Leandro, o destaque da partida entre União Ahú e Santíssima Trindade


Na primeira rodada da Série B da suburbana o Santíssima Trindade visitou o União Ahú e saiu com um excelente resultado do estádio Ricardo Halik. Um três a zero para ninguém botar defeito. Uma boa organização em campo, que anulou o adversário e coroou Leandro com dois gols. Ele é a primeira figurinha da série B e a vigésima segunda do DRAP em 2016.


#FIGURINHA
Por Arthur Henrique

O artilheiro brilhou, mas a equipe do Santíssima Trindade teve outros bons destaques. A figurinha poderia ter ido para Cafu, que anotou o primeiro gol e ainda deu uma assistência para Leandro. O fiel da balança para escolhermos o camisa nove como o nome do jogo foi sua presença de área.

Como um bom centro-avante, não tinha bola perdida, mostrou força nas dividas e velocidade quando preciso. A frieza que bateu na bola para marcar os gols é um recado aos próximos adversários, “marcação especial no cara”.

Seus gols saíram no segundo tempo: um aos 10’, após passe de Bahia, concluindo em um belo gol; outro saiu aos 12’, após bola enfiada ele ficou cara a cara com o goleiro e não perdeu, com a calma de quem sabe o que está fazendo bateu no canto contrário do goleiro. A pouca distância entre os gols mostra que deixar ele livre é sempre um risco, Leandro transformou uma vitória simples em goleada.

Mesmo depois que a vitória estava encaminhada ele não parou de tentar marcar mais uma vez, sempre com boas jogadas pela esquerda e presença no meio, que levavam perigo à defesa do União Ahú.

A composição de ataque do Trindade é diferenciada com ele, as jogadas saíram com qualidade quando passavam por Leandro, o time teve mais oportunidades de marcar o quarto do que tomar o gol de honra. Fica o recado pra o homem do último passe: toca a bola no camisa nove que a chance é grande da bola parar no fundo da rede.

__________________________________________
NÃO É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.