Duelo de favoritos marca 9ª rodada da Suburbana 2016


Desde o início da competição, Iguaçú e Santa Quitéria foram alçados ao posto de favoritos ao título da Suburbana. E agora, na reta final da primeira fase, os dois times se enfrentam na luta pela liderança. Mas outros duelos, na parte de cima da tabela, e principalmente na parte de baixo, movimentam mais uma rodada da melhor competição amadora de futebol do Brasil.

#NÚMEROS
Por Yuri Casari

Após oito rodadas, o Iguaçú voltará a mandar jogos no Egydio Pietrobelli. E justamente em um momento importantíssimo da competição. O alvinegro italiano faz um confronto direto pela liderança com o Santa Quitéria, que segue embalado sendo o único clube invicto até o momento. Também de olho na liderança está o Novo Mundo, que enfrenta o Trieste na Arena Vermelha. Além de uma vitória, o Novo Mundo terá que torcer por um resultado negativo do Quitéria, ou um empate no jogo de Santa Felicidade, caso queira terminar o sábado na ponta da tábua de classificação.

Outro jogo que deve ser emocionante é o duelo entre Nova Orleans e Pilarzinho, no José Drulla Sobrinho. O confronto entre essas equipes ganhou ares de rivalidade após a decisão da Suburbana de 2014, na qual o UNO saiu vencedor. Ambos os times lutam pela classificação para a próxima fase.

Essa rodada ainda pode ter os dois rebaixados para a série B definidos. O Nacional, lanterna da competição com apenas um ponto, enfrenta o embalado Capão Raso fora de casa. Em caso de derrota, o alvianil do Boqueirão terá que torcer por uma derrota do Uberlândia, que enfrenta o recuperado Imperial, para não ter o descenso decretado já neste fim de semana.

A outra equipe na ZR é o Renovicente, com dois pontos, que também precisa da vitória de qualquer jeito. O tricolor do Santa Cândida recebe o bom time do Vila Fanny, e assim como o Nacional, também precisa torcer por um resultado negativo do Uberlândia em caso de derrota. 




* A equipe DRAP irá fazer a cobertura do confronto de Iguaçu e Santa Quitéria no Estádio Egydio Ricardo Pietrobelli.

__________________________________________

DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO