Feliz no Coritiba, Wilson se mostra confiante para temporada 2017


Um dos jogadores mais experientes do elenco do Coritiba, Wilson segue como um pilar da equipe. O goleiro, que já entrou em campo em 84 jogos com a camisa coxa-branca, bateu um papo com o Do Rico ao Pobre, e reforçou o comprometimento de todo o time para que 2017 seja um ano diferente e que as conquistas retornem ao Alto da Glória.

#Entrevista
Por Yuri Casari

DRAP - O Coxa é o maior campeão estadual, com 37 títulos, mas não ganha desde 2013. Como retomar a hegemonia do estado?

Wilson - Acredito que não tenha uma fórmula exata para que isso aconteça. Estamos fazendo uma ótima pré-temporada, o grupo está sendo montado e acredito que alcançaremos os nossos objetivos se estivermos bem preparados tecnicamente, fisicamente e taticamente.

No ano passado, você acabou se lesionando na reta final do campeonato e não jogou a decisão. Ainda assim, a derrota para o Atlético no ainda está engasgada?

Clássico não tem favorito. Lógico que fica aquele sentimento que poderia ter sido diferente, mas infelizmente acabamos sendo derrotados. Espero que esse ano possamos chegar à final novamente, e ter uma melhor sorte e conquistar o título independente do adversário.

No elenco atual, você é considerado um dos líderes e é também um dos mais queridos da torcida. Isso aumenta a responsabilidade dentro de campo?

Acredito que cada jogador tem o seu papel dentro de um elenco. Eu estou indo para a minha terceira temporada no Coxa e estou muito feliz aqui. Fui muito bem recebido por todos e isso faz a diferença. Procuro sempre fazer a minha parte para ajudar o clube. Todo jogador que entra em campo vestindo uma camisa tão tradicional quanto a do Coritiba tem uma responsabilidade a mais.

Ano passado você marcou um gol pelo Coxa, e já havia feito outros três gols no Figueira. Como goleiro, qual é a sensação de fazer aquilo que você tanto evita sofrer? 

É uma situação bem diferente, principalmente quando se trata de um gol de cabeça como foi no ano passado. Nessas situações, a gente sempre vai pra área com o intuito de contribuir para que saia o gol, mas sabemos que a dificuldade é muito grande. Fui feliz naquela oportunidade e se tiver uma outra chance de tentar ajudar o Coxa, estarei na área mais uma vez lutando para que o gol saia.

No Figueirense você é um dos recordistas de jogos e participou de campanhas de destaque como no vice-da Copa do Brasil em 2007 e no acesso pra elite em 2010. E no Coritiba, você acredita que pode fazer história pelo Alviverde? 

Seria um prazer muito grande alcançar números importantes pelo Coxa. No Figueirense foram 331 jogos e o goleiro que mais vestiu a camisa do clube na história. Pelo Coritiba já são 84 jogos e espero permanecer aqui por muito tempo.

O que a torcida do Coritiba pode esperar do Wilson em 2017?

A torcida pode esperar, não só do Wilson mas de todo elenco, muita vontade e dedicação para fazer o Coritiba voltar a brigar por objetivos maiores nas competições que vamos disputar.


__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO