Em jogo truncado, Coritiba supera o Palmeiras e vence mais uma


Ontem (7) no Estádio Major Antonio Couto Pereira, o Coritiba recebeu o Palmeiras para o primeiro grande desafio da equipe em casa no Campeonato Brasileiro de 2017, válido pela 5ª rodada do certame. Diante de um apático time palmeirense, o Coxa soube se impor mais que o adversário e conseguiu o gol da vitória com Galdezani no início da segunda etapa. Com isso, o escrete alviverde curitibano segue entre os líderes da competição na quinta rodada. 

#SÉRIE A 2017
Por @JoaoHeim

O confronto de alviverdes começou equilibrado, com o Palmeiras tendo mais posse de bola e o Coritiba marcando adiantado. Quem chegou primeiro foi o time visitante, em escanteio aos 3', que teve sobra de bola e toque despretensioso para Felipe Melo, que apareceu livre e chutou para grande defesa de Wilson.  A pressão era toda dos paulistas, que conseguiram três escanteios em cinco minutos de jogo. Aos 6', Keno fez jogada pela esquerda e tocou para Michel Bastos, que chegou chutando de fora da área e mandou perto do gol. Enquanto que o Coritiba errou muitos passes na intermediária e com isso, proporcionou vários ataques ao Palmeiras. 

O coxa chegou pela primeira vez aos 8', mas não acertou o escanteio. A partir disso, os donos da casa começaram a chegar mais e ter mais a bola para trabalhar no meio de campo. O alviverde da casa quase chegou aos 16', quando Henrique Almeida recebeu cruzamento rasteiro da esquerda e passou da bola. Por isso, a equipe da casa conseguiu se lançar ao ataque, porém ainda errava muitos passes na hora de chegar aos atacantes, desperdiçando as oportunidades de gol.

Mas mesmo assim, o alviverde paranaense conseguiu controlar os ímpetos do adversário paulista e passou a estar mais próximo do gol, apesar das poucas chances criadas com real perigo. Aos 31' apenas, o Palmeiras voltou a chegar em escanteio, mas a defesa coxa branca estava bem postada e conseguiu aliviar os perigos. No lance seguinte, sobra de bola para Michel Bastos, que pegou de primeira e fez Wilson trabalhar. 

Minutos depois, aos 35', falta frontal para o Coritiba. Na cobrança, Tiago Real mandou com perigo e a bola passou tirando tinta do travessão, obrigando Fernando Prass a se esticar para evitar o gol. A pressão do Coritiba persistiu e aos 38', quase o coxa chegou de novo, em cruzamento de Tiago Real que foi desviado e Kleber cabeceou para defesa de Prass. Mas nada que alterasse o placar da primeira etapa, em 0 a 0.



SEGUNDO TEMPO A segunda etapa começou da mesma maneira que terminou a primeira, com mais posse do coxa e presença no ataque. Aos 5', grande lançamento da defesa para Galdezani, que apareceu livre de marcação no ataque, avançou para a área e com a bola quicando tocou fora do alcance de Fernando Prass, 1 a 0 coxa.  Com o gol, o Coritiba cresceu mais ainda na partida e evitou que o alviverde paulista chegasse próximo a meta de Wilson. Cuca colocou Raphael Veiga, ex-coxa, para tentar melhorar a criação do Palmeiras após o gol. Mas a partida seguiu truncada e os lances de perigo pararam de acontecer. O Palmeiras não conseguia trocar passes e o Coritiba errou muito quando foi ao ataque. 

A partida amornou e as paradas para atendimentos ajudaram, inclusive havendo saída de Galdezani da partida depois de sentir em um lance. O Coritiba tratou de segurar mais o jogo, enquanto o Palmeiras tentou encontrar espaços na defesa adversária. Mas foi o Coritiba que chegou próximo do segundo gol. Grande jogada de Tiago Real para Iago Dias, que chegou no cruzamento rasteiro do outro lado da área e perdeu grande chance de matar o jogo, chutando pra fora na diagonal de Fernando Prass aos 34'. Aos 37', falta perigosa quase na linha de fundo no canto esquerdo. Tiago Real cobrou com curva e Fernando Prass tirou bem no desvio. 

Nos minutos finais, falha de Fernando Prass, que entregou a bola para Kleber. O atacante dominou no susto e acabou perdendo a posse e a chance clara de gol apenas com o goleiro na frente dele. Aos 45', cruzamento na área e Hioran chutou para defesa de Wilson, quase empatando o jogo no apagar das luzes. Cinco minutos depois, o árbitro decretou o final do embate e com vitória simples do escrete do Coritiba.


OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Coritiba: 84 Wilson; 98 Dodô, 34 Werley, 76 Márci e 66 William Matheus;, 5 Alan Santos, 20 Galdezani (27 Jonas) e 8 Tiago Real; 11 Rildo (21 Walisson Maia), 91 Henrique Almeida (7 Iago Dias) e 83 Kleber. Tec. Pachequinho.

Palmeiras: 1 Fernando Prass; 6 Egídio (28 Hioran), 4 Juninho, 25 Antonio Carlos e 12 Mayke (23 Roger Guedes); 21 Tiago Santos (20 Rafael Veiga), 8 Tche Tchê e 30 Felipe Melo; 27 Keno, 29 Willian e 15 Michel Bastos. Tec. Cuca.

FICHA TÉCNICA: CORITIBA 1 X 0 PALMEIRAS XXXXXXXXXXX

Gols: Galdezani aos 6' do 2º tempo (Coritiba)

Cartões amarelos:  11 Rildo, Márcio, Tiago Santos, Galdezani, Felipe Melo, Antonio Carlos

CONFIRA O ÁLBUM DE FOTOS DA PARTIDA XXXXXXXXXXX

BRASILEIRÃO 2017 5ª RODADA CORITIBA 1X0 PALMEIRAS
__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO