOL: Julianinho aos 6’ do 1ºtempo (Uberlândia)

EM BREVE OS MELHORES MOMENTOS (VÍDEO) XXXXXXXXXXX




__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO