Bitoca, o destaque do confronto entre Nova Orleans e Iguaçu


No último sábado (29), Nova Orleans e Iguaçu se enfrentaram no Estádio José Drulla Sobrinho, em confronto válido pelo jogo de ida da semifinal da Suburbana 2016. Em campo, o UNO marcou três gols e segurou o Iguaçu até o final do embate. Parte dessa vitória foi de responsabilidade do meio campo do escrete alviverde, pois com um golaço e uma cobrança de pênalti ele garantiu a vantagem para o Orleans. Confira a quadragésima oitava figurinha DRAP de 2016.

#FIGURINHA DO JOGO
Por Arthur Henrique

Em um jogo disputado como foi Nova Orleans e Iguaçu, os destaques individuais precisam se superar. Em uma partida na qual se elogia o time e ainda assim se faz uma menção especial ao camisa 10, denota o quão importante ele foi.

Bitoca foi essencial para a segurança do meio do Orleans, além de atacar com perigo em vários momentos. O verdão saiu na frente no placar e viu o Iguaçu buscar o empate, com momentos tensos no primeiro tempo o responsável por aliviar a pressão foi Bitoca, que recebeu a bola na intermediária avançou e soltou uma bomba em direção ao ângulo.

O alvinegro conseguiu mais uma vez chegar ao empate, com Tamandaré. O gol trouxe novamente a tensão ao jogo e mais uma vez Bitoca esteve presente. No pênalti favorável ao UNO, ele pegou a bola e assumiu a responsabilidade. Mostrou calma ao bater no canto direito e dar novamente a vantagem ao verdão da zona oeste.

Na comemoração do primeiro gol o jogador fez um sinal de libertação, o famoso “sai urucubaca” e parece que deu certo. Bitoca não só fez os gols como assumiu a responsabilidade de vestir a 10 e trazer alegria aos torcedores do Orleans. Por isso, Roberto Mangolin foi o destaque da partida entre Nova Orleans e Iguaçu. Sendo ele, a quadragésima quinta oitava figurinha DRAP de 2016.


__________________________________________

DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO