Fanático vence o Novo Mundo em último teste antes da Taça Paraná



Atual bicampeão da Taça Paraná, o Fanático de Campo Largo entra mais uma vez como um dos candidatos ao troféu estadual. Sob o comando de Leandro Chibior, o Tricolor da Capital da Louça possui uma base experiente e de qualidade, e neste sábado (1º), enfrentou o Novo Mundo, reformulado e liderado por Altevir Sales, que retorna ao futebol amador após três anos longe do cargo de treinador.

#FUTEBOL AMADOR
Por Yuri Casari

Na Arena Vermelha, o Novo Mundo recebeu o Fanático de Campo Largo em amistoso preparatório. A equipe da casa está iniciando um trabalho do zero, ainda avaliando atletas, e não disputará nenhuma competição no primeiro semestre, preferindo focar todos os esforços para a disputa da Suburbana no segundo semestre. Já o Fanático, vai encerrando os preparativos para encarar a Taça Paraná, competição da qual já venceu oito vezes, entre elas as duas últimas edições (2015 e 2016). Algo que une as duas equipes é o fato de que ambos sofreram mudanças na comissão técnica. Enquanto no alvirrubro Altevir Sles assume o lugar deixado por Ivo Petry, que partiu rumo ao Trieste, no tricolor Leandro Chibior substituiu Juninho, que segue no Iguaçu.

Mais bem entrosado e treinando há mais tempo, o Fanático começou controlando bem o jogo, apresentando uma equipe bastante qualificada e de muito toque de bola. No elenco encontram-se nomes que já jogaram pelo clube no ano passado, como Marabá, Aroldo e Massai (que passaram pelo Quitéria) e Adan (que estava no Iguaçu). No gol, Rodrigo seguiu no Iguaçu e deu lugar a uma dupla que impõe respeito. O titular é Jonas, que estava no Quitéria e que além da qualidade embaixo das traves possuí excelente jogo com os pés. Enquanto no banco de reservas está Jociel, ex-Novo Mundo, outro arqueiro de refinada técnica.


Apesar do início melhor do Fanático, foi o Novo Mundo que arriscou primeiro o chute, com Guigo e depois com Nilvano. O tricolor ia se soltando aos poucos e também assustou em lance de Felipe, após passe de Massai, e posteriormente com o próprio Massai, que chutou de longe. Mesmo sendo apenas um amistoso, o primeiro tempo foi bastante duro, com algumas faltas até mesmo desnecessárias. Djonatan, do Fanático, foi expulso após cometer falta no campo de ataque. Porém, a equipe seguiu com 11 jogadores, conforme acordado pelos dois times, com Djonatan dando lugar a Felipe Caron.

No segundo tempo, Chibior mudou quase toda a equipe, para dar tempo de jogo a seus atletas. E as mudanças deram efeito rapidamente. Após a defesa do Novo Mundo perder a bola, Marabá realizou cruzamento perfeito e Clênio desviou de cabeça abrindo o placar na Arena Vermelha. O Novo Mundo tentou responder em dois lances seguidos do atacante Iago, que demonstrou muita força no amistoso.

Buscando espaço na equipe de Chibior, o lateral-esquerdo Marabá voltou a aparecer muito bem, depois de carregar a bola e dar um ótimo passe para Felipe Caron, que acabou desperdiçando boa oportunidade. Mas aos 37, Caron não deu sorte ao azar. Curumim roubou a bola do defensor e deixou Felipe Caron na boa para balançar a rede e ampliar a conta. Já próximo do fim da partida, Murilo, que entrou no lugar de Iago, deixou o dele e diminuiu para o Novo Mundo, dando números finais ao confronto.

Apesar do resultado negativo, Altevir saiu da partida tranquilo com o que viu. O ex-goleiro e ídolo atleticano comentou sobre a felicidade de estar de volta ao futebol amador, depois de um período como comentarista esportivo, sobre a montagem do elenco e sobre a escolha de não entrar em competições nesse início de temporada.



Aliás, o resultado pouco importou para o técnico Leandro Chibior, já que a principal preocupação é dar ritmo aos jogadores e testar alternativas. Para o comandante, que comentou sobre a responsabilidade de assumir um favorito, a equipe tem respondido bem aos amistosos.




O Fanático faz sua estreia na Taça Paraná 2017 no dia 9 de abril, diante da Aprovale, campeã da cidade de Guarapuava, no estádio Ângelo Cavalli, em Campo Largo.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


Novo Mundo: Pijama, Brayan (Jardel), Pela, Biro e John (Gui); Jefinho, Jean, Nilvano e Guigo; Hudson (Iago, depois Murilo) e Evandro (Greg). T: Altevir Sales.

Fanático: Jonas (Jociel), Bruno (Mohá), Ever (Baloi), Jair e Felipe (Marabá); Adan (Murilo), Aroldo (Curumim), Grilo e Massai; Diego (Clênio) e Djonatan (Felipe Caron). T: Leandro Chibior.

EM BREVE O ÁLBUM DE FOTO xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO