Atlético-PR goleia o FC Cascavel e vence a segunda no Paranaense


Atlético-PR e FC Cascavel duelaram na tarde deste sábado (18), em confronto válido pela 8ª rodada do Campeonato Paranaense de 2017. Ambos os times iniciaram na zona do agrião na tábua de classificação, mas com bola rolando o time alternativo do Atlético-PR jogou com tranquilidade e goleou o escrete do FC Cascavel. Com a segunda vitória no certame, o time rubro-negro entrou na zona de classificação.

#PARANAENSE 2017
Por Rafael Buiar

O confronto cobrava das duas equipes uma reposta imediata no certame, já que ambas iniciaram fora da zona de classificação. Não deu outra, o time rubro-negro iniciou a todo a vapor, semelhante a uma locomotiva. Destaque para Yago e Luis Henrique, que foram bastante acionados nos primeiros minutos. Devido a isso, o gol atleticano não demorou muito para acontecer. Foram necessários duas tentativas para o placar ser alterado. Na segunda Luis Henrique é derrubado por Marco Tiago e o árbitro assinalou a penalidade. João Pedro cobrou e converteu, aos 6’ do primeiro tempo.

Passados os 20’ da etapa inicial, o time do FC Cascavel alterou o seu modo de jogar e se atirou mais ao campo rubro-negro. Enquanto que o time da casa optou por usar as laterais, para jogadas de contra-ataque. Minutos depois, aos 23’, João Pedro cruzou na medida para o zagueiro Zé Ivaldo ampliar o marcador na Arena da Baixada. O time do Atlético-PR preocupou na maioria das vezes o sistema defensivo do escrete de Cascavel com jogadas areas. Destaque para o setor ofensivo rubro-negro, que soube aproveitar e em duas tentativas e conseguiu anotar.


Nos minutos finais, o time do FC Cascavel não conseguiu repetir o mesmo ritmo da metade do primeiro tempo. A serpente só conseguiu chegar com bolas paradas, mas sem perigo. Por outro lado, em jogadas pelas laterais, o time do Atlético-PR insistiu e quase ampliou o marcador pelo menos três vezes, antes de terminar o primeiro tempo.

SEGUNDO TEMPO – No retorno da etapa complementar, o time visitante voltou com alteração. Saiu Vitor e entrou o Sobarba. Diferente disso, Atlético-PR voltou com os mesmos jogadores que terminaram a etapa inicial. 

Com bola rolando, a Serpente voltou com mais mobilidade e passou a ter mais volume de jogo. Mas por outro lado, o time do FC Cascavel ficou exposto e o Atlético-PR teve oportunidades de criar jogadas de contra-ataque. Aos 10’, Marco Thiago deu carrinho em Douglas Coutinho, que partia em direção ao gol, e levou cartão amarelo. Como já tinha levado na falta do pênalti, o zagueiro levou o vermelho na sequência.

Com um a mais em campo, o time do Atlético-PR passou a ter controle do jogo. Destaque para Douglas Coutinho, que foi bastante municiado pelos laterais. Dentre elas, o camisa 77 cabeceou livre e Darci defendeu em cima da linha, aos 16’.  Não deu outra, com o passar do tempo, o Atlético-PR administrou bem e deixou o FC Cascavel tocar a bola. Mas, com uma forte marcação, o que dificultou a criação de jogada da serpente.


Enquanto isso, ambos os treinadores realizaram alterações nas suas equipes. Sorte do Atlético-PR, que promoveu a entrada de Matheus Anjos no lugar de João Pedro. O camisa 55 entrou e deu outro ritmo na segunda etapa. Aos 23’ da etapa complementar, Matheus Anjos recebeu dentro da área e carimbou, marcando o terceiro do escrete rubro negro.

Nos minutos finais da etapa complementar, o embate ficou travado com o FC Cascavel tocando a bola, mas sem objetividade. Enquanto que o time rubro-negro tirou o pé e pouco chegou a meta do goleiro Darci. Mesmo assim, o time do Atlético-PR conseguiu chegar ao quarto gol, com Matheus Anjos. O camisa 55 cobrou falta e acertou uma bela cobrança, aos 41’ da etapa complementar. Sem acréscimo, o árbitro encerrou o embate aos 45’ da etapa complementar.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Atlético-PR: Weverton; Léo, Wanderson (Cléberson), José Ivaldo e Nicolas; Luiz Otávio, Renan Paulino e João Pedro (Matheus Anjos); Yago (Renan Lodi), Coutinho e L.Henrique. Tec. Paulo Autuori

Cascavel: Darci; Raulen, Vitor (Sobarba), J Paulo e M. Tiago; Carlos, Evandro (Anderson), Charles e Everton; Laionel e Wesley (Felipe). Téc. Agenor Piccinin.

Gols: João Pedro aos 5’ do 1º tempo e Zé Ivaldo aos 23’ do 1º tempo; Matheus Anjos aos 29’ e 41’ do 2º tempo (Atlético-PR)

MELHORES MOMENTOS (VÍDEO) xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx



__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO