Capão Raso goleia Vila Fanny e sai na frente nas quartas de final



Vila Fanny e Capão Raso duelaram neste sábado (15) no Estádio Ismael Gabardo, em partida válida pelo primeiro embate das quarta de final da Suburbana 2016. O escrete do Capão jogou melhor na casa do adversário e com um homem a mais aproveitou as chances que teve para fechar o jogo ainda na primeira etapa.

#Suburbana 2016

Por João Heim

O confronto entre o quarto e o quinto colocado da primeira fase da Suburbana prometia equilíbrio, mas uma das equipes acabou se sobressaindo mais e saindo na frente na briga pela classificação. A partida iniciou equilibrada e truncada, com os jogadores se chocando e precisando de atendimento em vários lances.

Quando o jogo parecia se encaminhar para uma sequência não tão animada, Giovani recebeu passe de Ronei e entrou batendo para marcar aos 8', e abrir o placar para o Capão Raso. Três minutos depois, Matraca deu uma cotovelada/tapa em Diego, do Capão Raso, e foi direto, expulso. Não deu outra, os visitantes cresceram no jogo e Ronei cobrou falta que obrigou o goleiro Nilis a fazer boa defesa. Mesmo com as jogadas de perigo, o jogo travou muito pelas faltas duras de ambas as equipes.

Mas em nova jogada perigosa, aos 22', Giovani recebeu passe, chutou e novamente fez o goleiro trabalhar para salvar. No minuto seguinte, o mesmo Giovani subiu e cabeceou para nova defesa. Enquanto que aos 26', em uma das poucas chegada do Fanny, Guelo chutou forte de longe e quase marcou. Foi então que Fanny ameaçou mais. Mas no futebol tem a máxima, quem não faz leva. Ou seja, a resposta do Capão foi direta. Diego recebeu passe na entrada da área, limpou o zagueiro e tocou tirando do goleiro aos 29', 2 a 0.

Pronto, a equipe visitante tomou novamente o domínio do jogo. Por isso, o Capão Raso ampliou o marcador aos 40' com facilidade. Hudson cobrou falta com precisão e mandou pro gol, 3 a 0. Minutos depois, o Fanny respondeu com Natan, que chegou chutando em boa posição, mas mandou pra fora. Lance que motivou a equipe do Fanny pois no último lance da etapa inicial, bate rebate na área e Guelo aproveitou a sobra para marcar de cabeça, 3 a 1.


SEGUNDO TEMPO - Com um a menos e sem tanto a perder no jogo, já que o saldo de gols não conta na briga pela vaga na próxima fase, o Vila Fanny não desistiu de atacar. No entanto, quem acabou marcando foi o,  já mais acomodado, Capão Raso. Giovani recebeu passe na entrada da área e tocou na saída do goleiro, 4 a 1 aos 8' de jogo.

Após o quarto gol, a partida mudou bastante e perdeu todo o ânimo que havia até ali. As duas equipes trocaram vários jogadores, já se poupando para o jogo de volta, e as oportunidades de gol ficaram quase nulas. O Capão tinha mais posse e até foi mais próximo de ampliar o placar. Já o Fanny apostou nos contra golpes e nas bolas paradas para surpreender.

No final, 4 a 1 no marcador e Capão Raso saindo na frente. A equipe agora joga por um empate na volta para se classificar. O Vila Fanny precisa vencer, para levar a decisão pela vaga nos pênaltis.

OS ESCRETES xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

VILA FANNY:  Nilis, Anderson (William), Everson, Matraca, Bruno Alves (Marquinhos), Magú, Alex, Guelo (Nilvano), Luciano (Cicinho), Natan. Tec. Nego

CAPÃO RASO:  Genis, Felipe, Couto, Hudson, Daniel (Jaílson), Go (Leandro), Feijão, Peter, Diego, Ronei (Sabão), Giovani (Flávinho). Tec. Jr Saurin.

GOLS: Giovani, aos 8' do 1º tempo e aos 8' do 2º tempo, Diego aos 29' do 'º tempo e Hudson aos 40' do 1º tempo (Capão Raso); Guélo aos 48' do 1º tempo (Vila Fanny).

OS MELHORES MOMENTOS (VÍDEOS)  xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO