Bangú perde nova oportunidade de ficar entre os líderes e empata com o Olímpico


Olímpico e Bangú duelaram neste último sábado (13), no Estádio Esporte Clube Olímpico, em confronto válido pela quinta rodada da Divisão de Acesso da Suburbana 2016. As duas equipes entraram em campo com o objetivo de apagar da memória o resultado da rodada anterior, em que ambas as equipes deixaram escapar o triunfo. Mas o que se viu em um sábado ensolarado foi as duas equipes brigando muito no meio de campo e com um sistema defensivo muito eficiente dos dois escretes. Ou seja, o placar terminou fechado em pouco mais de 90’ de bola rolando.

#SUBURBANA 2016
Por Rafael Buiar

As duas equipes entraram centradas em campos e com o desejo da recuperação no campeonato. Mas em um princípio de jogo, a equipe da casa foi quem teve mais posse de bola e que chegou com mais facilidade ao ataque no gol do goleiro Ricardo. Os ataques do Olímpico não duraram por muito tempo, pois o time visitante travou as jogadas com faltas no setor do meio de campo e o mesmo pode-se dizer da equipe da casa, que também não deixou o Bangú jogar.

Sendo assim, o embate foi duro de assistir para quem estava nas redondezas do estádio. Enquanto isso, as ligações diretas foram as opções das duas equipes. Destaque para o camisa 10 do Bangú, Betinho, que deixou pelo menos uma vez Luizinho cara a cara com o goleiro. Mas Jacir conseguiu tranquilizar o sistema defensivo do Olímpico em 15’ de jogo.


Com o passar do 20’, o time visitante errou vários passes no meio do campo. Mas a forte marcação da equipe fazia com que a recuperação da bola fosse breve. Mesmo assim, o jogo não evoluiu. Foi ai então, que o treinador Jeferson Silveira foi obrigado a fazer a primeira alteração, já que Lindomar saiu por lesão. Fato que prejudicou a equipe visitante, pois o Olímpico melhorou após o troca-troca do Bangú e muitas faltas aconteceram próxima meta de Ricardo. Mas nenhuma aproveitada.

Nos minutos finais da primeira etapa, Romarinho passou a ser mais acionado com bolas longas. Dentre elas, o camisa 11 ganhou na velocidade do zagueiro e foi até a linha de fundo para tocar na área para Luizinho. O artilheiro do Bangú chutou meio travado e o arqueiro Jacir do Olímpico impediu o gol de abertura ainda no primeiro tempo. Passado isso, o embate persistiu em disputa de bola no meio de campo até o árbitro da partida encerrar o primeiro tempo.


SEGUNDO TEMPO – No retorno para a segunda etapa, nenhumas das equipes realizaram alterações. Mas a postura tática do escreve visitante foi diferente, já que os chutes de longa distância foram uma das alternativas de tentar surpreender logo o Olímpico.  Mas com 11’ da etapa complementar, Betinho saiu do time e no seu lgar Gilson entrou. Mesmo assim, o atacante Luizinho recebeu duas enfiadas do meio de campo e ficou cara a cara com Jacir. Para a tristeza do Bangú, as duas oportunidades o atacante estava impedido. Desde então, o embate caiu de produção na metade do segundo tempo, em que um time pressionou (Bangú) e o outro (Olímpico) jogou em um contra-ataque, no erro da equipe visitante.

Mas em momentos esporádicos, o atacante Luizinho voltou a aparecer no embate, sendo ele, ao lado do atacante Romárinho, os mais acionados do confronto. Só que do outro lado, a dupla de ataque não contava que o goleiro Jacir estaria em dia inspirado, já que realizou ótimas defesas e fez com que o placar não fosse alterado até o término do confronto. Por isso, o final do embate foi de um clima muito tenso para ambas as equipes, pois tiveram muitas faltas e várias discussões que resultaram em alguns cartões amarelos para as duas equipes.



PRÓXIMA PARTIDA xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Na próxima rodada, o time do Olímpico irá jogar em casa no Esporte Clube Olímpico contra o Grêmio Ipiranga, que perdeu mais uma vez na competição. Desta vez, para o escrete do Vila Huaer de 2 a 1. Já o time do Bangú irá jogar em seus domínios contra o líder da competição, o Santíssima Trindade, que venceu na última rodada o Shabureya fora de casa, em 4 a 1.

OS ESCRETES xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

OLÍMPICO: Jacir; Tatu, Diego, Rodrigo e Marcelinho; Zé (Mauro), Everton (Giovani), Eduardo e Polenta; Monstrinho e Léo. Tec. Neri.

BANGÚ: Ricardo; Dudu, Eliseu, Paulo Sérgio e Valdir; Gleyson, Cle (Alisson), Lindomar (Saulinho) e Betinho (Gilson); Romarinho e Luizinho. Tec. Jeferson Silveira.


EM MELHORES MOMENTOS (VÍDEO) xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx



__________________________________________
NÃO É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.