[JUVENIL] Neguinho, o destaque do confronto da final da Série B entre Bangú e Bairro Alto


A equipe do Bangú desafiou no último sábado (17) o time do Bairro Alto no Estádio Ozório Claudino de Barros, válido pelo segundo jogo da final da Suburbana Série B - categoria juvenil. Com a vantagem no placar, após vitória no primeiro duelo, o tricolor foi mais intenso para o segundo embate. Não deu outra, o time do Bangú conseguiu uma vitória histórica diante o escrete do Bairro Alto. Triunfo que mais uma vez teve o camisa 9 como um dos principais jogadores na partida. Confira a figurinha de número 61 no álbum DRAP de 2016.


#FIGURINHA DO JOGO
Por Rafael Buiar

O escrete do Bangú poderia ter entrando no Estádio Ozório Claudino de Barros de sangue doce, após ter vencido o time do Bairro Alto por três a zero no primeiro duelo da final. Mas o regulamento não deu nenhuma vantagem, além do empate. Por isso, o treinador Cristiano Bassoli orientou seus atletas para entra com garra e determinação. Enquanto que uma vitória de qualquer placar do Bairro Alto levava para o terceiro jogo.

Não deu outra, os jogadores do tricolor atenderam ao pedido do treinador Cristiano Bassoli e levaram ao pé da letra. Em menos de 10’, o time do Bangú já tinha anotado dois gols e na reta final da primeira etapa com mais dois gols. Dentre eles, o quarto gol foi anotado por Neguinho, o artilheiro da equipe. Até então, o camisa 9 do Bangú participou indiretamente da partida.

Sim, era o Alysson precisava para ficar mais motivado, além de buscar a artilharia do certame. O atacante Neguinho entrou com mais gana em busca desta façanha, aproveitando o mau momento da equipe do Bairro Alto que demonstrou nervosismo dentro das quatro linhas. Aos 7’ do segundo tempo, Neguinho aproveitou o rebote do goleiro Michel e fuzilou mais um.

A essa altura do jogo, faltavam dois gols para igualar o artilheiro Lucas Moraes, do Grêmio Ipiranga. Minutos depois do quinto, o seu companheiro aumentou a conta no placar. Fato que deixou ainda mais na fissura, já que aos 34’ do segundo tempo Neguinho fez o sétimo do Bangú e o seu terceiro na partida. Mesmo assim, Neguinho não conseguiu igualar seu concorrente e ficou no quase no quesito artilheiro do certame. Por outro lado, mais uma vez o camisa 9 foi o destaque do confronto entre Bangú e Bairro Alto.

Devido a isso, com a autoria de três gols e participação indireta de outros gols, que ajudaram a equipe do Bangú conquistar no placar agregado em 10 a o, Neguinho foi a figurinha de número 61 no álbum DRAP de 2016.

__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO