Oscar Kirsten, o destaque do confronto entre Santíssima Trindade e Capão Raso


No último sábado (3), o atual líder desafiou o Santíssima Trindade e foi surpreendido com 3 a 0, no Estádio Elba de Pádua Lima. Com uma equipe disciplinada, dedicada e ambiciosa, o placar não poderia ser diferente. O principal articulador deste triunfo esteve fora das quatro linhas, o treinador do Santíssima Trindade, Oscar Kirsten.

#FIGURINHA DO JOGO

A equipe do Cajuru entrou sem a responsabilidade de vencer o líder da competição, já que antes de a bola rolar o Santíssima Trindade ocupava a sétima posição na tábua de classificação da Copa de Futebol Amador da Capital. Mas jogar a responsabilidade não é deixar de jogar o jogo: entregar.

O triunfo iniciou ainda no início do certame, após bate e rebate dentro da área do Capão Raso. Lelo anotou aos 6’ da etapa inicial. Mesmo com a equipe do Capão Raso tendo mais volume de jogo, a marcação da equipe do Cajuru foi mais eficiente e o placar persistiu na virada do intervalo.

Na segunda etapa, o time do Capão Raso ficou mais agressivo e passou a pressionar ainda mais o arqueiro Jece, que realizou grandes defesas a meta do gol do Santíssima Trindade. Percebendo isso, o treinador Oscar Kirsten fez algumas alterações, para pelo menos manter o pique da retaguarda.

Não deu outra, o time do Capão Raso perdeu a força e pior, ainda sofreu dois gols nos minutos finais da partida. Tupã marcou aos 43’ e Jé aos 48’ do segundo tempo, fechando a conta a favor à equipe do Cajuru.

Devido a isso, com a seriedade que fez o time do Santíssima Trindade entar em campo, o treinador do Santíssima Trindade foi o principal destaque da partida entre Santíssima Trindade e Capão Raso. Sendo ele, a vigésima terceira figurinha DRAP de 2017.

__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO