Uberlândia faz partida segura e goleia Santíssima Trindade por 4 a 0


Pela terceira rodada da Copinha, o Uberlândia encarou o Santíssima Trindade no estádio Ricardo Halick no último sábado (6). A equipe da Vila Formosa mostrou serviço e aproveitou a vantagem numérica e conseguiu um bom resultado para a sequência da competição.

#COPINHA 2017
Por João Heim

A equipe do Cajuru compareceu apenas com dez jogadores em campo, o que fez com que o Santíssima Trindade já iniciasse a partida sob pressão do Uberlândia. A equipe jogava nos contra golpes e esperava o adversário propor o jogo. O Uber tentava, mas a defesa do Santíssima dava poucos espaços.

A primeira chance do Uberlândia veio na bola parada aos 11'. Falta cobrada na esquerda, que sobrou com Juliano no lado direito da área, mas o chute do lateral foi bloqueado. Aos 15' Luan Helias tentou uma bicicleta, mas o goleiro ajeitou no peito e defendeu tranquilo.

Com 20', falta perigosa e Rodolfo cobrou. Não houve desvios e o goleiro Giraia defendeu bem. Grande jogada de Tom para Lelo, que chegou chutando na entrada da área e a bola passou perigosa por cima do gol aos 22'.

Aos 25' Luan Helias recebeu na entrada da área, puxou para o lado e chutou rasteiro para boa defesa do goleiro Juliano. Aos 29' Luan tentou o cruzamento da direita e a bola enganou o goleiro, entrando direto no gol, placar aberto em favor do Uber.

A partida ficou cadenciada e sem muitos perigos para os dois lados. Faltava mais iniciativa do Santíssima Trindade e o Uberlândia tinha o controle do jogo, que aos 37’ aproveitou para ampliar: Falta perigosa pelo lado direito, próxima à área; Juliano cobrou e Dinda desviou para marcar.


SEGUNDO TEMPO - Na volta do intervalo o Uberlândia começou mais adiantado e procurando mais o jogo. Mas quem chegou antes foi o adversário. Nicolas avançou da intermediária e chutou para boa defesa de Giraia aos 2'. Aos 8', falta frontal perto da meia lua da área. Luan Helias cobrou, mas a bola passou do lado do gol.

Aos 14', saída errada do goleiro e a bola sobrou para Juliano, que de longe arriscou o chute e encobriu o xará goleiro para fazer 3 a 0. O autor do gol arriscou de longe aos 18', mas dessa vez o Juliano do Cajuru fez boa defesa.

Aos 25', Luan Helias recebeu lançamento no meio da área e chutou de primeira, mas por cima do gol. O camisa 10 do Uber teve outra chance em uma cobrança de falta de longe, a redonda passou próxima do gol de Juliano. O Uberlândia chegava mais nas bolas paradas, até pelo excesso de faltas do Santíssima Trindade na partida.


O Santíssima tentava as jogadas nos contra golpes e buscava chegar até a linha de fundo para aproveitar ao menos os escanteios. Aos 36', quando não havia muita emoção na partida, a bola sobrou para Kiki, que de frente para o gol não desperdiçou, 4 a 0 Uberlândia.

Em uma das chances do Santíssima, Baiano tentou cruzar na área e Giraia foi obrigado a fazer boa defesa para evitar o gol de honra aos 41'. A última chance da partida veio em uma sobra de bola aos 43', Carlão chutou e levou perigo, mas não mudou o placar final. No Ricardo Halick, Uberlândia 4 Santíssima Trindade 0.


OS ESCRETES xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

UBERLÂNDIA: 1 Giraia, 19 Juliano, 3 Luan, 4 Alex, 5 Thiagão, 6 Alan (17 Carlão), 7 Kiki, 8 Denis, 9 Dinda (15 Marlon), 10 Luan Helias e 11 Iza.
Técnico: Joãozinho Ribeiro.

SANTÍSSIMA TRINDADE: 1 Juliano, 2 Baiano, 13 Anderson, 6 Dil, 7 Diagonal, 8 Lelo, 9 Nicolas, 10 Rodolfo, 11 Tom e 16 Wesley.
Técnico: Oscar.

GOLS: Luan aos 29’ e Dinda aos 37’ do 1°T; Juliano aos 14’ e Kiki aos 36’ do 2° tempo (Uberlândia).


AMARELOS: Tom, Juliano, Rodolfo, Dil e Nicolas (Trindade); Luan Helias e Denis (Uberlândia).

__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO