Confronto direto e briga para se manter no G8 marcam a 12º rodada da Divisão de Acesso


A décima primeira rodada da Divisão de Acesso de 2016 terminou com um novo líder, com o escrete do Vila Hauer vencendo a equipe do Olímpico e com tropeços das equipes do pelotão de frente. Mesmo assim, a diferença do líder com a sexta colocação permaneceu em cinco pontos e esquenta ainda mais a briga nas últimas rodadas.

#NÚMEROS
Por Rafael Buiar

Com o triunfo da última rodada no Estádio Donato Gulim, o Vila Hauer conquistou a ponta o certame depois de onze rodadas realizadas, somando 83% de aproveitamento e a zaga menos vazadas, com sete gols sofrido apenas. Mas o próximo embate colocará em prova a liderança, pois o adversário será a equipe muito próximo na tabela, o Palmeirinha, que perdeu na última rodada para o escrete do Bairro Alto em casa. Mesmo assim, caso o Palmeirinha ganhe, poderá ultrapassa-lo e assumir a ponta dependendo do resultado de Vila Sandra e Shabureya.

Por isso, depois de perder a chance de conquistar três pontos diante um adversário direto nos últimos minutos com o Santíssima Trindade, o Vila Sandra, que tem o ataque mais positivo do certame, com 35 gols, retorna ao Estádio Ozório Claudino de Barros para enfrentar o caçula do certame, o Shabureya, que venceu pela primeira vez na competição na última rodada o lanterna Diamante, e assumir novamente a ponta caso conquiste os três pontos.

Um pouco mais distante da ponta do certame, o escrete do Bangú vem empolgado para décima segunda rodada, já que venceu por 9 a 1 o escrete do Sergipe, no Estádio Octávio Silvio Nicco, e agora enfrenta o lanterna da competição, Diamante. No mesmo ritmo e com a mesma pontuação que o Bangú, o time do Bairro Alto enfrenta o time do treinador Giancarlo Balabalan, Grêmio Ipiranga, no Estádio Pedro de Almeida. A equipe do Grêmio Ipiranga sofreu derrota na última semana de 4 a 0 para o fortaleza e coloca em prova a classificação, mesmo liderando o segundo pelotão da tábua de classificação. 

Aproveitando o momento, a equipe do Fortaleza, que vem com duas vitórias seguidas, repetindo o feito no início do campeonato, irá jogar no Alçapão do Gabineto contra o Olímpico, que está em 11º com seis pontos a menos. Do outro lado, fora do G8 após receber punição, a equipe do São Braz vem lutando para ingressar novamente na zona de classificação. A oportunidade pode acontecer nesta rodada, ao enfrentar o escrete do Vasco da Gama, que ao folgar na rodada caiu para a penúltima colocação na tábua de classificação, no Estádio Erondi Silvério.

Na mesma luta, o União Ahú vem tentando sair do entra e sai do G8 para ficar de vez e avaçar para a segunda fase. A distância de dois pontos pode diminuir, caso o escrete do União Ahú ganhe do Sergipe, no Estádio Ricardo Halick.


__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO