Em Atuação Digna de Lanterna, Atlético Perde Para o Santos na Arena


Na noite do último domingo (11), o Furacão foi derrotada por 2 a 0 pelo Santos, na Arena da Baixada. Os gols do Peixe foram marcados pelo atacante Kayke. Com um contra-ataque afiado, a equipe santista foi pragmática e matou a partida. Já o Atlético, pouco produziu, sentiu os gols do Santos e saiu vaiado da Arena.

#BRASILEIRÃO SÉRIE A                                                       
                                                                                             Por: @leodulcio

Logo no começo da partida, o Atlético foi para cima e quase abriu o placar com um bonito chute de Lucho Gonzalez. Após este lance a proposta de contra-ataque imposta pelo Santos se encaixou e com 26’ a equipe da baixada santista abriu o placar. Após Rosseto perder uma bola no meio campo, o atacante Bruno Henrique arrancou e tocou para Thiago Maia invadir a área e cruzar para o centroavante Kayke só completar para o fundo do barbante do Furacão.

Aos 34’ o Atlético chegou perto do gol de empate. Nikão recebeu na ponta direita, limpou a jogada para dentro e soltou uma bomba que desviou em Victor Bueno e obrigou Vanderlei a fazer uma bela defesa. No minuto seguinte, o Peixe ampliou o placar. Após outra jogada de contra-ataque, Bruno Henrique arrancou, invadiu a área e cruzou para Kayke tocar no canto de Santos que nada pode fazer. Na sequência do primeiro tempo o Atlético seguiu com dificuldades para propor o jogo e pouco chegou na meta de Vanderlei. 

SEGUNDO TEMPO - O Furacão voltou do intervalo com duas mudanças para aumentar a ofensividade da equipe, entraram Grafite e Ederson no lugar de Matheus Rosseto e Douglas Coutinho. De início, as mudanças surtiram efeito e o Atlético pressionou o Santos. Logo aos 4’ Ederson cobrou uma falta que passou muito perto da meta de Vanderlei. Com 12’ o Atlético teve um gol anulado. Após uma boa cobrança de falta de Nikão, Lucho cabeceou e fez, mas foi flagrado pelo auxiliar em posição irregular. Aos 20’ o Furacão teve mais um gol bem anulado. Nikão cobrou bem o escanteio a bola desviou em Pablo e sobrou para Grafite completar para as redes, novamente o bandeira viu o atleta Rubro-negro em posição de impedimento. 

No decorrer do segundo tempo as vaias da torcida aumentaram e o nervosismo tomava conta dos atletas do Furacão, que produziu pouco e novamente saiu derrotado da Arena da Baixada. Com a derrota o Atlético segue na lanterna do Campeonato Brasileiro, já o Peixe conquista sua segunda vitória no certame e assume a nona colocação. Na próxima rodada, o Furacão visita o Atlético Mineiro e o Santos recebe o Palmeiras na Vila Belmiro.

(Foto: Site Oficial Atlético-PR)
OS ESCRETES XXXXXXXXXX

ATLÉTICO PARANAENSE: 01- Santos; 02- Jonathan; 44- Thiago Heleno; 13- Paulo André; 08- Sidcley; 07- Otávio; 20- Rosseto (23- Grafite); 03- Lucho Gonzalez; 11- Nikão; 77- Douglas Coutinho (91- Ederson) e 92- Pablo (10- Felipe Gedoz). TÉCNICO: Eduardo Baptista.

SANTOS: 01- Wanderlei; 38- Daniel Guedes; 28- Lucas Verissimo; 14-David Braz; 39- Jean Mota; 29- Thiago Maia (05- Alisson); 08- Renato; 07- Victor Bueno (31- Cleber); 27- Bruno Henrique; 36- Copete e 11- Kayke (30- Leandro Donizete). TÉCNICO: Elano.

FICHA TÉCNICA - ATLÉTICO-PR 0 X 2 SANTOS XXXXXXXXXX

GOLS: Santos: 26’ e 35’/1°T Kayke.
AMARELOS: Atlético: Paulo André. Santos: Daniel Guedes.
VERMELHOS: Santos: Daniel Guedes.
__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO