Atalanta mostra força em casa e vence o Iguaçu por 3 a 1 na abertura da Taça Paraná


Atalanta e Iguaçu realizaram uma partida muito disputada neste domingo (9), em São José dos Pinhais, em confronto válido pela 1ª rodada da Taça Paraná. Após a igualdade na primeira etapa, o time da casa foi superior no segundo tempo, marcou outras duas vezes e estreou com vitória na Taça Paraná diante do campeão curitibano.

#TAÇA PARANÁ 2017
Por Yuri Casari

Com uma equipe forte fisicamente, e com alguns jogadores de grande qualidade técnica, o Atalanta surpreendeu o Iguaçu, que não fez uma boa partida. O alvinegro italiano entrou desligado em campo, e como bem destacou o técnico Juninho, irritadíssimo à beira de campo, a equipe estava a 10 km/h. Se aproveitando desse mau início do Iguaçu, o Atalanta do técnico Valdemar Cremona buscou adiantar a marcação e impedir que o adversário pudesse realizar muitas trocas de passes consecutivas. Com isso, os anfitriões conseguiram chegar ao gol logo aos 7 minutos. O Iguaçu tentava sair jogando com o goleiro Rodrigo, que acabou se atrapalhando e chutou a bola em Romarinho, que só precisou correr para o abraço.

Apesar dos vários craques na escalação, quem se destacava individualmente no Iguaçu era o atacante Feijão, reserva no ano passado. E aos 17 minutos, saiu dos pés dele um ótimo passe para Dionata bater no canto do goleiro Samuel, empatando a partida. Mesmo após ter sofrido o empate, o Atalanta não se intimidou. Aos 22, Edinaldo teve boa chance após pivô de Batoré, e logo na sequência, Romarinho também ficou perto de marcar após passe diferenciado de Jáder, o camisa 10 do clube aurinegro.


Nos minutos finais da primeira etapa, o Iguaçu chegou a ensaiar uma pressão, tendo inclusive cinco escanteios seguidos. Mas a melhor chance foi mesmo na bola parada, em boa cobrança de falta de Hideo, bem defendida por Samuel.
No segundo tempo, o jogo ficou um pouco truncado. As divididas eram duras e ambas as equipes tinham dificuldades de colocar a bola no chão. Cremona passou então a fazer algumas alterações e uma delas foi primordial para a conquista da vitória, que foi a entrada do camisa 20 Henrique. Aos 25 minutos, quando Juninho preparava suas primeiras alterações no Iguaçu, Henrique fez boa jogada pela esquerda e tocou na saída do goleiro.

Novamente atrás do placar, Quintino e Rafinha entraram no lugar de Pablo e do zagueiro Dudu, mas ainda assim era o Atalanta que conseguia as melhores chances, como no lance de Pássaro aos 31 minutos, que Rodrigo praticou boa defesa. Nos minutos finais, Juninho lançou Piki no time, e esse talvez tenha sido o melhor momento do Iguaçu. Aos 44, Piki tentou duas vezes de cabeça, sendo parado pela trave no primeiro lance, e pelo goleiro Samuel em seguida. Já nos acréscimos, Juninho chutou forte e Samuel espalmou, na sequência do lance, Rafinha cabeceou e o goleiro do Atalanta fez nova defesa.


Enquanto buscava o empate, o Iguaçu acabou deixando espaço atrás. O suficiente para Jáder dar um primoroso lançamento para Henrique, que sem marcação, driblou o goleiro Rodrigo e mandou pra rede matando a partida, e garantindo a vitória na estreia da Taça Paraná em 2017.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Atalanta: Samuel, Pássaro, Gugu (Cabeça), Hudson e Go; Edinaldo, Ricardo (Joso), Daniel (Carlinhos) e Jáder; Batoré (Jean) e Romarinho (Henrique). T: Valdemar Cremona.

Iguaçu: Rodrigo, Luisinho Netto, Dudu (Rafinha), Emerson e Dionata; Douglão, Juninho e Hideo (Piki); Feijão, Pablo (Quintino) e Marcelo Tamandaré. T: Alei Silva “Juninho”.

FICHA TÉCNICA: ATALANTA 3x1 IGUAÇU XXXXXXXXXXXXXX

Estádio: Municipal Moacir Tomelin

Arbitragem: Thiago Mendes Moreira, auxiliado por Heitor Heurich e Giovani Massoquetto.

Gols: Romarinho (ATA) aos 7’ e Dionata(IGU) aos 17’ do 1º tempo; Henrique (ATA) aos 25’ e aos 47’ do 2º tempo.

CA: Douglão, Quintino e Feijão (IGU); Gugu, Romarinho e Jean (ATA).

MELHORES MOMENTOS (VÍDEO) xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx




__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO