Paraná Clube ganha sem dificuldades do Avaí na estreia da Primeira Liga


Paraná Clube e Avaí duelaram na noite desta quarta-feira (25), em confronto válido pelo primeiro embate da Primeira Liga, no Estádio Durival de Brito e Silva. Como o esperado, o tricolor da Vila Capanema entrou com muitas caras novas. Mesmo assim, a gurizada do Paraná Clube não se acanhou e marcou dois gols ainda no primeiro tempo, o suficiente para ficar na frente do placar diante o time catarinense.

#PRIMEIRA LIGA
Por Rafael Buiar

O escrete do Paraná Clube deu o ponta pé inicial no embate e em menos de 1’ conseguiu chegar a meta do arqueiro catarinense. Lance que motivou os homens de frente. Por isso, o time comandado por Wagner Lopes passou a ter mais volume de jogo já nos minutos iniciais. Enquanto que o Avaí apenas se defendeu. Aos 8’,  o time catarinense chegou pela primeira vez, em cobrança de falta e cedeu espaço. A retaguarda do Tricolor da Vila esperta, aplicou a ligação direta com o rápido Ítalo, que não aproveitou.

Passado os 15’, a equipe do Avaí foi encorpando e conseguindo mais posse de bola. Mesmo assim, o escrete do Paraná conseguiu ser mais rápido, principalmente com as ligações diretas de contra-ataque. Momento que era visível que o gol não iria demorar para chegar, chegou. Aos 18’, o time do Paraná conseguiu abrir o marcador com belo chute do meia campista Renatinho, que chutou seco. Sem chances para o arqueiro do Avaí. Após o gol, o time do Paraná quase conseguiu ampliar, aproveitando o momento de desatenção dos catarineses. Minutos depois foi a vez de Leandro Vilela arriscar de longe e quase surpreender o arqueiro do Avaí.


Próximo dos 30’, o time do Paraná, mais seguro, passou a atacar com mais perigo e quase que na maioria das jogadas com Leandro Vilela iniciando. Não deu outra, minutos depois, com jogada envolvente entre os atacantes e meias, Ítalo só foi parado com falta muito próxima da área. A cobrança não levou perigo a meta do goleiro do Avaí. No lance seguinte, o time da casa sofreu outra falta próxima a meta do goleiro do Avaí. Mas, diferente da primeira tentativa, Pessalli cobrou bem e obrigou o goleiro do Avaí a mandar para escanteio. No tiro de canto, ítalo sozinho só empurrou para fazer o segundo gol do Paraná Clube no apagar das luzes do primeiro tempo.

SEGUNDO TEMPO - O time do Avaí retornou com mudanças. Diferente do Paraná Clube, que voltou com o mesmo time que terminou a primeira etapa. Com bola rolando, a equipe do Avaí voltou melhor com a alteração do treinador Claudinei Oliveira e o time de Santa Catarina ficou com mais posse de bola nos primeiros minutos do segundo tempo. Mas aos poucos, o Paraná foi chegando.

Aos 10’, em jogada de contra-ataque, Vitor Feijão deixou três para trás em jogada individual deixou tranquila para Diego Tavares cruzar na medida para Renatinho, que quase ampliou o marcador. Minutos depois, o ataque do Paraná Clube chegou novamente e sempre com jogadas de velocidade. Percebendo isso, o treinado Claudinei Oliveira fez mais duas alterações na equipe. Tirou João Paulo e Diego Jardel e colocou Vitor e Caio Cesar. Mas nada resolveu para o time do Avaí. Aproveitando o momento, o treinador do Paraná Clube colocou mais gás na equipe e fez duas alterações.


Depois do troca-troca das equipes, o embate ficou preso e com as duas equipes tendo dificuldades no momento da criação. Destaque para o setor de marcação de Avaí e Paraná Clube. Mas as vezes, em lances de velocidade pelo flanco, o time da casa conseguiu chegar com os contra-ataques. Mesmo assim, nos minutos finais, o confronto não teve mais gás para os ataques das duas equipes, já que o time do Paraná Clube ficou segurando a bola no campo do Avaí até o apito final do árbitro.

OS ESCRETES xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

PARANÁ CLUBE: Léo; Diego Tavares, Ayrton, Brock e Igor; Leandro Vilela, Gabriel Dias (Alex Santana), Renatinho e Jonas Pessalli (Guga); Vitor Feijão e ítalo (Bruno Catanhede). Tec. Wagner Lopes

AVAÍ: Kozlinski; Alemão, Betão, Gustavo e Capa; Luan, Júdson; João Paulo (Vítor) e Diego Jardel (Caio Cesar); Romulo e Denílson (Santarém). Tec. Claudinei Oliveira.

Cartão amarelo: Gustavo, Alemão e Betão (Avaí) e Pessalli (Paraná Clube)

Gols: Renatinho aos 21’ do 1º tempo e ítalo aos 45’ do 1‘º tempo (Paraná Clube)

MELHORES MOMENTOS (VÍDEOS)  xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx




__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO