Melhor na meia cancha, Atlético vence Fluminense e namora G4


O lindo sol que apareceu na capital paranaense nesse domingo (24) foi suficiente para abrir o teto retrátil, mas não para fazer de Atlético e Fluminense um jogo eletrizante. No final, venceu o time que foi ousado o suficiente para tirar o zero do placar.

#DRAP IN BRASILEIRÃO
Por Dudu Nobre

Por ser o mandante, o Atlético ao natural ganhou jardas em campo e ficou mais no setor ofensivo, mas alternava períodos de pressão e de manutenção de posse de bola. Dois momentos assustaram a defesa tricolor: os primeiros dez minutos – quando Gum tirou uma bola em cima da linha e Cavalieri afastou o chute de Pablo com a ponta dos dedos – e quando os ponteiros passearam pelos 33’. Nesse instante, a bola saiu dos pés de Léo, ganhou velocidade no calcanhar de Pablo, foi protegida pela parede de Walter e encontrou as redes através da perna direita de Hernani.

O Fluminense só assustou quando Weverton falhou na saída de bola e a redonda foi para Richarlison, mas o atacante foi parado por Wanderson. No mais, tranquilidade à direita das cabines de televisão. A partir daqui não falaremos mais do ataque das laranjeiras, pois ele não voltou do vestiário.



No segundo tempo, os espaços que já eram poucos rarearam ainda mais. Por conta disso, a marcação foi a grande protagonista. Prova disso é que sete dos oito cartões amarelos do jogo saíram nos 45’ derradeiros. Em um desses lances faltosos, aos 8’, Cavalieri espalmou mais um chute do volante artilheiro Ernani.

O Atlético tinha uma arma para furar o bloqueio tricolor: o pivô feito por Walter. Essa jogada foi responsável por iniciar as duas principais chances da etapa complementar. Aos 19’ Juninho acertou a trave esquerda e aos 22’ Yago parou no arqueiro tricolor.

A partir dos 25’ os dois times aceitaram o resultado, o Atlético tendo posse de bola sem encurralar e o Fluminense fechando os espaços. O clima de soneca só acabou com o apito final.

PRÓXIMA PARTIDA xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Mesmo com a vitória, o rubro negro segue na porta do G4 por conta do triunfo santista em Salvador, mas agora soma 27 pontos. O tricolor estaciona nos 21 e está na décima segunda posição, a quatro pontos da ZR. Na próxima rodada, o Cap encara o Sport na Ilha do Retiro e o Flu recebe a Ponte Preta em Edson Passos.


OS ESCRETES xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


ATLÉTICO: Weverton; Léo, Thiago Heleno, Wanderson e Sidcley; Otávio, Hernani, e Vinícius (Juninho); Pablo, Yago (Giovanny) e Walter (Marcão). T: Paulo Autuori.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Douglas (Edson), Cícero e Maranhão (Dudu); Marcos Júnior, Samuel (Magno Alves) e Richarlison. T: Levir Culpi.

GOL: Hernani, aos 33’ do 1°T (Atlético).



__________________________________________
NÃO É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.