[JUVENIL] Ainda restam três vagas para a 2ª fase da Série A


A categoria juvenil da Suburbana também está a todo vapor no futebol amador de Curitiba da Série A. Cinco das oito vagas já estão garantidas. Agora a briga é para se posicionar melhor na tábua de classificação dentre os classificados e também para as três últimas vagas que restam para a segunda a fase, com cinco clubes na disputa na última rodada.

#Números
Por Rafael Buiar

A equipe do Nova Orleans venceu na última rodada o escrete do Trieste, no Estádio Francisco Muraro e confirmou a primeira colocação na tábua de classificação antes do término da primeira fase. Ao todo, a equipe alviverde venceu oito dos dez embates que disputou e ainda não sabe o que é derrota no certame. Devido a isso, com a melhor campanha, o time do Nova Orleans soma o melhor ataque com 30 gols e também tem a zaga menos vazada. O próximo embate do Nova Orleans é fora de casa e diante o seu rival, Imperial, que não tem mais chances de classificação.

Na sequência, o atual vice-campeão, Novo Mundo, que aos poucos vem ganhando corpo na competição e já marca presença na segunda colocação, com 73% de aproveitamento em dez jogos já disputados. A última vitória do Novo Mundo aconteceu no último sábado (1º) diante o Santa Quitéria, com um placar magro. Mesmo assim, com o triunfo sobre o escrete auriverde, a equipe do Novo Mundo garantiu pelo menos um lugar entre os quatro primeiros colocados. A próxima partida da equipe vermelha e branca será contra Vila Fanny, no Estádio Ismael Gabardo.

Com a primeira colocação garantida pelo Nova Orleans, a disputa em jogo é pela segunda colocação. Renovicente e Trieste, ambos com 21 pontos, são os escretes que podem tirar a vice-liderança do Novo Mundo, com um ponto a mais. A equipe do Santa Cândida, irá com a esperança de subir na tábua de classificação, caso ganhe do Santa Quitéria no Estádio Maurício Fruet. Já o Trieste, tem pareô duro na última rodada, irá enfrentar o rival Iguaçu, que também está na briga por uma classificação. O time alvinegro está na oitava colocação e necessita de um triunfo para garantir-se na próxima fase.


Mas depois do pelotão da frente, com as quatro melhores equipes classificadas, vem Vila Fanny (15) que também garantiu o passaporte para próxima fase. A equipe comandada por Eberson tem o pior ataque dentre os oito primeiro colocados, com 15 gols apenas. O escrete do Pilarzinho para ficar fora tem que perder com um placar de mais de oito gols e o Nacional vencer com mais de nove gols. O próximo adversário do Operário Pilarzinho será o Capão Raso, no Estádio Bortolo Gava. O tricolor da região sul perdeu três pontos durante o certame, mesmo assim continuou na zona de classificação e ainda tem o segundo melhor ataque na elite da Suburbana, junto a agremiação do Trieste.

Fechando a zona de classificação, o escrete do Iguaçu, que teve momentos de alto e baixo na primeira fase terá que vencer para garantir a classificação sem depender dos outros. Caso não consiga um triunfo, o time alvinegro terá que torcer contra Nacional e Quitéria. O time do Boqueirão vem logo na cola, se algum time vacilar, o Nacional pode figurar entre os oito melhores da primeira fase. Sendo que o time do bairro do Boqueirão irá enfrentar o escrete do Uberlândia, que ainda não sabe o que é vencer na competição, junto ao Imperial. Um pouco pior que o Nacional está o Santa Quitéria, que ocupa a décima colocação com 10 pontos, dois a menos que o último time na zona de classificação, Iguaçu, terá que vencer o Renovicente - terceiro colocado, e torcer por uma combinação de resultados.



__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO