Em noite pragmática, Paraná Clube vence o Goiás na Vila

Na noite da última terça-feira (16) o tricolor recebeu o Goiás na Vila Capanema e venceu por 2 a 0. Os gols foram marcados por Minho e Renatinho. O tricolor foi eficiente nas chances que teve e pouco sofreu com o ataque goiano que se limitou a pressionar durante o segundo tempo quando já estava atrás do placar.

#SÉRIE B
Por Leonardo Dulcio

A partida começou fria como a temperatura na capital paranaense, os donos da casa tentavam se impor, mas esbarravam na boa marcação da equipe do Goiás. Mas aos 9’ o tricolor chegou com uma bola parada. Boa cobrança de escanteio de Renatinho, na cabeça de Rayan que cabeceou por cima da meta. Com 12’ o Paraná assustou novamente. Boa cobrança de falta de Biteco, o meia Gabriel Dias cutucou de cabeça por cima do gol. Com 14’ o Goias respondeu. Após Cristovam dominar mal a bola, Leo Sena roubou e finalizou com perigo na meta tricolor.


Mas aos 15’ o Paraná abriu o placar, após boa jogada pelo lado direito, Biteco cruzou, a zaga afastou nos pés de Minho no segundo poste que fuzilou para o fundo das redes de Marcelo Rangel, 1 a 0 para o tricolor. Depois do gol, a partida ficou truncada no meio campo, com ambas as equipes errando passes e criando pouco e assim foi até o apito do árbitro para o fim da primeira etapa.



SEGUNDO TEMPO – A equipe visitante voltou do intervalo com uma mudança, saiu Everton Sena machucado, para entrada de Felipe Macedo. Com 3’ o Paraná quase ampliou. Após boa jogada, Gabriel Dias invadiu a área e soltou uma bomba em cima do defensor, no rebote Biteco finalizou mal em cima do zagueiro. Com 7’ o Goiás teve um gol anulado. Carlos Eduardo recebeu sozinho na cara de Leo e finalizou bonito no canto esquerdo do goleiro paranista. Porém, foi flagrado pelo bandeirinha em posição irregular. Com 15’ o Paraná perdeu uma chance incrível. Renatinho lançou uma bola incrível para Pedro no costado da zaga, o atacante arrancou até a área e cara a cara com Marcelo Rangel, finalizou nas mãos do goleiro da equipe goiana. A equipe visitante avançou suas linhas em busca do empate e com 17’ quase marcou após uma boa cobrança de escanteio, Leo Gamalho subiu mais que a zaga e cabeceou para fora.

Já aos 19’ o tricolor teve um gol anulado. Após belo escanteio cobrado por Biteco, Brock deu uma casquinha a bola tocou na trava antes de morrer no fundo das redes. Mas o árbitro assinalou uma falta do defensor paranista e anulou o gol. Aos 22’ o tricolor teve uma chance de bola parada. Biteco cobrou a falta da intermediaria e a bola caprichosamente explodiu no travessão. Parecia replay, com 24’ agora foi a vez de Renatinho cobrar uma falta e obrigar o goleiro Marcelo Rangel a fazer uma bela defesa. Com 29’ os visitantes quase conseguiram o empate. Leo Gamalho recebeu na esquerda, quase sem ângulo, mas finalizou forte para boa defesa de Leo.

Com 44’ o Paraná ampliou o placar com um belo gol. Felipe Alves deu uma assistência perfeita para Renatinho invadir a área e cutucar por cobertura pro fundo do gol e fazer 2 a 0 para o tricolor. Após a pintura de Renatinho, o árbitro decretou o fim da partida e o torcedor tricolor foi embora feliz da Vila. Com a vitória o Paraná chega a 4 pontos no Campeonato Brasileiro da Série B, já o Goiás segue sem vencer com zero pontos. O próximo desafio do tricolor pela Série B é na próxima sexta (19) contra o Paysandu, na Vila Capanema.

















           
OS ESCRETES xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

PARANÁ CLUBE: 01- Leo; 02- Cristovam; 03- Wallace; 04- Eduardo Brock; 06- Rayan; 05- Jhony; 08- Gabriel Dias (15- Leandro Vilela); 07- Minho (20- Felipe Alves); 11- Guilherme Biteco; 10- Renatinho; 09- Pedro (19- Róbson). Técnico: Cristian de Souza

GOIÁS: 01- Marcelo Rangel; 02- Pedro Bambu; 14- Everton Sena (23- Felipe Macedo); 04- Alex Alves; 06- Patrick; 05- Willians; 21- Toró (10- Jean Carlos); 20- Leo Sena (16- Juan); 11- Tiago Luis; 07- Carlos Eduardo; 09- Leo Gamalho. Técnico: Sergio Soares

FICHA TÉCNICA XXXXXXXXXX

GOLS: Paraná Clube: 15'/1°T Minho; 44'/2°T Renatinho.

CA: Paraná Clube: Wallace; Eduardo Brock. Guilherme Biteco. Goiás: Toró; Felipe Macedo.

PÚBLICO E RENDA: Público: 3.297 torcedores; Renda: R$ 45.015,00

ARBITRAGEM: Devarly Lira do Rosario (CBF-ES); Fabiano da Silva Ramirez (CBF-ES) e Edson Gilserio dos Santos (CBF-ES).

__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO