Iguaçu acerta na estratégia, vence Uberlândia e se classifica para as semifinais


Neste sábado (22) O estádio Egydio Ricardo Pietrobelli recebeu o jogo de volta das quartas de finais da Série A entre Iguaçu e Uberlândia. A Equipe de Santa Felicidade soube alternar momentos de pressão e contra-ataques e goleou o Uber por 4 a 1, com dois gols de Tamandaré e grande atuação de Hideo.


#SUBURBANA16

Por João Heim

O time da casa começou na pressão e quase teve chance com Tamandaré, que recebeu impedido na frente do gol. Sena, do Uberlândia, recebeu de frente e chutou com perigo em seguida. Aos 4', Quintino teve boa chance e chutou para defesa do goleiro Rodrigo. O mesmo Quintino teve nova chance aos 8', quando tomou bola da defesa mas chutou por cima do gol.

O Uberlândia jogava mais na posse de bola e o Iguaçu apostava bastante nos lançamentos longos no início de partida. A primeira chance clara do time da casa foi com Hideo, que cruzou na direção do gol e o goleiro Giraia precisou se esticar para defender e mandar para escanteio.

Aos 23', Hideo recebeu de frente para o gol e chutou por cima. Emerson cruzou para Pablo, que chegou chutando, a bola desviou e por um triz não entrou aos 28'. Iguaçu fazia pressão e conseguia tomar conta do jogo. Aos 30', Tamandaré recebeu passe de Léo Gago, entrou na área e tocou na saída do goleiro para marcar, 1 a 0. Os donos da casa seguiam na pressão, enquanto o Uberlândia tentava os contra ataques, porém sem ter muita eficiência.

Em boa chance, aos 41', Pablo recebeu de frente pro gol, mas na hora de finalizar chutou fraco e o goleiro defendeu. Em resposta, Sena chutou e o goleiro Rodrigo fez excelente defesa para salvar o gol. Mas, quando parecia que o Uberlândia reagiria, o Iguaçu não deu chance. Em jogada bem trabalhada do ataque do Iguaçu, Tamandaré recebeu passe de Pablo para marcar o segundo dele e o segundo do Iguaçu, 2 a 0 aos 42'. No último lance importante do primeiro tempo, Sena caiu na área em lance com o goleiro e o Uberlândia pediu pênalti. Após pausa no jogo, o juiz não marcou a penalidade.


SEGUNDO TEMPO - Para a segunda etapa, o Iguaçu veio com uma proposta de jogo diferente. Segurou mais e jogou com o resultado embaixo do braço. Tirou Tamandaré, dos destaques da equipe na primeira etapa, e outros atletas, já pensando na próxima fase e apostando que o Uberlândia não reagiria ao placar desfavorável. No primeiro lance de maior perigo na segunda etapa, Quintino entrou na área e novamente a equipe pediu penalidade, não marcada também pelo árbitro. Rafinha cruzou para Thiagão, que apareceu bem na área e cabeceou para fora aos 4'. O jogo ficou mais parado e faltoso, com as chances de gol e perigo baixando. Os visitantes tinham mais espaço para jogar, no entanto ainda não haviam acertado uma jogada mais perigosa.

Aos 22', Rafinha recebeu na área e chutou para grande defesa de Rodrigo, quase o primeiro gol dos visitantes. Rafinha cobrou escanteio em seguida e Quintino cabeceou para nova defesa de Rodrigo. No lance seguinte, contra golpe mortal do Iguaçu. Com passe de Léo Gago, Hideo recebeu, avançou, entrou na área e chutou fora do alcance de Giraia, 3 a 0 aos 24'. Aos 31', Radamés, que havia acabado de entrar e dava seus primeiros toques na bola, recebeu passe na entrada da área, dominou e chutou para marcar o primeiro do Uberlândia, 3 a 1. Dois minutos depois, Pablo fez jogada na direita e cruzou para Romário, que recebeu do outro lado e ampliou para o Iguaçu, 4 a 1. O Uberlândia tentou marcar mais um gol com Juliano, que cobrou falta e a bola passou perto do gol aos 36'.

Aos 42', Romário chegou próximo de marcar o segundo gol dele na partida. O jogador recebeu grande passe em contra ataque, chegou de frente para o goleiro e tentou encobrir, mas acabou mandando a bola pra fora, passando do lado do gol. Aos 44', Hideo avançou do meio campo, chegou na área e de cara para o goleiro tentou encobrir, mas acabou chutando a bola nas mãos do arqueiro. Final no Butiatuvinha, 4 a 1 Iguaçu.


PRÓXIMA PARTIDA xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

O Uber foca o planejamento para 2017. Já o Iguaçu avança as semifinais e terá pela frente o Nova Orleans, que eliminou o Novo Mundo nos pênaltis. O jogo de ida será no José Drulla Sobrinho e a volta no Egydio Ricardo Pietrobelli, em datas a serem definidas pela Federação Paranaense de Futebol.

OS ESCRETES xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

IGUAÇU: 1 Rodrigo, 2 Luisinho Neto, 3 Douglas, 4 Emerson, 6 Juninho, 7 Pablo, 8 Léo Gago, 5 Adan, 10 Tamandaré, 20 Hideo, 9 Moscatelli. Técnico: Juninho.

Reservas: 12 João, 13 Agnaldo, 14 Zé Nunes, 15 Tomate, 16 Caio, 17 Glauco, 18 Romário, 19 Felipe, 11 Pequi.

UBERLÂNDIA: 1 Giraia, 2 Luan Santos, 4 Alex Paiva, 3 Thiagão, 6 Alan, 5 Henrique, 10 Rafinha, 19 Juliano, 7 Paulinho, 8 Quintino, 9 Sena. Técnico: Joãozinho Ribeiro

Reservas: 12 Danilo, 20 JP, 13 Luizinho, 14 Halyson, 15 Radamés, 16 Luccas, 11 Felipinho, 17 Fumaça, 18 Carlão.


MELHORES MOMENTOS (VÍDEO) xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx






__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO