Atalanta vence Vila Sandra por 3 a 1 e conquista classificação antecipada na Taça Paraná


Em confronto direto pela classificação à próxima fase da Taça Paraná, Vila Sandra e Atalanta se enfrentaram no Estádio Ozório Claudino de Barros. Depois de um primeiro tempo perfeito, o Vila Sandra caiu de produção e o Atalanta voltou com tudo para a segunda etapa, virando o jogo para 3 a 1, e conquistando a classificação antecipada, deixando o Vila Sandra em situação delicada.

#TAÇA PR
Por Yuri Casari

Com os dois times precisando do resultado para chegar à ultima rodada de primeira fase em uma situação mais confortável, a partida começou bastante truncada e com lances duros. Em um jogo tão pegado, não espantou que o primeiro lance de perigo tenha saído de bola parada. O camisa 10 do Atalanta, Jader, bateu forte em cobrança de falta e a bola passou por cima do gol. No minuto seguinte, novo lance ofensivo do Atalanta com Jader, e no rebote Juliano quase marca. Na sequência, o time aurinegro teve mais uma chance em escanteio, na cabeçada de Daniel que saiu pela linha de fundo.

O Vila Sandra não começou tão bem, mas quando acordou levou muito perigo ao gol de Samuel. A bola chegou no pé de Zé Ricardo, o “Super Zé”, que ajeitou e bateu rasteiro de direita e a bola beijou a trave. Aos 10, foi a vez de Leco arriscar o chute de fora da área, mas a bola desviou na defesa e saiu para escanteio. Esses dois lances deram início a uma pequena blitz do Vila Sandra na área adversária, em que o alvinegro tentou chegar ao gol através de seguidos cruzamentos pelo alto e bolas longas pelo meio. Aos 15 minutos, Vinícius cobrou falta na área, Zé Ricardo escorou de cabeça, Edmar finalizou e Samuel fez uma espetacular defesa em cima da linha, mas no rebote, Tobias encheu o pé e estufou a rede abrindo o placar.

Após sofrer o gol, aos 18, o Atalanta chegou com Jáder, que deu um sem-pulo, mas Bruno fez segura defesa. Nada que fizesse o Vila Sandra perder o controle do jogo, com especial destaque a Zé Ricardo, que não se limitava a fazer o pivô e ajudava também na criação das jogadas. De novo na bola parada, aos 27, o Atalanta voltou a finalizar com Paulinho, que desviou de cabeça cobrança de falta executada por Jáder.

Aos 31, nova sequência de lances do Vila. Tobias chutou de fora da área e Samuel segurou firme. Em seguida, em cobrança de escanteio, Carlinhos e Adriano dividiram pelo alto e o goleiro do Atalanta fez nova defesa. Aos 33, o zagueiro Hudson falhou e Leco avançou pela direita em direção ao gol. Entre chutar e dar o passe, o camisa 10 alvinegro tentou o passe para Adriano e a bola acabou indo pela linha de fundo.  Já na reta final da primeira etapa, aos 43, Tobias levantou na área e Carlinhos desviou para o próprio patrimônio dando um susto no time de São José dos Pinhais.  


SEGUNDO TEMPO - O segundo tempo iniciou com a mesma tendência do primeiro, tendo o Vila Sandra com um desempenho melhor. Aos 8 minutos, Zé Ricardo ficou próximo de deixar sua marca, mas mandou a bola pra fora. Porém, o Atalanta encontrou um gol aos 9 minutos. Após sobra de bola pra fora da área, Daniel emendou um chutaço, a bola bateu no travessão, quicou dentro do gol e voltou para fora, mas o auxiliar estava bem posicionado e validou o gol que recolocou o Atalanta no jogo.

Após o gol sofrido, mesmo tendo posse de bola maior, o time do Vila Sandra passou a exagerar nos lançamentos ao invés de tentar colocar a bola no chão, e com isso, o jogo caiu muito de qualidade de um tempo para o outro. E o Vila acabou pagando pela falta de objetividade. Depois de boa jogada individual de Romarinho, a bola sobrou para Clé que bateu forte de fora da área e marcou um golaço virando o placar aos 21 minutos. A partir daí, o Atalanta percebeu que o lado esquerdo era um bom caminho e passou a explorar a habilidade de Romarinho para atacar o Vila Sandra.

Aos 29, o Vila teve boa chance de empate em falta cobrada por André Tobias, que tentou bater no canto oposto, mas a bola viajou pra fora. Mas foi aos 30 que o grito de gol ficou mesmo engasgado, quando depois de bate-rebate a bola sobrou para Adriano, que chutou mas foi parado por uma defesaça de Samuel. Mas quando o empate parecia estar ficando maduro, o Atalanta criou um contra-ataque fulminante, Jáder lançou Romarinho que disparou com liberdade em direção a Bruno e finalizou com precisão na saída do arqueiro, dando números finais ao confronto, que garantiu a classificação para o Atalanta e deixou o Vila Sandra com a necessidade de golear o XV de Novembro de Colombo na última rodada, e ainda torcer por resultados negativos de Iguaçú ou Bonato.


OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Vila Sandra: Bruno, Robinho (Piwi), Leandro, Vinícius e Dedé (Guilherme); Tobias, Gema (Hantson), Edmar (Gê) e Leco (Pedro); Adriano e Zé Ricardo. T: Marcos Franco “Pateta”.

Atalanta: Samuel, Clé, Carlinhos (Juliano II), Hudson e Jean Eduardo (Passarinho); Ednaldo (Ricardo), Paulinho (Fernandinho), Daniel e Jader; Juliano (Batoré) e Romarinho (Henrique). T: Valdemar Cremona “Vardo”.

Gols: Tobias aos 15 do 1º tempo; Daniel aos 9’, Clé aos 21’ e Romarinho aos 34’ do 2ºtempo.

Cartões amarelos: Leandro (Vila Sandra) e Carlinhos (Atalanta)

MELHORES MOMENTOS (VÍDEO) XXXXXXXXXXX



__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO