Bangú vence Uberlândia e se aproxima dos lideres


Na tarde fria deste sábado (10), Uberlândia e Bangú jogaram em confronto válido pela 8º rodada da Copa de Futebol Amador da Capital no Estádio José Drulla Sobrinho. Em confronto direto na busca pelas primeiras colocações do certame, o escrete do Bangú saiu na frente logo no início, segurou a pressão do Uber e no segundo tempo matou o jogo em dois contra ataques. Com este resultado, o time do Bangú passa o Uber na tábua de classificação e alimenta o sonho das primeiras colocações.

#COPINHA 2017
Por Adson Lima

PRIMEIRO TEMPO - O embate começou com o escrete banguense ofensivo diante do Uberlândia. Logo no primeiro minuto o meia Joãozinho cobrou escanteio e, com a ajuda do goleiro Gaúcho, a bola entrou direito para o gol, inaugurando o placar do José Drulla Sobrinho. Mesmo após o gol, o Bangú continuou criando as melhores chances, em bola pela direita, Diego chutou e a bola passa perto da meta.

O Uberlândia foi ter sua primeira chance de perigo aos 13’, com falta pela direita cobrada por Luan, mas a bola passou por cima da meta do goleiro Ricardo. O Uber continuou no ataque: em boa jogada individual pela esquerda, Alan invade a área, mas chuta pra fora levando perigo. Aos 29’, Mineiro chutou de fora da área tentando surpreender o goleiro, mas a bola passa por cima do gol. Ainda na busca do empate, Luan pegou sobra de bola aos 36’ e chutou forte, na sequência do lance Alex isolou a bola.

No final do primeiro tempo, aos 46’, o Bangú voltou a atacar. Em falta pela direita, Joãozinho levantou bola na área e o goleiro Gaúcho pegou firme. No contra golpe, Luan cruzou na área e Kiki cabeceou, mas o zagueiro tirou pra escanteio em cima da linha, lance no qual o time da Vila Formosa reclamou de toque na mão.



SEGUNDO TEMPO - A segunda etapa começou como terminou a primeira, com o Uber em cima do Bangú. Logo aos 6’ após um escanteio pela direita, bate rebate na área; a bola sobrou e Luan chutou bola no travessão. Aos 8’ Mineiro chutou de fora da área e a bola passou perto. Tentando sair da pressão imposta pelo Uber, o Bangú saiu em contra ataque. Joãozinho fez jogada individual, saiu da marcação e chutou pra fora. O camisa 10 apareceu novamente aos 11', lançando para fumaça que finalizou pra fora.

A bola insistia em não entrar. Aos 23’ Juliano levou muito perigo à meta do goleiro Ricardo em cobrança de falta. Três minutos depois, Dinda recebeu cruzamento da direita e chutou de primeira por cima do gol. Nessa hora valeu o velho jargão, "quem não faz, toma". Aos 31’ o Bangú desceu pela esquerda, Neguinho recebeu na área e tocou na saída de Gaúcho, ampliando o placar pra equipe Rubra Negra.

Aos 36’ o time da Vila Formosa tentou correr atrás do prejuízo: Mineiro deu um belo chute de fora da área e o goleiro Ricardo fez ótima defesa, espalmando pela linha de fundo. Mesmo rondando a área em várias oportunidades, esse foi o último lance de perigo do Uber no jogo. No apagar das luzes, aos 48’, Joãozinho em um contra ataque recebeu a bola na área e tocou no canto superior do arqueiro do Gaúcho, garantindo a vitória do escrete do Bangú sobre o Uberlândia por 3 a 0.



OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

BANGÚ: 1 Ricardo, 2 Ronan, 3 Bruno, 4 Paulo Sergio, 5 Samuca, 6 Diogo, 7 Diego, 8 Betinho (14 Tiago), 9 Juninho (15 Neguinho), 10 Joãozinho, 11 Fumaça (17 Nelson). Técnico: Jeferson Souza.

UBERLÂNDIA: 1 Gaúcho, 2 L. Santos, 3 Denis, 4 Alex Paiva, 5 Nepo, 6 Alan, 7 Kiki (17 Paulinho), 9 Dinda, 10 Luan, 11 Mineiro, 19 Juliano. Técnico: Joãozinho Ribeiro.

FICHA TÉCNICA - BANGÚ 3 X 0 UBERLÂNDIA XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

GOLS: Joãozinho a 1' do 1°T e aos 48' do 2°T; Neguinho aos 31' do 2°T (Bangú).
AMARELOS: Diego e Diogo (Bangú).
ÁRBITRO: Gustavo Nogas.
ASSISTENTES: Daniel Carvalho (1) e Reube Dobrychlop dos Reis (2).


__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO