Paraná faz grande apresentação e vence o Bahia pela Copa do Brasil


Com mais de nove mil torcedores na Vila Capanema, o Paraná Clube superou na noite desta quarta-feira (8) o Bahia em partida adiada da Copa do Brasil. Em confronto equilibrado e bem jogado taticamente na primeira etapa, os paranaenses conseguiram levar a melhor no segundo tempo sobre os baianos com gols de Brock e Renatinho.

#Copa do Brasil
Por João Heim

A partida começou bastante truncada e as duas equipes não encontraram muitos espaços nos primeiros minutos, mas por outro lado o escrete do Paraná Clube tentou fazer valer o fator casa. Na primeira chance mais clara, o Bahia fez boa jogada pelo meio e Zé Rafael chutou com perigo aos 3'. O lance motivou a o time nordestino e por isso o Bahia avançou a marcação. O que dificultou a saída de bola do time paranaense.

Mesmo assim, o time da casa conseguiu realizar algumas ações ofensivas. Destaque na jogada pela lateral esquerda aos 6' entre Italo e Renatinho, que chegaram perto do gol com a defesa baiana bloqueando o chute na área. Em seguida, falta cobrada por Renatinho que passou perto do canto esquerdo. Momento que o embate esteve tenso, o que proporcionou uma confusão aos oito minutos, com Igor derrubado e todos os jogadores quase brigando. Paranistas reclamando bastante de faltas marcadas pelo juiz da partida após o lance polêmico com Igor.


Mesmo assim, o tricolor da Vila foi quem chegou com maior perigo jogando nos contra golpes e assustando os defensores baianos. Apesar disso, o confronto teve muitas as faltas, o que tornou a partida truncada. Por outro lado, avançando pela esquerda, com Igor e Brock no apoio, o Paraná Clube tentou mais espaços no ataque.  Aos 27', escanteio cobrado na primeira trave e Brock cabeceou perto do gol, com a bola batendo na rede por cima.

Mas o time visitante não estava entregue e em sobra de bola aos 31', Hernane apareceu sozinho na área e chutou para fora, passando perto da trave e quase abrindo o marcador para o Bahia. Lance que deu gás, já que aos 36' Régis cobrou falta perigosa na entrada da área. Mas a barreira atrapalhou e aliviou o goleiro Léo. Momento que o Bahia conseguiu ter um pouco mais de posse de bola, porém faltou mais organização nas jogadas para chegar com perigo. 

Nos minutos finais, o time da casa quase que surpreendeu com grande jogada Renatinho, que deixou Matheus Carvalho de frente com o goleiro. Mas no momento do chute o atacante acabou sendo bloqueado. Devido a isso, o marcador da Vila Capanema no primeiro tempo terminou da mesma maneira que iniciou o confronto. Sem alteração. 


SEGUNDO TEMPO - No retorno para a segunda etapa, o escrete do Paraná Clube iniciou com mais vontade. Mas a primeira oportunidade foi do Bahia, que chegou em cobrança de falta na intermediária. Ligado depois do susto, o time da casa chegou minutos depois, Diego Tavares recebeu grande lançamento e saiu sozinho. Na hora de chutar demorou e foi bloqueado. O gol estava amadurecendo e logo na sequência, em mais uma bola parada, cruzamento e Brock subiu na primeira trave para marcar. Um a zero Paraná.

Após o gol, os paranaenses seguiam com mais pressão e avançaram a marcação sobre os visitantes. Enquanto que o time visitante optou pelos cruzamentos de Régis, que na maioria foi de encontro para Zé Rafael. Dentre elas, o camisa 18 chutou com perigo por cima do gol aos 10'. Lance que chamou o time nordestino, pois passou a frequentar mais o campo do Paraná Clube. Fato que proporcionou faltas contra o tricolor paranaense. 

O gol de empate até chegou acontecer, após cobrança de falta de Renato Cajá, que Hernane desviou. Mas foi marcado impedimento do jogador do Bahia. Mesmo com a anulação, o Bahia procurou mais o jogo e tentaou o gol de empate a todo custo. Mas neste momento, o Paraná Clube forçou uma forte marcação e novamente o jogo ficou truncado, com os donos da casa tendo mais posse, porém errando muito os passes no campo de ataque. Em bom avanço baiano pelo meio, Hernane apareceu impedido e chutou perto do gol.


Nos minutos finais, o Bahia persistiu atacando o Paraná Clube. Mas aos 38', Biteco fez grande jogada, com cabeceio na trave. No rebote, Renatinho aproveitou e mandou pro gol, 2 a 0 Paraná. A equipe da casa segurou o resultado e nem a expulsão de Renatinho atrapalhou o time nos minutos finais. Final 2 a 0 e Paraná classificado para a terceira fase da Copa do Brasil. 

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Paraná Clube: 1 Leo, 2 Júnior, 3 Airton, 4 Brock, 5 Gabriel Dias (15 Leandro Vilela), 6 Igor, 7 Diego Tavares (17 B. Cantanhede), 8 Alex Santana, 9 Italo, 10 Renatinho, 11 Matheus Carvalho (18 Biteco). Tec. Wagner Lopes.

Bahia: 1 Jean, 22 Eduardo, 3 Tiago, 28 Lucas Fonseca, 7 Armero, 23 Renê Júnior (21 Gustavo), 19 Edson, 20 Régis (10 Renato Cajá), 17 Diego Rosa, 18 Zé Rafael (27 Maikon Leite), 9 Hernane. Tec. Guto Ferreira

Gols: Brock aos ' do 2º tempo e Renatinho aos 40' do 2º tempo (Paraná Clube)

EM BREVE OS MELHORES MOMENTOS (VÍDEO) xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx



__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO