Em clássico disputado, Atlético-PR sai na frente do Paraná Clube nas quartas de final


Atlético-PR e Paraná Clube realizaram neste domingo (2) na Arena da Baixada, o primeiro embata da fase de quartas de final do Campeonato Paranaense de 2017. Em um duelo bastante disputado, os donos da casa fizeram o gol no final da primeira etapa, com Eduardo da Silva, e asseguram até o final dos 90'. Agora o time rubro-negro tem a vantagem para o jogo de volta das quartas de final, na Vila Capanema. 

#Paranaense 2017
Por João Heim

A partida iniciou com os donos da casa buscando espaços na defesa, enquanto que o Tricolor da Vila esperou as oportunidades de contra golpe. Mas como clássico é clássico, já nos primeiros minutos o embate teve muitas reclamações, que originaram dois cartões amarelos. Um para o meia atacante do Paraná Clube, Robson, e outro para o zagueiro do Atlético-PR, Paulo André. Mas aos poucos o jogo foi desenrolando. 

Aos 8', cruzamento paranista na área e Weverton deu um soco para trás e quase a bola entrou. O lance deu animo para o time visitante. Na sequência, o Paraná teve dois escanteios. Mas não conseguiu aproveitar a chance. Do outro lado, o Atlético teve mais a posse de bola. Porém não aproveitou as chances que teve e errou muito nos passes e cruzamentos. Mesmo assim, aconteceram dois lances de perigos. Aos 13', Crysan teve mais espaço para chutar na entrada da área, mas foi travado pela defesa. No minuto seguinte, Pedro tentou o chute de fora da área mas a bola foi fraca para Weverton.

Em relação a isso, a partida ficou mais aberta e os dois times chegaram mais próximos da área. Porém, ainda errando passes decisivos. Em lançamento pelo meio, Eduardo da Silva foi dividir com o goleiro Léo no ar e tentou marcar o gol com a mão. O árbitro viu e deu cartão amarelo aos 22'. 


O jogo seguiu bem morno, com o furacão tendo a posse, mas sem objetividade. Aos 32', contra-ataque paranista e Renatinho chutou de fora da área para a bola passar desviada perto do gol. Susto atleticano!. Em outro avanço paranista, aos 40', Alex Santana chutou de longe a bola passou do lado do gol, sem perigo. Mesmo assim, sofrendo em contra-ataques, o Atlético seguiu com domínio do jogo, mas sem finalizações perigosas. 

Mas no apagar das luzes do primeiro tempo o time da casa cresceu. De longe, Rossetto tentou o chute e Léo fez boa defesa para salvar o Paraná aos 47'. No último lance, Rossetto cobrou escanteio e Eduardo da Silva apareceu na segunda trave para completar sozinho, 1 a 0 Atlético. Não deu nem tempo de comemorar. Após o gol, o árbitro encerrou a primeira etapa.

SEGUNDO TEMPO - No retorno para a segunda etapa, mudança no Atlético. Saiu Nikão e entrou Gedoz, atendendo o pedido da torcida que gritou pelo nome do camisa 10 ainda na primeira etapa. Aos 3', Gedoz recebeu com espaço na esquerda e chutou cruzado para boa defesa de Léo. Não deu outra, o jogo mudou. As duas equipes viam a necessidade de marcar um gol e se lançavam ao ataque da maneira que conseguiam. Em falta cobrada aos 13', Renatinho cobrou na direção do gol e quase enganou Weverton. Minutos depois, no bate rebate na intermediária, Alex Santana arriscou o chute e a bola passou perto do gol. 


Mas na metade da primeira etapa, Robson fez falta boba na intermediária, ganhou mais um cartão amarelo e foi expulso. Com a expulsão, o Furacão tomou conta do jogo. Eduardo da Silva recebeu livre na esquerda e chutou cruzado aos 25', mas sem chegar perto do gol. Paulo Autuori mandou o time pra cima e colocou Douglas Coutinho no lugar de Lucho Gonzalez.

Mesmo assim, o Paraná Clube tentou do jeito que pode. Aos 35', Renatinho avançou e fez jogada individual, mas chutou forte demais para o gol. Não deu outra, com um homem a mais, os donos da casa controlaram o jogo e gastaram o tempo. Enquanto que o Paraná Clube insistiu nos cruzamentos para a área. Os tricolores foram na base do desespero e colocaram mais um atacante, Natan para tentar o tudo ou nada. Mas não houve mais tempo para mais nada e o placar fechou em Atlético 1x0 Paraná.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Atlético-PR: 12 Weverton;  2 Jonathan(Léo 33), 13 Paulo André, 44 Thiago Heleno e 8 Sidcley;  7 Otávio, 20 Rossetto,  3 Lucho (Douglas Coutinho), 11 Nikão e 99 Crysan(Gedoz 10); 22 Eduardo da Silva. Técnico: Paulo Autuori

Paraná: 1 Léo, 2 Júnior, 3 Airton, 4 Eduardo Brock, 5 Jhony, 6 Rayan(Kaike 16), 7 Robson, 8 Alex Santana, 9 Pedro(Biteco), 10 Renatinho, 11 Felipe Alves (Natan 17) Técnico: Wagner Lopes

GOL: Eduardo da Silva aos 47' do 1ºtempo (Atlético-PR)
CA: Robson (Paraná), Paulo André (Atlético), Eduardo da Silva (Atlético), Rossetto (Atlético), Gedoz(Atlético)

CV: Robson (Paraná)

MELHORES MOMENTOS (VÍDEO) xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO