Imperial goleia União Ahú e segue na liderança da Copinha


Em jogo válido pela 3° rodada da Copinha do Amador, o Imperial visitou o União Ahú no estádio Ricardo Halick. O tricolor do Mossunguê buscava se manter 100% na competição, enquanto que o Ahú queria uma vitória para respirar na competição. O que se viu foi uma sonora goleada, com ampla superioridade dos visitantes.

#COPINHA 2017
Por Arthur Henrique

O jogo iniciou com pressão do Imperial, que tinha grande volume de jogo. A distribuição de jogadas partia pelas laterais e o avanço consistia em velocidade e bons passes.

Aos 15' o zagueiro do União Ahú Vivi fez falta dura a entrada da área e tomou um amarelo. Na continuação do lance a bola foi levantada pra área, o goleiro espalmou na marca do pênalti, mas lá estava Fernandinho, que deu um tapa com classe para abrir o placar. Após o gol o jogo esfriou, o Imperial congestionou a saída de bola do Ahú e a partida ficou travada porque nem o mandante nem o tricolor do Mossunguê tinha efetividade.

Aos 35' Guilherme avançou na área do Imperial, o zagueiro Lele chegu pesado, com muita força em uma paulistinha no atacante adversário. Penalti marcado para o União Ahú. Na cobrança o mesmo Guilherme partiu para a cobrança, mas o goleiro Julio se agigantou sob as traves e agarrou.


SEGUNDO TEMPO - A volta do intervalo não revelou grandes mudanças no âmbito geral, mas sim no posicionamento. Enquanto na primeira etapa a participação dos meias era fundamental no avanço pelas pontas, no segundo tempo o lateral direito Galo participou ativamente e Denis ganhou mais espaço para a finalização, com boas chances nos minutos iniciais.

Aos 13' a melhor chance de Denis: bola cruzada na área, que quicou em frente ao pé dele, mas na hora da batida a redonda saiu fraquinha; mesmo assim Mauricio fez grande defesa. No minuto seguinte Caique recebeu livre na entrada da área e bateu com firmeza pra ampliar o placar. Prova da grande pressão que o Imperial imprimiu no segundo tempo.

Após o gol, Galo deu um grande passe para Denis, mais uma vez, tocar para o gol, desta vez uma tentativa de cobertura, que passou do goleiro, mas não do zagueiro, que evitou o que seria o terceiro gol do tricolor. Para mostrar a evolução da lateral-direita, Galo recebeu livre aos 26', fintou o zagueiro e bateu para o gol, tirando tinta da trave. 

O terceiro do Imperial veio aos 29', com Adson, que limpou meio time e na hora de bater para o gol parou, pensou e deu um toque frio para o fundo da rede. O Ahú saiu do zero pouco depois, aos 32', com belo passe Guilherme para Romildo bater e contar com um quique que matou o goleiro Julio.

Quando o time da casa estava crescendo no jogo, Caique recebeu na entrada da área mais uma vez e lutou pela bola, dando um toque muito preciso, suficiente para que a redonda entrasse em câmera lenta. Final no Ricardo Halick, Imperial 4 União Ahú 1.


O Imperial continua 100% na competição, mas ainda apresenta muitos erros defensivos e isso pode resultar em problemas na hora que enfrentar times mais ofensivos. Já o União Ahú precisa repensar seu esquema tático depois da apresentação de hoje.

OS ESCRETES xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

UNIÃO AHÚ:  1 Maurício; 2 Vivi, 3 Betinho(21 Fábio), 4 Fred, 5 Thiago Negão, 6 Pedrinho, 7 Luciano (15 Cleber), 8 Diogo, 9 Clé(16 Stanley), 10 Som e 11 Guilherme. Técnico: Marcelo Leoncio.

IMPERIAL: 1 Julio; 2 Galo, 3 Edson, 4 Lele, 5 Giovani, 6 Adson, 7 Juliano, 8 Caique, 9 Fernandinho, 10 Douglinhas e 11 Denis. Técnico: Pastor Serafim.

__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO