[JUVENIL] Novo Mundo repete placar da ida e é campeão 2016


Em uma partida com ótimo público no Trieste Stadium, o Novo Mundo fez nova atuação exemplar. A equipe comandada pelo técnico Carlos Magrão, mesmo sem o artilheiro Matheus, dominou o rival Trieste durante os 90 minutos e com gols de Bruninho e Giovane, garantiu o caneco de campeão juvenil da Suburbana 2016.

#SUBURBANA JUVENIL
Por Yuri Casari

Assim como em 2015, o Juvenil foi decidido entre os times do Trieste e do Novo Mundo. Mas dessa vez, o resultado foi diferente. Com a vantagem de ter vencido a primeira partida por 2 a 0, o Novo Mundo poderia até empatar que sairia com o título. Apesar da necessidade do resultado, o Trieste não conseguiu em nenhum momento controlar a partida.

O primeiro tempo, como não poderia deixar de ser, foi bastante disputado, lance a lance. Os garotos dos dois times mostraram muita vontade de vencer, sempre dividindo as jogadas no limite. Mas o Novo Mundo mostrou a que veio desde o início. Com 13 minutos jogados o clube alvirrubro já havia criado quatro boas oportunidades, duas em bola parada com Andrade, e em outros dois chutes de fora da área com Bruninho e posteriormente com Jackson.

Mais uma vez quem se destacava no Trieste era o goleiro Lucas, que mostrava segurança a cada ofensiva adversária. Com pouca intensidade, a melhor chance triestina na primeira etapa aconteceu aos 37 minutos em cobrança de falta de Thiago. Porém, já nos acréscimos, o mesmo Thiago comete falta próximo à área, recebe o segundo cartão amarelo e é expulso. 


Com um a mais em campo, e jogando melhor, a vitória passou a ser questão de tempo para o Novo Mundo. No segundo tempo, o coletivo se evidenciou ainda mais, porém, com uma pitada de brilhantismo de Bruninho, o motorzinho do meio campo vermelho. Aos 11 minutos o camisa 10 recebeu de Jonas na entrada da área, ajeitou pro pé esquerdo e marcou um golaço, deixando o time ainda mais perto da taça.

Dois minutos depois, Willian perde a cabeça e atinge Andrade. O defensor recebe o vermelho direto e vai mais cedo para o chuveiro do Trieste Stadium. Aos 18 minutos, o Novo Mundo chegou forte novamente. Em sequência, Lipe e Jonas foram parados pelo goleiro Lucas, e no terceiro lance, enfim, Andrade empurra para as redes, mas o juiz viu falta de ataque na jogada e anulou o gol.

O Novo Mundo seguiu tendo o controle do jogo, e a cada disparada de Bruninho com a bola pelo meio, a defesa do Trieste se virava como podia. Em uma delas, aos 30, não houve o que pudesse ser feito. Bruninho avançou, teve chance de driblar o último defensor ou de arrematar, mas foi solidário e rolou para Giovane, que não desperdiçou a oportunidade e saiu para o abraço, ampliando o placar. Na comemoração, recebeu o amarelo por ter tirado a camisa.


Apenas dois minutos depois, novamente Bruninho deixa a defesa adversária de cabelo em pé e é derrubado na pequena área. Andrade foi para a cobrança, mas Lucas fez brilhante defesa e impediu uma vitória mais elástica do rival. No minuto seguinte, Giovane recebeu o segundo amarelo e também foi expulso.

Aos 38, Felipe quase diminuiu para o Trieste de falta, e aos 41, Andrade quase deixou o dele. Mas o título já estava nas mãos do Novo Mundo, que devolveu a derrota para o Trieste no ano passado, e comemorou junto da torcida, que esteve presente em bom número para apoiar a garotada. 

OS ESCRETES xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Trieste: Lucas, Felipe, Thiago Carvalho, Willian e Guilherme; Diego (Alexandre), Nicholas (Gabriel), Valter e Ramon (Willian Franco), Ruan (João Claro) e Thiago Luz (Adailson). T: Danilo Candelore.

Novo Mundo: Alexandre (Carlos), Renan (Giovane), Lipe, Balão e Deivid (Pedro); Lucas, Caio (Leozinho), Jackson, Bruninho e Jonas; Andrade. T: Carlos Magrão.

Gols: Bruninho aos 11' do 2º tempo e Giovani aos 30' do 2º tempo (Novo Mundo).

MELHORES MOMENTOS (VÍDEO)  xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx



__________________________________________

DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO