Próximo do fim da 1ª fase, a Divisão Especial da Suburbana 2016 ganha emoções na 8ª rodada


A quatro rodadas do fim da primeira fase, a disputa por uma das oito vagas para a segunda-fase da Divisão Especial da Suburbana 2016 vem crescendo a cada rodada. Alguns clubes próximo da classificação e também clubes na parte intermediária promovem uma disputa acirrada para garantir uma vaga no g8. Diferente da zona do rebaixamento que tem dois escretes lutando para fugir da degola do descenso.

#NÚMEROS
Por Rafael Buiar

Com oito semanas de competição realizada, a Divisão Especial da Suburbana 2016 teve 42 confrontos disputados e mais de 130 gols. Destaque para os atacantes Pablo (Iguaçu) e Sena (Uberlândia), que são os artilheiros do certame. Mas o melhor ataque da competição é o time comandado pelo treinador Ivo Petry, que soma 18 gols. Fato que pode dar vantagem para o escrete do Novo Mundo ao enfrentar uma das zagas menos vazadas da competição, o Nacional, que quase conquistou a primeira vitória no certame na rodada anterior no Estádio XV de agosto.

Outro clube que busca fugir da zona do rebaixamento é o Renovicente, que sofreu uma derrota de virada para o Novo Mundo, no Solar do Bosque, de 5 a 1. O adversário da vez será o Operário Pilarzinho e no Estádio Bortolo Gava, que no limite vem querendo se firmar no G8. Da mesma maneira, o time do Capão Raso, que depois da derrota para o rival (Uber) em casa, no início do certame, vem crescendo e não sabe o que é derrota. A oportunidade de manter a boa sequência será provada diante o Trieste, no Francisco Muraro, que conseguiu segurar o Santa Quitéria e empatar na última rodada.

Mesmo com o empate com o Trieste, a equipe do Santa Quitéria se manteve na liderança do certame e soma 80% de aproveitamento. Porém, a diferença diminuiu para um ponto para o segundo colocado, Novo Mundo. Agora, no Estádio Maurício Fruet, o líder irá enfrentar o Uberlândia, que deixou escapar a vitória contra o Nova Orleans e de entrar no G8 na rodada anterior.

O mesmo pode-se dizer do time do Nova Orleans, que mesmo conquistando um empate, com sabor de vitória, permaneceu fora da zona de classificação e se manteve na 'zona do agrião'. Por isso, a vitória diante o seu próximo adversário é importante para ainda acreditar na classificação. O adversário da vez é o time do Vila Fanny, que venceu fora de casa o Imperial e ainda busca as primeiras colocações. Fechando a rodada, o Imperial, que tem um dos piores ataques, nove gols, dos oito primeiros colocados, irá enfrentar o Iguaçu, uma das melhores defesas com seis gols sofridos e o artilheiro Pablo, no Estádio Octávio Silvio Nicco. 


* A equipe DRAP irá fazer a cobertura do confronto de Operário Pilarzinho e Renovicente no Estádio Bortolo Gava.

__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO