Na despedida da Taça Paraná, XV de Novembro e Vila Sandra empatam em 1 a 1


Precisando vencer de goleada e ainda torcer por um resultado desfavorável de Bonato ou Iguaçu, o Vila Sandra foi até Colombo para enfrentar o XV de Novembro. Depois de abrir cedo o placar com Adriano, o Vila chegou a acreditar na vitória elástica, mas no início do segundo tempo um golaço de Chuchu jogou água fria nos planos da equipe curitibana, que fechou sua primeira participação na história da Taça Paraná na quinta colocação.

#TAÇA PR
Por @Yuricasari

No gramado castigado do estádio do Atuba, o Vila Sandra iniciou a partida já buscando dominar a posse de bola e partir pra cima em busca dos gols que precisava se ainda quisesse sonhar com a classificação, enquanto o time colombense, que sofria com desfalques - inclusive do técnico, Ziquita, que passa por problemas de saúde - apostava nos contra ataques. Mesmo com a postura mais defensiva, a primeira chance de gol foi do XV em chute de fora da área de Rodolfo. Com dificuldades para armar as jogadas, o Vila Sandra foi chegando aos poucos no ataque, mas ainda assim conseguiu encontrar o gol que tanto precisava. No escanteio curto, a bola foi tocada para Robinho, que cruzou na medida para Adriano desviar a bola para as redes. Logo na sequência o Vila assustou de novo com Guilherme, que aproveitou sobra e chutou forte, mas a bola passou por cima da meta. 


Mesmo com o placar favorável, os jogadores do Vila Sandra pareciam impacientes, com pressa para resolver. Com isso, o XV melhorou na partida e chegou por duas vezes com o veloz Rodolfo. Na primeira, aos 33, o camisa 9 ganhou pelo alto e quase marcou de cabeça. Na segunda chance, aos 35, o ponteiro foi lançado pela esquerda, driblou Leandrão e chutou a bola com estilo, rente à trave. Apesar de ter muito mais posse de bola, o Vila Sandra não conseguia chegar ao ataque com efetividade, abusando dos passes errados. Nos minutos finais, o XV voltou a ficar próximo do empate. Em chutes de Chuchu e Rodolfo, Adeílson apareceu de maneira espetacular praticando duas ótimas defesas. 

No intervalo, o técnico Marquinhos Franco tentou inflamar seus jogadores para buscar ao menos uma vitória no fechamento da primeira fase, já que os resultados das outras partidas não eram favoráveis ao Vila. Mas com apenas dois minutos, tudo foi por água abaixo graças ao chutaço cruzado de direita do camisa 10 do XV. Chuchu acertou o ângulo oposto de Adeílson empatando o jogo com um belo gol.


Ainda mais nervosos com o gol sofrido, a qualidade do futebol do Vila caiu, e a equipe passou a tentar usar o jogo aéreo, ponto forte da equipe. Aos 11, Zé desviou pra fora cobrança de falta de Tobias, e aos 14, Leandrão colocou a bola na rede, mas o bandeirinha assinalou o impedimento. Aos 30, o Vila teve sua última chance clara de gol, com Adriano, mas o zagueiro Elvis salvou a bola em cima da linha da meta defendida por Heron. Satisfeitos com o empate, o XV tentava atacar na velocidade de seus atacantes, especialmente Rodolfo, que se mostrou um grande velocista, além de ser um jogador que luta muito, não deixando de ajudar na marcação quando necessário. Nos minutos finais, com as duas equipes já bastante exaustas, faltou futebol e a partida caminhou para o seu fim em um justo empate em 1 a 1.

Vale ressaltar, que apesar da eliminação, o Vila Sandra realizou uma participação digna na maior competição estadual de futebol amador do Paraná. Talvez, com exceção da goleada sofrida diante do Fanático, a equipe alvinegra tenha apresentado o nível técnico que se esperava do elenco que possuía. Mas é bom abrir os olhos para a disputa da série A da Suburbana. Diferente da série B, em que o Vila sobrou, agora na elite, o buraco é mais embaixo. Nesta derradeira rodada, também é importante destacar o XV de Novembro, que se livrou da lanterna na última rodada e jogou os 90 minutos diante do Vila Sandra com um a menos, já que a equipe vinha com apenas 11 atletas, e o zagueiro Cézar sentiu a panturrilha durante o aquecimento. 

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

XV de Novembro: Heron, Zé Leão, Carlos, Juninho e Gabriel; Vinícius, João Henrique e Chuchu; Rodolfo e Iaiá.

Vila Sandra: Adeílson, Robinho, Leandrão, Merci e Dedé (Valdir); Guilherme, Gema (Tobias), Hantson e Leco (Pedro); Zé Ricardo e Adriano. T: Marquinhos Franco "Pateta".

FICHA TÉCNICA – XV DE NOVEMBRO 1 - 1 VILA SANDRA XXXXXXXXXX

Gols: Adriano, aos 16 minutos do 1º T para o Vila Sandra; Chuchu, aos 2 minutos do 2º T para o XV de Novembro.

Amarelos: Guiherme (Vila Sandra); João Henrique, Vinícius, Rodolfo e Iaiá (XV de Novembro).


__________________________________________

DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO