Iguaçu bate Aprovale por 2 a 0 e garante vaga nas semifinais da Taça Paraná


Na tarde deste domingo (4), o Iguaçu recebeu a Aprovale no Estádio Egídio Ricardo Pietrobelli pela sétima rodada da primeira fase da Taça Paraná. Os donos da casa se deram melhor com gols de Pablo e Luisinho Netto.

#TAÇA PARANÁ 2017
Por @bialimac

A última rodada da primeira fase começou com clara dominação Alvinegra. Na primeira chance da partida, o Iguaçu já caprichou e mandou pro fundo da rede. Aos 3', Pablo fez bela jogada pela direita, trocando passes com Douglas, que tocou para o camisa 9 finalizar na cara do gol. Dieison, aos 26', marcou o momento em que as coisas começaram a mudar em campo. O camisa 9 pegou bem na bola e chutou de primeira, chegando bem próximo de empatar a partida.

A partir daí, conforme os minutos iam passando, a equipe da Aprovale crescia, desafiando e dificultando a vitória dos anfitriões, que, até então, parecia estar garantida. Com 33', Edimar, da Aprovale, levou cartão amarelo, mas não quis aceitar a decisão do juiz Murilo Klein, protagonizando uma cena polêmica: o camisa 11 colou o nariz ao do árbitro enquanto gritava, sentindo-se injustiçado. Muitos dos presentes ficaram impressionados por Klein não ter expulsado o atacante.

Aliviando os ânimos, logo em seguida Dieison tentou com chute forte pela direita e a bola passou muito perto da trave esquerda de Rodrigo, mas saiu pela linha de fundo, sem grande perigo. No tempo que restou, os dois times tiveram poucas oportunidades significativas perto da área.


SEGUNDO TEMPO - A segunda etapa já iniciou com Edson, camisa 14 da Aprovale, arriscando ao cobrar falta direto para o gol, aos 2'. O goleiro Rodrigo defendeu sem muitas dificuldades, mas valeu o susto. Aos 13', Hideo, que estava jogando mais atrás, apareceu na partida pela primeira vez e tentou de longe, fazendo o goleiro Juliano trabalhar.

Após alterações nas duas equipes, tanto Aprovale quanto Iguaçu tiveram mais chances de gols, porém, na maioria delas, sem sucesso. Como aos 23', quando, após jogada pela direita, Juliano saiu para a defesa e não conseguiu voltar a tempo para pegar o chute de rebote de Juninho, mas o camisa 16, sozinho e de cara para o gol, chutou para fora. Dino, aos 31', aproveitou o espaço aberto e chutou um pouco depois da linha do meio de campo, fazendo o goleiro do Iguaçu se esticar para tirar a bola, que saiu raspando no travessão.

Aos 34', a chance ficou novamente com o Alvinegro: Quintino passou por todo mundo, tocou para Luisinho Netto, que entrou pela direita, driblou o goleiro e marcou o segundo gol do Iguaçu. A última chance foi com o atacante Marcelo Tamandaré, aos 38', que passou pela marcação e chutou cruzado pela direita. O camisa 10 fez tudo certo, mas errou a mira por pouco e a bola passou raspando na trave esquerda de Juliano.

Pouco depois desse lance, o árbitro deu cartão vermelho para Djonny, por carrinho em Pablo, aos 43'. Enquanto o camisa 9 do Iguaçu se contorcia de dor, os jogadores da Aprovale foram se reunindo em volta do juiz, reclamando da expulsão. A partir daí, começou um festival de cartões amarelos: o camisa 5, Wander, levou o segundo e foi expulso. Revoltados, alguns jogadores que estavam no banco invadiram o campo para se queixar com o árbitro. Um deles, Julio, camisa 76, acabou também amarelado. O camisa 77 Marcelinho continuou a reclamação e também tomou cartão.      

Menos de meio minuto depois dessa confusão, foi dado o apito que marcava o fim do jogo, que resultou em Iguaçu 2 x 0 Aprovale. A decisão dessa partida, somada aos outros resultados da rodada, fizeram com que o Iguaçu subisse de 3º para 2º colocado na tabela da Taça Paraná. Na próxima semana, o Alvinegro enfrenta o Bonato, em Porto Amazonas, pelas semifinais do campeonato.


OS ESCRETES XXXXXXXXXXX

IGUAÇU: 1 Rodrigo, 2 Luisinho Netto, 3 Douglão, 4 Emerson e 6 Dionata (16 Juninho), 5 Herick (10 Marcelo Tamandaré), 7 Feijão (19 Luan), 8 Helton (14 Caio), 11 Piki (18 Quintino), 20 Hideo (17 Rafinha) e 9 Pablo. Técnico: Juninho.

APROVALE: 1 Juliano, 2 Porco (14 Edson), 3 Djonny, 4 Bode, 5 Wander (16 Tiago); 15 Sapinho, 7 Alcemar, 10 Ivan Poleto, 8 Dino, 11 Edimar (18 Michael) e 9 Dieisson (77 Marcelinho). Técnico: Luis Carlos.

FICHA TÉCNICA: IGUAÇU 2 X 0 APROVALE XXXXXXXXXXXX

GOLS:  Pablo e Luisinho Netto (Iguaçu).
AMARELOS: Dionata, Edimar, Porco, Wander, Julio e Marcelinho (Aprovale); Luan (Iguaçu).
VERMELHOS: Djonny e Wander (Aprovale).
ÁRBITRO: Murilo Klein
ASSISTENTES: Wesley Marmitt (1) e  Reube Dobrychlop dos Reis (2)

MELHORES MOMENTOS (VÍDEO) XXXXXXXXXXXX



__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO