Fortaleza se reabilita com goleada sobre o Diamante


O Estádio Antônio Monteiro Sobrinho foi palco de um confronto cheio de gols no último sábado (24). O Fortaleza queria encostar no grupo dos classificados, enquanto que o Diamante buscava a primeira vitória no certame. Com um suplente disponível, a equipe visitante sucumbiu a um tricolor veloz, que venceu por cinco a dois e volta a sonhar com uma vaga nos mata-matas.

#SUBURBANA16
Por João Heim

O time da casa começou melhor e mais em cima na marcação. Na primeira chance mais clara, aos 7 minutos, Roberto cabeceou pra fora. O Diamante chegava mais nas bolas paradas, sem tanto perigo. Logo aos 13 minutos, Fernando, atacante do Fortaleza, saiu lesionado e Mini entrou no lugar dele.

No minuto seguinte, Piwi recebeu grande lançamento e, com espaço, invadiu a área e tocou tirando do goleiro para marcar o primeiro gol do Fortaleza. O tricolor seguiu mais forte em campo e aos 18’, em sobra de cruzamento na área, Roberto chutou com espaço e ampliou para dois a zero. O Fortaleza seguiu dominando e com mais posse, enquanto o Diamante aparecia ainda apostando nos contra golpes e nas bolas paradas. Em um desses lances, Luizinho cobrou, não houve desvio e o goleiro se atrapalhou, deixando a bola entrar, dois a um com 26 minutos.

Os visitantes melhoraram e fizeram certa pressão após o gol anotado. O jogo ficou mais truncado e as oportunidades de gol deixaram de acontecer por um tempo. Quando a torcida chegou a cobrar da equipe da casa mais vontade em campo, veio o terceiro gol. Aos 37’, Manfron recebeu e fez jogada no lado direito do ataque, cruzou preciso para Douglas, que subiu sozinho e ampliou o placar para três a um. No finalzinho da primeira etapa, aos 44’, Ítalo arrancou pelo meio, avançou e na área chutou tirando do goleiro para fechar o marcador da etapa inicial: quatro a um Forta.


SEGUNDO TEMPO - No segundo tempo, o Diamante seguiu buscando jogadas baseadas na ligação direta e cruzamentos. Aos 6', em tabela, Roberto chutou, o goleiro Reginaldo espalmou e a bola passou na frente do gol com perigo. Em jogada individual, Vitor avançou, entrou na área do Fortaleza e foi derrubado. Pênalti que Luizinho não desperdiçou, quatro a dois.

Antes relaxado e já com o resultado bem encaminhado, o Fortaleza vinha mais desligado na partida. Após o gol que levou, a equipe voltou a ser mais perigosa e criou mais oportunidades. O problema das equipes era buscar muitos lançamentos, que eram interceptados e faziam o jogo ficar centrado no meio campo. Um lance que assustou foi quando o camisa nove do Diamante, Luizinho, caiu e bateu a cabeça no muro do estádio, na lateral do campo, precisando ser atendido com um corte na cabeça e sendo levado a um hospital.

No jogo, o Fortaleza era melhor, porém ainda errava nos passes finais, próximos da área. No apagar das luzes, aos 43, Pedro arrancou da intermediária, chegou de frente com Reginaldo, que defendeu o chute. No rebote, Juninho não desperdiçou e decretou o placar: Fortaleza cinco, Diamante dois.



PRÓXIMA PARTIDA xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Com o resultado o Fortaleza foi a dez pontos e encostou no G8, visto que o União Ahú – oitavo colocado – tem 11. Já o Diamante segue a sina de não pontuar na competição. Na próxima rodada o time tenta os primeiros pontos contra o vice-lanterna Shabureya no Manecão, enquanto que o Forta vai ao Elba de Pádua Lima encarar o sétimo colocado Grêmio Ipiranga.

OS ESCRETES xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

FORTALEZA: 1 Valderson, 2 Piwi, 3 Testa, 4 Gustavo, 5 Giovani, 6 Douglas, 7 Neguinho, 8 Manfron, 9 Fernandão, 10 Roberto, 11 Ítalo. Técnico: Vilmar Assunção.

Reservas: 12 Paulo, 17 Pedro, 18 Juninho, 20 Michel, 22 Mini.

DIAMANTE: 12 Reginaldo, 2 Costela, 3 Rafael, 14 Renato, 15 Emerson, 6 Zinho, 7 Pardal, 8 Jhonata, 9 Luizinho, 10 Lucas, 11 Vitor. Técnico: Luigi.

Reserva: 17 Ceará

GOLS: Piwi aos 14’, Roberto aos 18’, Douglas aos 37’, Ítalo aos 44’ do 1° e Juninho aos 43’ do 2°T (Fortaleza); Luizinho aos 26’ do 1° e aos 13’ do 2°T (Diamante).

MELHORES MOMENTOS (VÍDEO) xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx



__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO