Em noite de gala na Arena, Walter faz dois gols e Atlético vence o Corinthians


Atlético-PR e Corinthians duelaram nesta última quarta-feira (3), em confronto válido pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2016, na Arena da Baixada. O time paranaense invicto em sua casa fez valer a força de sua torcida para enfrentar o líder da competição, que não perdia a sete rodadas. Mas com sede de gols e com dois contragolpes rápidos, o atacante Walter marcou dois gols e decidiu o embate, que terminou com uma linda festa da torcida rubro negra. A vitória do Furacão fez manter o sonho do g4 próximo e também ficar somente três pontos atrás do líder Santos.

#BRASILEIRÃO 2016
Por Rafael Buiar

Em um princípio de jogo com a torcida do Atlético, em bom número, empurrando o escrete rubro negro, o time rubro negro teve bom controle de jogo, querendo buscar o gol logo nos primeiros minutos. Enquanto que o time do Corinthians, com a marcação avançada, dificultou a criação do Atlético. Mesmo assim, o escrete do Furacão fez valer a força das arquibancadas da Arena e procurou trocar passes para chegar a meta do arqueiro Cássio.

Mas próximo dos 15’, a equipe do Atlético conseguiu enfim preocupar pela primeira vez a meta de Cássio, pois chegou em dois lances perigosos. Na primeira oportunidade, Hernani recebeu de ótima triangulação dentro da área e chutou forte, mas o camisa 12 do Timão segurou em dois tempos. Na segunda, o meia Marcos Guilherme, no contra-ataque, arrematou fraquinho nas mãos do goleiro Cássio. Ambos os ataques, o time do Furacão chegou pelas laterais com bolas longas. Por isso, em pouco menos de 30’, Cássio foi o mais acionado no embate.

Devido a isso, o treinador do Corinthians Cristóvão Borges sacou o meia Marquinhos Gabriel e no seu lugar colocou Guilherme. Com isso, não demorou muito para o time da capital de São Paulo chegar a meta do goleiro Santos. O meia Giovani Santos arrematou de fora da área, aos 31’ e minutos depois, o volante Bruno Henrique quase que abriu o placar, em jogada pela direita com Fagner que cruzou na medida para o volante. Mas Bruno chutou no canto esquerdo de Santos, que conseguiu pular no tempo certo para segurar com as duas mãos e manter o placar fechado.

Os minutos finais do confronto da primeira etapa ficaram marcados com os dois sistemas defensivos mostrando bastante trabalho, não é a toa que as duas equipes são umas das melhores da competição. Mas o time visitante quase que conseguiu abrir o placar com mais uma chance. Sendo a terceira finalização do time paulista, que depois da entrada de Guilherme ficou mais ofensivo. Mas nada que tenha alterado o placar na primeira etapa.


SEGUNDO TEMPO - A etapa complementar teve o time visitante com melhor desempenho nos minutos iniciais, já que a equipe paulista teve mais posse de bola e chegou com perigo em alguns momentos a meta do goleiro Santos. Mas a torcida do Atlético percebeu isso e passou a cantar com mais força para empurrar o seu escrete. Por isso, com mais de 15’, o time do Atlético passou e conseguiu marcar mais presença no sistema de ataque. Porém, sem muito susto a meta do arqueiro Cássio.

Do outro lado, o time do Corinthians também foi chegando. Dentre os ataques, Romero quase que marcou. Mas o goleiro Santos, substituindo Weverton, evitou o primeiro gol do Corinthians. Com espaços e com pressão do time visitante, o treinador Paulo Autuori fez duas mudanças na sua equipe. Sacou Léo e Marcos Guilherme e colocou Galhardo e Lucas Fernandes, com o objetivo de colocar mais gás na equipe rubro negra.

Percebendo isso, Cristóvão Borges também resolveu movimentar o seu time e atendeu os pedidos de sua torcida. Saiu Lucca, pouco acionado, e entrou Marlone. Mas quem chegou ao gol foi o time da casa, com uma linda jogada coletiva, com boa parte do sistema ofensivo do atlético participando da jogada a bola chegou na medida para Walter, que dominou, após o porta luz de Pablo e cruzamento de Paulo André, e carimbou com força no gol de Cássio. O goleiro corintiano pouco pode fazer para evitar o forte chute, aos 30’.

Com o placar atrás, o time do Corinthians mudou pela última vez no embate. Desta vez, o treinador Cristóvão colocou um atacante e sacou um volante. Ou seja, só a vitória interessa a equipe paulista. Após o gol, o time da casa, aproveitou, quando teve a bola, para trocar passes para segurar o jogo. Mas o time visitante, com sede e com a gana de empatar, roubou as bolas com facilidade no setor de meio de campo. Mas foi em um contra-ataque aos 42, após cobrança desperdiçada da equipe do Corinthians, que Walter recebeu do veloz Lucas Fernandes e ampliou com tranquilidade, para fazer o segundo no jogo.


Após o segundo gol da equipe rubro negra, o embate ficou preso no meio de campo com várias faltas. Devido a isso, o confronto persistiu com o placar de 2 a 0 até o apito final do confronto. Com a vitória atleticana, o time paranaense encosta nos líderes do certame, já o time do Paulista perdeu a liderança.

PRÓXIMA PARTIDA xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Na próxima rodada, o time do Atlético irá enfrentar no Estádio Kleber Andrande o escrete do Flamengo, que no último embate empatou com o Santos, na Arena Pantanal. Já o time paulista irá desafiar em casa o time do Cruzeiro, que enfrentar hoje (4) o escrete do internacional.

__________________________________________
NÃO É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.