Coritiba surpreende o Grêmio no Couto Pereira e respira no Campeonato Brasileiro


Em confronto que prometeu bastante equilíbrio entre Coritiba e Grêmio na última quarta-feira (7), no Estádio Couto Pereira pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2016, o Coritiba entrou em campo bastante disciplinado taticamente e com o poder ofensivo afiado conseguiu surpreender em poucos minutos o time do Grêmio, com 4 gols ainda na primeira etapa.

#DRAP IN BRASILEIRÃO 16
Por Rafael Buiar

Com bola rolando, a equipe do Rio Grande do Sul começou o embate com mais posse de bola, trocando passes e procurando mais o gol. Mas o escrete do Coritiba, marcando forte, foi dificultou a chegada do Grêmio e chegou pela primeira vez a meta do arqueiro Grohe. Na sequência, o ataque alviverde chegou em velocidade e quase que abriu o placar com Raphael Veiga, com 5’. Minutos depois, o time do Grêmio chegou e também assustou o goleiro Wilson, com a conclusão de Henrique Almeida. Lances que movimentaram o embate e deixou equilibrado, com passados 10’ da primeira etapa. Na metade do primeiro tempo, o embate mudou o placar. 

Não poderia ser de outra forma, com o equilíbrio do jogo. A equipe do Coritiba sofreu falta na intermediária de Douglas em cima de Iago. Na cobrança, Juan, cruzou na medida para o lateral improvisado, Wallison Maia desviar no gol, sem chances para o arqueiro do Grêmio, aos 21’. Após o gol, o escrete do Grêmio ficou nervoso, errando passes e com bastante dificuldades de chegar a meta do goleiro Wilson. Mesmo assim, a equipe gaúcha continuou com mais posse de bola. Enquanto que o Coritiba optou pelos contra-ataques, principalmente, com Neto Berola e Iago, que abusaram da velocidade. Não deu outra, minutos depois, aos 30’, a equipe alviverde conseguiu ampliar com um forte chute cruzado de Leandro, depois de um belo passe entre os zagueiros gremistas para Raphael Veiga.


O Coritiba aproveitou o mau momento da equipe do Grêmio e quatro minutos depois ampliou para 3 a 0 no placar do Couto Pereira. Desta vez, Raphael Veiga ficou cara a cara, depois do passe de Neto Berola, e tocou na saída de Grohe. Quem disse que iria parar por ai se enganou, pois novamente a equipe Alviverde desceu em velocidade e ampliou o marcador. Juan tocou rápido para Neto Berola puxar o contra-ataque e ter calma para concluir no canto do goleiro do Grêmio, aos 38’.

Com placar elástico, ainda no primeiro tempo, o time do Coritiba tirou o pé do acelerador e tranquilizou o embate com troca de passes no meio de campo. Já o escrete do Grêmio, que procurou mais as laterais, chegou poucas vezes a meta do goleiro Wilson, que pouco fez na primeira etapa. Sendo assim, o placar do primeiro tempo fechou em 4 a 0.

SEGUNDO TEMPO – Na volta do intervalo, o treinador Roger fez a segunda alteração na equipe. Desta vez sacou um atacante e colocou um zagueiro na equipe Gaúcha. O que gerou bastante polêmica na imprensa gaúcha. Mas quem chegou assustando, perto do gol, foi a equipe do Coritiba. Novamente Raphael Veiga ficou cara a cara com Grohe. Desta vez o arqueiro do time gaúcho conseguiu evitar o gol, com 2’.


Aos 13’, o time do Grêmio chegou a diminuir o marcador, com Kannaman. Mas o bandeirinha assinalou impedimento. Sem muito alarde de reclamação, o gol anulado deu animo para o time visitante, que conseguiu ter mais corpo no setor de meio de campo e passou a pressionar o Coritiba. Do outro lado, em contragolpes, o time da casa assustou. Mas com o placar de 4 a 0 e com a torcida empolgada, o escrete do Coritiba trocou passes no setor de meio de campo, com 22’ e se acalmou.

Passados dos 30’, o embate ficou preso no meio do campo, devido a forte marcação de ambas as equipes. Em relação a isso, o jogo persistiu com o placar de 4 a 0. Mas em alguns momentos, as duas equipes chegaram a meta. Mesmo que poucas vezes, mas sem dificuldades para ambos os goleiros.

PRÓXIMA PARTIDA xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Na próxima rodada, o time do Alto da Glória irá até Chapecó desafiar o Chapecoense, que empatou em Pernambuco com o Santa Cruz na última rodada. Já o time do Grêmio, que jogará na Arena do Grêmio, desafia o líder do certame, Palmeiras, que venceu o clássico diante o São Paulo, na Arena Palmeiras.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

CORITIBA: Wilson; Wallisson Maia, Luccas Claro, Juninho e Juan; ;João Paulo, Alan Santos e Raphael Veiga (Bernando); Iago Dias, Neto Berola (Yan) e Leandro (Leandro). Tec. P. Carpegiane.

GRÊMIO: Grohe; Edilson, Geromel, Wallace Reis e M.Oliveira; Walace, Ramiro (Pedro Rocha), Jaílson e Douglas; Luan e Henrique Almeida (Kanneman). Tec. Roger Machado

CARTÃO AMARELO: Iago, João Paulo e Neto Berola (Coritiba)

GOLS: Wallison Maia, aos 21’ do 1º tempo, Leandro, aos 30’ do 1º tempo, Raphael Veiga, aos 34’ do 1º 


__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO