Em noite de falhas defensivas, Atlético é derrotado pelo San Lorenzo na Baixada


Na noite desta quarta-feira (03) o Furacão jogou mal foi derrotado pelo San Lorenzo. Em partida cirúrgica, os visitantes fizeram 3 a 0 pra cima do Atlético, na Arena da Baixada. Os gols foram marcados por Diaz, Blandi e Mussis. A equipe do Atlético pouco produziu durante os 90 minutos e sofreu com falhas defensivas que decretaram a derrota em casa para os argentinos.

#LIBERTADORES 2017
Por Leonardo Dulcio

A partida começou muito equilibrada com a equipe visitante precisando buscar o resultado. Logo aos 10’ Cerutti finalizou bem contra a meta de Weverton e a bola foi para fora. Mas com 13’, o goleiro Weverton não teve chances contra a cabeçada de Diaz e os argentinos saíram na frente na Arena. Após sofrer o gol, o Atlético fez bastante pressão nos visitantes e com 23’ Nikão cobrou falta perigosa contra a barreira. Com 26’ Thiago Heleno deu um susto na torcida rubro-negra, errou um passe no círculo do meio campo e quase armou o contra-ataque do San Lorenzo, não fosse Paulo André chegar para corte.

Com 37’ Paulo André fez lindo lançamento para Nikão dentro da área. O meia atleticano sairia cara a cara com o goleiro Navarro, porém, não alcançou e a bola morreu nos peitos do goleiro argentino. Furacão pressionou no primeiro tempo, mas foi pouco efetivo e foi para os vestiários com o placar desfavorável de 1 a 0 para os visitantes.


SEGUNDO TEMPO - Na volta do intervalo, o técnico Paulo Autuori fez duas mudanças, entraram Felipe Gedoz e Pablo e saíram Douglas Coutinho e Matheus Rosseto. E logo com 5’, o Furacão foi para cima. Após boa inversão de Nikão para Sidcley. O lateral dominou limpando o defensor e soltou uma bomba nas redes do lado de fora de Navarro.

Com 8’, Nikão limpou para a perna esquerda e soltou uma bomba da intermediária, a bola passou tirando tinta da meta dos argentinos. Com 22’ os argentinos ampliaram o placar. Após bom cruzamento de Belluschi, Blandi cutucou de cabeça e fez o segundo do San Lorenzo. Já no apagar das luzes, aos 46’, Mussis fez o terceiro decretou a vitória para os visitantes.

Com a vitória, os argentinos embolaram o Grupo 4 da Conmebol Bridgestone Libertadores e chegaram a 7 pontos. Na próxima rodada, o San Lorenzo recebe o Flamengo no Nuevo Gasometro e o Atlético viaja até o Chile enfrentar a Universidad Católica.


OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

ATLÉTICO PARANAENSE: 12- Weverton; 15- Zé Ivaldo; 04- Thiago Heleno; 13- Paulo André; 06- Sidcley; 07- Otávio; 20- Matheus Rosseto (08- Pablo); 03- Lucho Gonzalez (23- Grafite); 11- Nikão; 28- Douglas Coutinho (10- Felipe Gedoz); 29- Eduardo da Silva. Técnico: Paulo Autuori.

SAN LORENZO: 22- Navarro; 17- Diaz; 02- Angeleri; 06- Caruzzo; 27- Rojas; 30- Merlini (04- Coloccini); 16- Belluschi; 20- Ortigoza (05- Mercier); 07- Mussis; 11- Cerutti (19- Botta); 09- Blandi. Técnico: Diego Aguirre.

FICHA TÉCNICA: ATLÉTICO 0 X 3 SAN LORENZO XXXXXXXXXXXXXX

GOLS: San Lorenzo: 13’/1°T Diaz; 22’/2°T Blandi.
CA: Atlético: Thiago Heleno. San Lorenzo: Diaz, Rojas.
PÚBLICO E RENDA: 25.387 torcedores; R$ 476.905,00.
ARBITRAGEM: Wilmar Roldan (COL); Alexandre Guzman (COL) e Cristian De La Cruz (COL).


__________________________________________


DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO